Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 296
MORTALIDADE POR DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS EM IDOSOS NO ESTADO DA PARAÍBA

Palavra-chaves: SAÚDE DO IDOSO, MORTALIDADE, DOENÇAS CRÔNICAS, , CARDIOPATIAS Comunicação Oral (CO) AT 02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

AS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS CONSTITUEM UM DESAFIO PARA SAÚDE PÚBLICA GLOBALMENTE. POR SEREM MAIS PREVALENTES NA POPULAÇÃO IDOSA EXIGEM A NECESSIDADE DE INVESTIGAÇÃO E ANÁLISE PARA DIRECIONAR POLÍTICAS PÚBLICAS DE PREVENÇÃO E PROMOÇÃO DA SAÚDE. ESTE ESTUDO TEM O OBJETIVO DE DESCREVER A MORTALIDADE POR DOENÇAS CARDIOVASCULARES EM IDOSOS NA PARAÍBA/BRASIL, ENTRE OS ANOS DE 2011 E 2015. TRATA-SE DE UM ESTUDO DESCRITIVO, RETROSPECTIVO DE ANÁLISE QUANTITATIVA. OS DADOS SECUNDÁRIOS FORAM COLETADOS EM ABRIL DE 2019, POR MEIO DO SISTEMA DE INDICADORES DE SAÚDE E ACOMPANHAMENTO DE POLÍTICAS DO IDOSO- FIOCRUZ. VERIFICOU-SE UMA MAIOR PREVALÊNCIA ENTRE OS ANOS 2011 A 2015 DOS ÓBITOS POR DOENÇAS ISQUÊMICAS DO CORAÇÃO E DOENÇAS CEREBROVASCULARES. O GRANDE DESAFIO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE BRASILEIRO ESTÁ FOCADO EM DOIS ASPECTOS: NA NECESSIDADE DO FORTALECIMENTO E IMPLEMENTAÇÃO DAS POLÍTICAS DE PREVENÇÃO NO CONTEXTO DA ATENÇÃO BÁSICA; E NA IMPLANTAÇÃO DE PRÁTICAS EFICAZES DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE DOENÇAS QUE MAIS ACOMETEM A POPULAÇÃO IDOSA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.