Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 177
POLÍTICAS PÚBLICAS E REPRESENTAÇÕES SOCIAIS SOBRE SAÚDE E DOENÇA NA CONTEMPORANEIDADE.

Palavra-chaves: POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE, REPRESENTAÇÕES SOCIAIS, SOCIOLOGIA DA SAÚDE Pôster (PO) Enfermagem

Resumo

Pensar a temática saúde e doença é ressaltar questões de grandes amplitudes. Sem dúvidas, remetem-se a grandes indagações a partir da própria ordem conceitual. Assim sendo, como ponto de partida este estudo trata de uma reflexão teórica acerca das condições de saúde com presença ou ausência da doença na população e como as políticas públicas de saúde estão sendo posta ao debate dentro de órgãos deliberativos para contenção da doença e melhoria na qualidade dos serviços de saúde prestados a população. Como se constata através das correntes antropológicas e sociológicas o estudo acerca do homem e as suas condições de vida, sejam, biológicas e/ou sociais, as dimensões do corpo e de modo (cultural) como se vive, denotam a importância de se inscrever na linha do tempo/espaço as mudanças de uso dos recursos e técnicas medicinais para compreensão da busca pela saúde e longevidade da vida humana. A discussão requer uma análise reflexiva acerca da formulação e implementação de políticas públicas de saúde, uma vez que a busca pela solução do impasse saúde/doença coletiva é, por muitas vezes, caracterizada pela centralização nas instituições médicas de saúde públicas e estatais. Delimitado o tema é preciso esclarecer, contudo, que para a realização da pesquisa optou-se por uma abordagem de cunho qualitativo e os dados foram obtidos através de técnica que abrange a pesquisa documental e bibliográfica. Quanto aos conceitos de saúde/ doença na corporeidade é um campo de estudo que cada vez mais se entrelaça as dinâmicas e estudos das relações sociais e de novas descobertas na relação estabelecida no contexto do indivíduo e sociedade. Estudos apontam que no início do século XIX até os anos 1960, a sociologia faz diversas descobertas relacionadas ao corpo. Significativas mudanças acerca da sociologia aplicada ao estudo do corpo e suas representações são finalmente sistematizadas e consagradas, portanto, lhes são, em maior ênfase, atribuídas atenção por parte de alguns pesquisadores. Por fim, a importância desse debate resulta da constante reflexão acerca do desenvolvimento das várias correntes de estudo que atuam na área e sistematizam alguns elementos teóricos de referência para analisar as diversas propostas conceituais e os debates acerca da temática em âmbito social e cultural.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.