Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

ESTUDO DE CASO REALIZADO COM UMA CRIANÇA PORTADORA DE SÍNDROME DE DELEÇÃO CROMOSSOMICA 11Q

Palavra-chaves: DELEÇÃO, SAÚDE, ENFERMAGEM Relato de Experiência(RE) Enfermagem
"2014-04-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 5283
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 752
    "inscrito_id" => 1795
    "titulo" => "ESTUDO DE CASO REALIZADO COM UMA CRIANÇA PORTADORA DE SÍNDROME DE DELEÇÃO CROMOSSOMICA 11Q"
    "resumo" => "O estudo realizado aconteceu com criança que apresenta síndrome genética de deleção no cromossomo 11q pelo período de aproximadamente um mês,  onde a experiência foi que será descria através de etapas que vão desde a visita para reconhecimento familiar, passando por anamnese e exame físico completo, revisão da literatura para aprofundamento de informações acerca da síndrome e condutas de enfermagem que possam beneficiar a vivência da criança através de orientação dos familiares acerca da patologia.\tA referida condição patológica apresenta-se a partir do retardo no crescimento pré e pós natal, retardo psicomotor, dismorfismos craniofaciais, estrabismo divergente intermitente, nariz curto, etrognatismo, orelhas pequenas e de baixa implantação, trombocitopenia isoimune e síndrome de Paris-Trousseau, onde na criança em questão todos os sintomas são indicativos.\tO diagnóstico é baseado na análise clínica e confirmado por estudos citogenéticos, e muito embora não haja cura para esta patologia, o tratamento visa minimizar os problemas ocasionados pela síndrome, com o intuito de melhor a qualidade de vida do indivíduo portador. O caso estudado foi diagnosticado aos quatro anos de idade, através do exame cariótipo com banda G;\tAlém da síndrome de deleção, a criança apresenta vitiligo, muito embora seja considerada uma criança moderadamente ativa. A alimentação da mesma foi constatada como normal, não havendo ingesta de alimentos que possam afetar a dentição da mesma, uma vez que a mesma, quando nasceu, teve a necessidade de fazer uso de antibióticos, causando problemas nos seus dentes e posterior necessidade de extração de vários deles. A mesma faz acompanhamento por uma série de médicos especialistas, conforme aparecem intercorrências, sendo as mais recentes epistaxe, escoliose, e miopia.\tAplicando-se a SAE, o diagnóstico de enfermagem reconheceu na criança autocontrole ineficaz da saúde, automutilação, mobilidade física prejudicada, comunicação verbal prejudicada, dentição prejudicada, risco de sangramento e atraso no crescimento e no desenvolvimento. A partir do diagnóstico de enfermagem todo o estudo foi conduzido a fim de que a criança tivesse mais conforto em sua situação, bem como orientar a mãe e parentes próximos acerca das necessidades da mesma.\tO estudo realizado foi de extrema importância para o aprendizado em Enfermagem, pois possibilitou uma maior aproximação com uma síndrome rara e ainda pouco estudada, além de que demonstrou a importância da criação do vínculo entre os profissionais de saúde e a criança, bem como a relevância da interação entre as diversas áreas da saúde para uma prestação adequada de serviços.\tA importância do lado humano e ético, que devemos buscar durante execução de nosso ofício como profissionais de Enfermagem, e do olhar e maneira diferenciada em que se preconizam os cuidados á crianças, com a necessidade de um manejo adequado, com devida precaução e atenção."
    "modalidade" => "Relato de Experiência(RE)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "DELEÇÃO, SAÚDE, ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_3datahora_24_03_2014_20_26_11_idinscrito_1795_018d32d1b2faa4c8ea99dcf74dc9877b.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JARMESON VIDAL DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "JARMESON VIDAL"
    "autor_email" => "jarmeson@gmail.com"
    "autor_ies" => "UERN"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 5283
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 752
    "inscrito_id" => 1795
    "titulo" => "ESTUDO DE CASO REALIZADO COM UMA CRIANÇA PORTADORA DE SÍNDROME DE DELEÇÃO CROMOSSOMICA 11Q"
    "resumo" => "O estudo realizado aconteceu com criança que apresenta síndrome genética de deleção no cromossomo 11q pelo período de aproximadamente um mês,  onde a experiência foi que será descria através de etapas que vão desde a visita para reconhecimento familiar, passando por anamnese e exame físico completo, revisão da literatura para aprofundamento de informações acerca da síndrome e condutas de enfermagem que possam beneficiar a vivência da criança através de orientação dos familiares acerca da patologia.\tA referida condição patológica apresenta-se a partir do retardo no crescimento pré e pós natal, retardo psicomotor, dismorfismos craniofaciais, estrabismo divergente intermitente, nariz curto, etrognatismo, orelhas pequenas e de baixa implantação, trombocitopenia isoimune e síndrome de Paris-Trousseau, onde na criança em questão todos os sintomas são indicativos.\tO diagnóstico é baseado na análise clínica e confirmado por estudos citogenéticos, e muito embora não haja cura para esta patologia, o tratamento visa minimizar os problemas ocasionados pela síndrome, com o intuito de melhor a qualidade de vida do indivíduo portador. O caso estudado foi diagnosticado aos quatro anos de idade, através do exame cariótipo com banda G;\tAlém da síndrome de deleção, a criança apresenta vitiligo, muito embora seja considerada uma criança moderadamente ativa. A alimentação da mesma foi constatada como normal, não havendo ingesta de alimentos que possam afetar a dentição da mesma, uma vez que a mesma, quando nasceu, teve a necessidade de fazer uso de antibióticos, causando problemas nos seus dentes e posterior necessidade de extração de vários deles. A mesma faz acompanhamento por uma série de médicos especialistas, conforme aparecem intercorrências, sendo as mais recentes epistaxe, escoliose, e miopia.\tAplicando-se a SAE, o diagnóstico de enfermagem reconheceu na criança autocontrole ineficaz da saúde, automutilação, mobilidade física prejudicada, comunicação verbal prejudicada, dentição prejudicada, risco de sangramento e atraso no crescimento e no desenvolvimento. A partir do diagnóstico de enfermagem todo o estudo foi conduzido a fim de que a criança tivesse mais conforto em sua situação, bem como orientar a mãe e parentes próximos acerca das necessidades da mesma.\tO estudo realizado foi de extrema importância para o aprendizado em Enfermagem, pois possibilitou uma maior aproximação com uma síndrome rara e ainda pouco estudada, além de que demonstrou a importância da criação do vínculo entre os profissionais de saúde e a criança, bem como a relevância da interação entre as diversas áreas da saúde para uma prestação adequada de serviços.\tA importância do lado humano e ético, que devemos buscar durante execução de nosso ofício como profissionais de Enfermagem, e do olhar e maneira diferenciada em que se preconizam os cuidados á crianças, com a necessidade de um manejo adequado, com devida precaução e atenção."
    "modalidade" => "Relato de Experiência(RE)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "DELEÇÃO, SAÚDE, ENFERMAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_3datahora_24_03_2014_20_26_11_idinscrito_1795_018d32d1b2faa4c8ea99dcf74dc9877b.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:38"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JARMESON VIDAL DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "JARMESON VIDAL"
    "autor_email" => "jarmeson@gmail.com"
    "autor_ies" => "UERN"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

O estudo realizado aconteceu com criança que apresenta síndrome genética de deleção no cromossomo 11q pelo período de aproximadamente um mês, onde a experiência foi que será descria através de etapas que vão desde a visita para reconhecimento familiar, passando por anamnese e exame físico completo, revisão da literatura para aprofundamento de informações acerca da síndrome e condutas de enfermagem que possam beneficiar a vivência da criança através de orientação dos familiares acerca da patologia. A referida condição patológica apresenta-se a partir do retardo no crescimento pré e pós natal, retardo psicomotor, dismorfismos craniofaciais, estrabismo divergente intermitente, nariz curto, etrognatismo, orelhas pequenas e de baixa implantação, trombocitopenia isoimune e síndrome de Paris-Trousseau, onde na criança em questão todos os sintomas são indicativos. O diagnóstico é baseado na análise clínica e confirmado por estudos citogenéticos, e muito embora não haja cura para esta patologia, o tratamento visa minimizar os problemas ocasionados pela síndrome, com o intuito de melhor a qualidade de vida do indivíduo portador. O caso estudado foi diagnosticado aos quatro anos de idade, através do exame cariótipo com banda G; Além da síndrome de deleção, a criança apresenta vitiligo, muito embora seja considerada uma criança moderadamente ativa. A alimentação da mesma foi constatada como normal, não havendo ingesta de alimentos que possam afetar a dentição da mesma, uma vez que a mesma, quando nasceu, teve a necessidade de fazer uso de antibióticos, causando problemas nos seus dentes e posterior necessidade de extração de vários deles. A mesma faz acompanhamento por uma série de médicos especialistas, conforme aparecem intercorrências, sendo as mais recentes epistaxe, escoliose, e miopia. Aplicando-se a SAE, o diagnóstico de enfermagem reconheceu na criança autocontrole ineficaz da saúde, automutilação, mobilidade física prejudicada, comunicação verbal prejudicada, dentição prejudicada, risco de sangramento e atraso no crescimento e no desenvolvimento. A partir do diagnóstico de enfermagem todo o estudo foi conduzido a fim de que a criança tivesse mais conforto em sua situação, bem como orientar a mãe e parentes próximos acerca das necessidades da mesma. O estudo realizado foi de extrema importância para o aprendizado em Enfermagem, pois possibilitou uma maior aproximação com uma síndrome rara e ainda pouco estudada, além de que demonstrou a importância da criação do vínculo entre os profissionais de saúde e a criança, bem como a relevância da interação entre as diversas áreas da saúde para uma prestação adequada de serviços. A importância do lado humano e ético, que devemos buscar durante execução de nosso ofício como profissionais de Enfermagem, e do olhar e maneira diferenciada em que se preconizam os cuidados á crianças, com a necessidade de um manejo adequado, com devida precaução e atenção.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.