Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

CONTRIBUIÇÃO DA TEORIA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS NA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM IDOSOS ACOMETIDOS POR DEPRESSÃO

Palavra-chaves: IDOSO, DEPRESSÃO, RELAÇÕES INTERPESSOAIS, ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM, ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Comunicação Oral (CO) AT 02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento
"2019-06-26 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 53408
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 422
    "inscrito_id" => 999
    "titulo" => "CONTRIBUIÇÃO DA TEORIA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS NA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM IDOSOS ACOMETIDOS POR DEPRESSÃO"
    "resumo" => "COM O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO, AS LIMITAÇÕES FUNCIONAIS E FAMILIARES REPERCUTEM NA PRIVAÇÃO DA AUTONOMIA  DO  IDOSO  E  LEVAM  AO DESENVOLVIMENTO  DA  SOLIDÃO.  APESAR  DE  ACOMETER  GRANDE  PARTE  DA POPULAÇÃO  IDOSA,  A  DEPRESSÃO  É  COMUMENTE  CONFUNDIDA  COM  A  SENILIDADE  E  SE  MANTÉM SUBDIAGNOSTICADA  NOS  SERVIÇOS.  NESSE CONTEXTO,  A  ENFERMAGEM  TEM  SIGNIFICATIVA  IMPORTÂNCIA  NO ACOMPANHAMENTO DO IDOSO, PARA DIAGNOSTICAR SUAS NECESSIDADES E DESENVOLVER ESTRATÉGIAS QUE FACILITEM A  COMUNICAÇÃO.  PARA  SISTEMATIZAR  ESTRATÉGIAS  COMUNICATIVAS QUE  PERMITAM  DESENVOLVER  HABILIDADES PRÁTICAS EM GERONTOLOGIA, A TEORIA DO RELACIONAMENTO INTERPESSOAL DEMONSTROU-SE ESSENCIAL PARA UM ATENDIMENTO  HUMANIZADO,  PREZANDO  A  AUTONOMIA  E  DESENVOLVIMENTO DE  VÍNCULO.  EM  VISTA  DISSO,  O PRESENTE ESTUDO BUSCA DESCREVER COMO A TEORIA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PODE SUBSIDIAR A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NA ABORDAGEM AO IDOSO ACOMETIDO POR DEPRESSÃO, NO INTUITO DE MELHORAR A QUALIDADE DO SERVIÇO PRESTADO À COMUNIDADE. O REFERIDO ESTUDO TRATA-SE DE UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA, CUJO LEVANTAMENTO  DOS  DADOS  FOI  REALIZADO  ENTRE  OS  MESES  DE  MARÇO  E  MAIO  DE  2019,  NAS  BASES  DE DADOS:  SCIELO,  LILACS,  PUBMED/  NCBI  E  GOOGLE  SCHOLAR.  COMO  CRITÉRIOS  DE  INCLUSÃO  FORAM INSERIDAS: PUBLICAÇÕES NOS IDIOMAS PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL, DISPONÍVEIS GRATUITAMENTE EM TEXTO COMPLETO,  QUE  ABORDASSEM  A  DEPRESSÃO  EM  IDOSOS,  A  TEORIA  DE ENFERMAGEM  E  SUA  APLICABILIDADE  NA ASSISTÊNCIA  À  ESTE  PÚBLICO-ALVO. ENCONTROU-SE  UM  TOTAL  DE  2.845  ESTUDOS,  COM  252  ARTIGOS  MANTIDOS APÓS  A  PERMUTAÇÃO,  PORÉM  APENAS  10  FORAM  SELECIONADOS  PARA  CONTRIBUIR  COM  A  ELABORAÇÃO  DA PESQUISA.  NOTA-SE  A  NECESSIDADE  DE CAPACITAÇÃO  DAS  EQUIPES  DE  SAÚDE  PARA  ESCUTA  QUALIFICADA  DOS IDOSOS."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento"
    "palavra_chave" => "IDOSO, DEPRESSÃO, RELAÇÕES INTERPESSOAIS, ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM, ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD1_SA2_ID999_26052019211431.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:28"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JÚLIA SILVA FONSECA DOS ANJOS"
    "autor_nome_curto" => "JÚLIA ANJOS"
    "autor_email" => "julia.sanjos18@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 53408
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 422
    "inscrito_id" => 999
    "titulo" => "CONTRIBUIÇÃO DA TEORIA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS NA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM IDOSOS ACOMETIDOS POR DEPRESSÃO"
    "resumo" => "COM O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO, AS LIMITAÇÕES FUNCIONAIS E FAMILIARES REPERCUTEM NA PRIVAÇÃO DA AUTONOMIA  DO  IDOSO  E  LEVAM  AO DESENVOLVIMENTO  DA  SOLIDÃO.  APESAR  DE  ACOMETER  GRANDE  PARTE  DA POPULAÇÃO  IDOSA,  A  DEPRESSÃO  É  COMUMENTE  CONFUNDIDA  COM  A  SENILIDADE  E  SE  MANTÉM SUBDIAGNOSTICADA  NOS  SERVIÇOS.  NESSE CONTEXTO,  A  ENFERMAGEM  TEM  SIGNIFICATIVA  IMPORTÂNCIA  NO ACOMPANHAMENTO DO IDOSO, PARA DIAGNOSTICAR SUAS NECESSIDADES E DESENVOLVER ESTRATÉGIAS QUE FACILITEM A  COMUNICAÇÃO.  PARA  SISTEMATIZAR  ESTRATÉGIAS  COMUNICATIVAS QUE  PERMITAM  DESENVOLVER  HABILIDADES PRÁTICAS EM GERONTOLOGIA, A TEORIA DO RELACIONAMENTO INTERPESSOAL DEMONSTROU-SE ESSENCIAL PARA UM ATENDIMENTO  HUMANIZADO,  PREZANDO  A  AUTONOMIA  E  DESENVOLVIMENTO DE  VÍNCULO.  EM  VISTA  DISSO,  O PRESENTE ESTUDO BUSCA DESCREVER COMO A TEORIA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PODE SUBSIDIAR A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NA ABORDAGEM AO IDOSO ACOMETIDO POR DEPRESSÃO, NO INTUITO DE MELHORAR A QUALIDADE DO SERVIÇO PRESTADO À COMUNIDADE. O REFERIDO ESTUDO TRATA-SE DE UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA, CUJO LEVANTAMENTO  DOS  DADOS  FOI  REALIZADO  ENTRE  OS  MESES  DE  MARÇO  E  MAIO  DE  2019,  NAS  BASES  DE DADOS:  SCIELO,  LILACS,  PUBMED/  NCBI  E  GOOGLE  SCHOLAR.  COMO  CRITÉRIOS  DE  INCLUSÃO  FORAM INSERIDAS: PUBLICAÇÕES NOS IDIOMAS PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL, DISPONÍVEIS GRATUITAMENTE EM TEXTO COMPLETO,  QUE  ABORDASSEM  A  DEPRESSÃO  EM  IDOSOS,  A  TEORIA  DE ENFERMAGEM  E  SUA  APLICABILIDADE  NA ASSISTÊNCIA  À  ESTE  PÚBLICO-ALVO. ENCONTROU-SE  UM  TOTAL  DE  2.845  ESTUDOS,  COM  252  ARTIGOS  MANTIDOS APÓS  A  PERMUTAÇÃO,  PORÉM  APENAS  10  FORAM  SELECIONADOS  PARA  CONTRIBUIR  COM  A  ELABORAÇÃO  DA PESQUISA.  NOTA-SE  A  NECESSIDADE  DE CAPACITAÇÃO  DAS  EQUIPES  DE  SAÚDE  PARA  ESCUTA  QUALIFICADA  DOS IDOSOS."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 02: Doenças Biopsicossociais no Processo de Envelhecimento"
    "palavra_chave" => "IDOSO, DEPRESSÃO, RELAÇÕES INTERPESSOAIS, ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM, ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD1_SA2_ID999_26052019211431.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:28"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JÚLIA SILVA FONSECA DOS ANJOS"
    "autor_nome_curto" => "JÚLIA ANJOS"
    "autor_email" => "julia.sanjos18@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

COM O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO, AS LIMITAÇÕES FUNCIONAIS E FAMILIARES REPERCUTEM NA PRIVAÇÃO DA AUTONOMIA DO IDOSO E LEVAM AO DESENVOLVIMENTO DA SOLIDÃO. APESAR DE ACOMETER GRANDE PARTE DA POPULAÇÃO IDOSA, A DEPRESSÃO É COMUMENTE CONFUNDIDA COM A SENILIDADE E SE MANTÉM SUBDIAGNOSTICADA NOS SERVIÇOS. NESSE CONTEXTO, A ENFERMAGEM TEM SIGNIFICATIVA IMPORTÂNCIA NO ACOMPANHAMENTO DO IDOSO, PARA DIAGNOSTICAR SUAS NECESSIDADES E DESENVOLVER ESTRATÉGIAS QUE FACILITEM A COMUNICAÇÃO. PARA SISTEMATIZAR ESTRATÉGIAS COMUNICATIVAS QUE PERMITAM DESENVOLVER HABILIDADES PRÁTICAS EM GERONTOLOGIA, A TEORIA DO RELACIONAMENTO INTERPESSOAL DEMONSTROU-SE ESSENCIAL PARA UM ATENDIMENTO HUMANIZADO, PREZANDO A AUTONOMIA E DESENVOLVIMENTO DE VÍNCULO. EM VISTA DISSO, O PRESENTE ESTUDO BUSCA DESCREVER COMO A TEORIA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS PODE SUBSIDIAR A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NA ABORDAGEM AO IDOSO ACOMETIDO POR DEPRESSÃO, NO INTUITO DE MELHORAR A QUALIDADE DO SERVIÇO PRESTADO À COMUNIDADE. O REFERIDO ESTUDO TRATA-SE DE UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA, CUJO LEVANTAMENTO DOS DADOS FOI REALIZADO ENTRE OS MESES DE MARÇO E MAIO DE 2019, NAS BASES DE DADOS: SCIELO, LILACS, PUBMED/ NCBI E GOOGLE SCHOLAR. COMO CRITÉRIOS DE INCLUSÃO FORAM INSERIDAS: PUBLICAÇÕES NOS IDIOMAS PORTUGUÊS, INGLÊS E ESPANHOL, DISPONÍVEIS GRATUITAMENTE EM TEXTO COMPLETO, QUE ABORDASSEM A DEPRESSÃO EM IDOSOS, A TEORIA DE ENFERMAGEM E SUA APLICABILIDADE NA ASSISTÊNCIA À ESTE PÚBLICO-ALVO. ENCONTROU-SE UM TOTAL DE 2.845 ESTUDOS, COM 252 ARTIGOS MANTIDOS APÓS A PERMUTAÇÃO, PORÉM APENAS 10 FORAM SELECIONADOS PARA CONTRIBUIR COM A ELABORAÇÃO DA PESQUISA. NOTA-SE A NECESSIDADE DE CAPACITAÇÃO DAS EQUIPES DE SAÚDE PARA ESCUTA QUALIFICADA DOS IDOSOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.