Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 200
REPERCUSSÕES DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA NA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS: REVISÃO INTEGRATIVA

Palavra-chaves: ENVELHECIMENTO, INCONTINÊNCIA URINÁRIA, QUALIDADE DE VIDA Comunicação Oral (CO) AT 02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

INTRODUÇÃO: A INCONTINÊNCIA URINÁRIA É UM PROBLEMA DE SAÚDE COM REPERCUSSÕES MULTIDIMENSIONAIS, CUJA PREVALÊNCIA AUMENTA COM O AVANÇO DA IDADE, EMBORA POSSA ACONTECER EM QUALQUER FASE DA VIDA. É UMA CONDIÇÃO CLÍNICA QUE PODE COMPROMETER DIFERENTES DIMENSÕES, CAUSANDO IMPACTOS NEGATIVOS NA QUALIDADE DE VIDA. OBJETIVO: APREENDER AS REPERCUSSÕES DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA NA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS EM PERIÓDICOS ONLINE. METODOLOGIA: TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA, DE ABORDAGEM QUALITATIVA, REALIZADA MEDIANTE BUSCA NA BASE DE DADOS DA LILACS, BDENF E SCIELO POR INTERMÉDIO DOS DESCRITORES: “ENVELHECIMENTO AND INCONTINÊNCIA URINÁRIA AND QUALIDADE DE VIDA”, PUBLICADOS ENTRE 2009 A 2019, QUE POSSIBILITOU A SELEÇÃO DE 12 ARTIGOS PARA COMPOSIÇÃO DO ESTUDO. RESULTADOS: OS ESTUDOS EVIDENCIARAM QUE EXISTE UMA ALTA PREVALÊNCIA DE IDOSOS INCONTINENTES DO SEXO FEMININO EM RELAÇÃO AO SEXO MASCULINO E QUE A INCONTINÊNCIA URINARIA TRAZ REPERCUSSÕES NEGATIVAS NA QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS COM PREJUÍZOS EM SUAS ATIVIDADES DIÁRIAS. CONSIDERAÇÕES FINAIS: FAZ-SE NECESSÁRIO A REALIZAÇÃO DE MAIS PESQUISAS SOBRE A REFERIDA TEMÁTICA, ASSIM COMO, INTERVENÇÕES E A IMPLANTAÇÃO DE PRÁTICAS VOLTADAS PARA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DA IU NA POPULAÇÃO IDOSA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.