Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 190
SOB AS ASAS DO TEMPO, A TRISTEZA SOBREVEIO: SENILIDADE E DEPRESSÃO

Palavra-chaves: DEPRESSÃO, IDOSOS, ENFERMAGEM Comunicação Oral (CO) AT 02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento

Resumo

A DEPRESSÃO É UMA PATOLOGIA QUE APRESENTA UM QUADRO MULTIDETERMINADO, DECORRENTE DE FATORES GENÉTICOS, BIOQUÍMICOS, PSICOLÓGICOS E SOCIOFAMILIARES, SENDO CLASSIFICADA COMO UM GRUPO DE PERTURBAÇÕES QUE OSCILAM EM FREQUÊNCIA, DURAÇÃO E INTENSIDADE. ASSIM, OS PRINCIPAIS FATORES DE RISCO CORRELACIONADOS A OCORRÊNCIA DE DEPRESSÃO SÃO: PERTENCER AO SEXO FEMININO, APRESENTAR BAIXO NÍVEL SOCIOECONÔMICO, VIVER SOZINHO, CONSUMIR EM EXCESSO BEBIDAS ALCOÓLICAS, SER PORTADOR DE ALGUMA DOENÇA FÍSICA CRÔNICA E REFERIR HISTÓRIA PESSOAL OU FAMILIAR DE DEPRESSÃO; ALÉM DA VIVÊNCIA DO LUTO FAMILIAR, A PERDA DA MOBILIDADE FUNCIONAL E O COMPROMETIMENTO COGNITIVO SÃO FATORES IMPORTANTES A SEREM ASSOCIADOS À OCORRÊNCIA DESTA PATOLOGIA. ASSIM, O PRESENTE ESTUDO TEM COMO OBJETIVO IDENTIFICAR OS PRINCIPAIS FATORES QUE INFLUENCIAM O DESENVOLVIMENTO DA DEPRESSÃO EM IDOSOS. TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA, REALIZADA NAS BASES DE DADOS LILACS E MEDLINE. PARA ISSO, UTILIZARAM-SE OS DESCRITORES EM CIÊNCIAS DA SAÚDE “DEPRESSÃO”, “IDOSOS” E “ENFERMAGEM”; E OS FILTROS “DEPRESSÃO” E “SAÚDE DO IDOSO” COMO ASSUNTOS PRINCIPAIS. DESTACA-SE O BAIXO NÍVEL DE ESCOLARIDADE, O SEXO FEMININO E AS DOENÇAS CRÔNICAS COMO FATORES QUE PREDISPÕEM O DESENVOLVIMENTO DOS SINTOMAS DA DEPRESSÃO. ASSIM, ENFATIZA-SE A IMPORTÂNCIA DE EDUCAR A FAMÍLIA E O PACIENTE EM RELAÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE SINTOMAS QUE INDIQUEM O SURGIMENTO DA DEPRESSÃO, POSTO QUE É UMA PATOLOGIA MUITO FREQUENTE NA SOCIEDADE MODERNA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.