Artigo Anais II CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

INFLUÊNCIA DA DUPLA TAREFA NO DESEMPENHO FUNCIONAL DE PACIENTES COM DOENÇA DE PARKINSON

Palavra-chaves: PARKINSON, DUPLA TAREFA, TUG Pôster (PO) AT 05: Fisioterapia Gerontológica
"2018-11-21 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 50361
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 197
    "inscrito_id" => 591
    "titulo" => "INFLUÊNCIA DA DUPLA TAREFA NO DESEMPENHO FUNCIONAL DE PACIENTES COM DOENÇA DE PARKINSON"
    "resumo" => "Introdução: A Doença de Parkinson (DP) acomete o Sistema Nervoso Central, principalmente os núcleos da base, caracterizada como uma doença crônica, degenerativa e com progressiva perda dos neurônios da parte compacta da substância negra, causando uma perda ou interferência na ação da dopamina. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a Influência da dupla tarefa no desempenho funcional de pacientes com Doença de Parkinson (DP). Métodos: Foram avaliados 11 pacientes com DP com idade superior a 50 anos, de ambos os gêneros, classificados entre os estágios de 1 a 3 da Escala de Hoehn & Yahr (H&Y). Para avaliação foram aplicadas escalas para verificar o equilíbrio estático e dinâmico e a mobilidade funcional assim como o risco de quedas: Escala de eficácia de quedas (FES-I Brasil) e Escala de Equilíbrio de Berg (EEB). A dupla tarefa e habilidade motora foi avaliada através do teste Timed Up and Go (TUG basal-TUGB), TUG associado a dupla tarefa motora (TUGM), e 3 testes TUG associado a duplas tarefas cognitivas (TUGC1, TUGC2 e TUGC3). Resultados: O TUGB obteve uma média de 12,80 ± 4,78 segundos. No TUGM a média foi de 12,93 ± 4,34 segundos. A média obtida no TUGC1 foi de 15,0 ± 6,50 segundos e no TUGC2 de 15,81 ± 7,90 segundos. O TUGC3 obteve uma média de 16,34 ± 10,50 segundos. Conclusão: Pacientes com DP necessitam de maior tempo para realizar duplas tarefas, principalmente quando está associada à atividade cognitiva, evidenciando comprometimento na mobilidade funcional com alto risco de quedas."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 05: Fisioterapia Gerontológica"
    "palavra_chave" => "PARKINSON, DUPLA TAREFA, TUG"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD4_SA5_ID591_31102018015429.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "THAÍS SANTOS CONTENÇAS"
    "autor_nome_curto" => "THAÍS"
    "autor_email" => "thaiscontencas@yahoo.com."
    "autor_ies" => "USP"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 50361
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 197
    "inscrito_id" => 591
    "titulo" => "INFLUÊNCIA DA DUPLA TAREFA NO DESEMPENHO FUNCIONAL DE PACIENTES COM DOENÇA DE PARKINSON"
    "resumo" => "Introdução: A Doença de Parkinson (DP) acomete o Sistema Nervoso Central, principalmente os núcleos da base, caracterizada como uma doença crônica, degenerativa e com progressiva perda dos neurônios da parte compacta da substância negra, causando uma perda ou interferência na ação da dopamina. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a Influência da dupla tarefa no desempenho funcional de pacientes com Doença de Parkinson (DP). Métodos: Foram avaliados 11 pacientes com DP com idade superior a 50 anos, de ambos os gêneros, classificados entre os estágios de 1 a 3 da Escala de Hoehn & Yahr (H&Y). Para avaliação foram aplicadas escalas para verificar o equilíbrio estático e dinâmico e a mobilidade funcional assim como o risco de quedas: Escala de eficácia de quedas (FES-I Brasil) e Escala de Equilíbrio de Berg (EEB). A dupla tarefa e habilidade motora foi avaliada através do teste Timed Up and Go (TUG basal-TUGB), TUG associado a dupla tarefa motora (TUGM), e 3 testes TUG associado a duplas tarefas cognitivas (TUGC1, TUGC2 e TUGC3). Resultados: O TUGB obteve uma média de 12,80 ± 4,78 segundos. No TUGM a média foi de 12,93 ± 4,34 segundos. A média obtida no TUGC1 foi de 15,0 ± 6,50 segundos e no TUGC2 de 15,81 ± 7,90 segundos. O TUGC3 obteve uma média de 16,34 ± 10,50 segundos. Conclusão: Pacientes com DP necessitam de maior tempo para realizar duplas tarefas, principalmente quando está associada à atividade cognitiva, evidenciando comprometimento na mobilidade funcional com alto risco de quedas."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 05: Fisioterapia Gerontológica"
    "palavra_chave" => "PARKINSON, DUPLA TAREFA, TUG"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD4_SA5_ID591_31102018015429.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "THAÍS SANTOS CONTENÇAS"
    "autor_nome_curto" => "THAÍS"
    "autor_email" => "thaiscontencas@yahoo.com."
    "autor_ies" => "USP"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 21 de novembro de 2018

Resumo

Introdução: A Doença de Parkinson (DP) acomete o Sistema Nervoso Central, principalmente os núcleos da base, caracterizada como uma doença crônica, degenerativa e com progressiva perda dos neurônios da parte compacta da substância negra, causando uma perda ou interferência na ação da dopamina. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a Influência da dupla tarefa no desempenho funcional de pacientes com Doença de Parkinson (DP). Métodos: Foram avaliados 11 pacientes com DP com idade superior a 50 anos, de ambos os gêneros, classificados entre os estágios de 1 a 3 da Escala de Hoehn & Yahr (H&Y). Para avaliação foram aplicadas escalas para verificar o equilíbrio estático e dinâmico e a mobilidade funcional assim como o risco de quedas: Escala de eficácia de quedas (FES-I Brasil) e Escala de Equilíbrio de Berg (EEB). A dupla tarefa e habilidade motora foi avaliada através do teste Timed Up and Go (TUG basal-TUGB), TUG associado a dupla tarefa motora (TUGM), e 3 testes TUG associado a duplas tarefas cognitivas (TUGC1, TUGC2 e TUGC3). Resultados: O TUGB obteve uma média de 12,80 ± 4,78 segundos. No TUGM a média foi de 12,93 ± 4,34 segundos. A média obtida no TUGC1 foi de 15,0 ± 6,50 segundos e no TUGC2 de 15,81 ± 7,90 segundos. O TUGC3 obteve uma média de 16,34 ± 10,50 segundos. Conclusão: Pacientes com DP necessitam de maior tempo para realizar duplas tarefas, principalmente quando está associada à atividade cognitiva, evidenciando comprometimento na mobilidade funcional com alto risco de quedas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.