Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

PREVALÊNCIA DE INFECÇÕES URINÁRIAS DE IDOSOS E O PERFIL DE RESISTÊNCIA AOS ANTIMICROBIANOS

Palavra-chaves: UROCULTURA, INFECÇÃO URINÁRIA, RESISTÊNCIA BACTERIANA Comunicação Oral (CO) AT 11: Envelhecimento e Interdisciplinaridade Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

A POPULAÇÃO BRASILEIRA ALCANÇA CADA VEZ MAIS LONGEVIDADE, FAZENDO-SE NECESSÁRIAS MUDANÇAS NA ÁREA DA SAÚDE PARA QUE SE POSSA EVITAR O APARECIMENTO FREQUENTE DE DOENÇAS QUE CULMINEM EM INTERNAÇÕES, PREJUÍZOS NA SAÚDE DO IDOSO E GASTOS ONEROSOS. O PRESENTE ESTUDO TRATA-SE DA ANÁLISE DE DADOS DE UROCULTURA, A FIM DE IDENTIFICAR A PRESENÇA DE POSSÍVEIS PATÓGENOS QUE POSSAM ESTAR CAUSANDO INFECÇÕES DO TRATO URINÁRIO NESSAS AMOSTRAS CATALOGADOS NO CENTRO DE HEMATOLOGIA E LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS – LTDA (HEMOCLIN). INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO (ITU) É UMA PATOLOGIA DE PREVALÊNCIA ELEVADA E QUE ACOMETE MAIS INDIVÍDUOS DO SEXO FEMININO DO QUE OS DO SEXO MASCULINO, DEVIDO A CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS DO TRATO URINÁRIO FEMININO, POIS APRESENTAM ANATOMICAMENTE URETRA MAIS CURTA DO QUE OS HOMENS. UM ASPECTO QUE PODE SER OBSERVADO NA AVALIAÇÃO DO SUMÁRIO DE URINA PARA O COMPLEMENTO DO DIAGNÓSTICO DESSES CASOS DE INFECÇÃO É GERALMENTE A PRESENÇA DE PIÓCITOS, PORÉM NÃO OCORRE EM TODOS OS CASOS DE ITU, SOMANDO ESSE FATOR A AUSÊNCIA DE SINTOMATOLOGIA, PODE SE NEGLIGENCIAR O TRATAMENTO OCASIONANDO SURGIMENTO DE DOENÇAS MAIS GRAVES. ENTRE AS BACTÉRIAS MAIS PREVALENTES NAS ITU HÁ UM PREDOMÍNIO DA ESCHERICHIA COLI. A RESISTÊNCIA AOS ANTIMICROBIANOS, DIFICULTAM AINDA MAIS O TRATAMENTO EFETIVO DESTES PACIENTES, PODENDO LEVAR O DESENVOLVIMENTO DE PATOLOGIAS MAIS COMPLICADAS E LEVAREM A MORTE. O PRESENTE ESTUDO TEM COMO PROPÓSITO TRAÇAR O PERFIL DE INFECÇÕES DO TRATO URINÁRIO EM PACIENTES IDOSOS, BEM COMO A PREVALÊNCIA BACTERIANA E O SEU PERFIL DE RESISTÊNCIA

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.