Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 307
A ACESSIBILIDADE URBANA PARA OS IDOSOS DA CIDADE DE INGÁ-PB

Palavra-chaves: ENVELHECIMENTO POPULACIONAL, MOBILIDADE REDUZIDA, NBR 9050, VIAS PÚBLICAS Comunicação Oral (CO) AT 12: Acessibilidade, mobilidade e concepções arquitetônicas Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

ESTE ESTUDO, AO ABORDAR A QUESTÃO DA ACESSIBILIDADE URBANA DOS IDOSOS, DISCUTE SOBRE O PLANEJAMENTO DO ESPAÇO URBANO E A IMPORTÂNCIA DA IDENTIFICAÇÃO DAS NECESSIDADES DOS IDOSOS EM RELAÇÃO A SEU DESLOCAMENTO NA CIDADE. ESTE ESTUDO APRESENTA COMO OBJETIVO PRINCIPAL AVALIAR O DESLOCAMENTO DOS IDOSOS PELAS VIAS PÚBLICAS DA CIDADE DE INGÁ (PB) E CONTRIBUIR CIENTIFICAMENTE À DISCUSSÃO DA ACESSIBILIDADE URBANA AOS IDOSOS. A AQUISIÇÃO DE SABERES SOBRE ESSA TEMÁTICA É DE EXTREMA VALIA DEVIDO À IMPORTÂNCIA DESSE CONTINGENTE SOCIAL PARA A SOCIEDADE EM GERAL. O TRABALHO CONSTITUI-SE COMO UMA DOCUMENTAÇÃO DIRETA E TRATA-SE DE UMA PESQUISA QUANTITATIVA-DESCRITIVA, UTILIZANDO A TÉCNICA DA ENTREVISTA. OS RESULTADOS MOSTRARAM QUE 66,67% DOS ENTREVISTADOS AFIRMARAM DA EXISTÊNCIA DE RAMPAS NAS VIAS PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE INGÁ. PORÉM, 73,33% ACHAM QUE HÁ UMA PEQUENA QUANTIDADE DE RAMPAS NAS CALÇADAS INGAENSES, E 53% DOS ENTREVISTADOS RELATARAM QUE A AUSÊNCIA DE RAMPAS É A PRINCIPAL BARREIRA NA LOCOMOÇÃO PELAS CALÇADAS E RUAS INGAENSES. OS PROBLEMAS DE ACESSIBILIDADE ESTÃO EM TODA A PARTE, CONTRARIANDO TODA A LEGISLAÇÃO EXISTENTE E VIGENTE, POIS AS RUAS E VIAS DAS CIDADES SE TRANSFORMARAM EM CORREDORES PARA VEÍCULOS E PRODUTOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.