Artigo Anais II CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

USO DE PSICOFÁRMACOS POR IDOSOS RURAIS E URBANOS DE UM MUNICÍPIO DO EXTREMO OESTE DE SANTA

Palavra-chaves: IDOSOS, MEDICAMENTOS, PSICOTRÓPICOS, POLIMEDICAÇÃO Pôster (PO) AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas a Pessoa Idosa
"2018-11-21 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 50446
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 106
    "inscrito_id" => 757
    "titulo" => "USO DE PSICOFÁRMACOS POR IDOSOS RURAIS E URBANOS DE UM MUNICÍPIO DO EXTREMO OESTE DE SANTA"
    "resumo" => "objetivou-se a partir deste estudo avaliar a prevalência do uso de psicofármacos em idosos residentes no meio rural e urbano de um município do extremo oeste de Santa Catarina. Trata-se de um estudo descritivo, de corte transversal e abordagem quantitativa. A amostra constitui-se de 242 idosos, estratificados por sexo e local de residência (rural e urbano). A coleta de dados foi realizada a partir da aplicação do Questionário adaptado de Morais (2007). Para análise dos dados utilizou-se da estatística descritiva, média, desvio padrão e distribuição de frequência. Para análise dos medicamentos potencialmente inapropriados para idosos, utilizou-se os critérios de Beers e PRISCUS. Dentre os participantes do estudo, 35,4% residiam no ambiente urbano e 64,6% no ambiente rural. Em relação ao uso de medicamentos 87,8% dos idosos rurais e 86,2% dos urbanos utilizavam algum tipo de medicamento. No ambiente urbano houve diferença significativa entre os sexos (96,0% entre as mulheres e 75,0% entre os homens fazem uso de pelo menos um fármaco). A polimedicação esteve presente em 38,8% dos idosos e o uso de psicofármacos em 21,1%, com maior prevalência no sexo feminino. Entre os psicofármacos utilizados pelos idosos deste estudo, 4 fazem parte da lista de Beers e 7 dos critérios de PRISCUS. Diante destes resultados é relevante a inserção de critérios seguros para definição dos medicamentos a serem prescritos para idosos, o que poderia ser realizado através de ações de educação permanente."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas a Pessoa Idosa"
    "palavra_chave" => "IDOSOS, MEDICAMENTOS, PSICOTRÓPICOS, POLIMEDICAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD4_SA3_ID757_01102018201432.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CLENISE LILIANE SCHMIDT"
    "autor_nome_curto" => "CLENISE"
    "autor_email" => "clenise.schmidt@ifpr.edu."
    "autor_ies" => "INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 50446
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 106
    "inscrito_id" => 757
    "titulo" => "USO DE PSICOFÁRMACOS POR IDOSOS RURAIS E URBANOS DE UM MUNICÍPIO DO EXTREMO OESTE DE SANTA"
    "resumo" => "objetivou-se a partir deste estudo avaliar a prevalência do uso de psicofármacos em idosos residentes no meio rural e urbano de um município do extremo oeste de Santa Catarina. Trata-se de um estudo descritivo, de corte transversal e abordagem quantitativa. A amostra constitui-se de 242 idosos, estratificados por sexo e local de residência (rural e urbano). A coleta de dados foi realizada a partir da aplicação do Questionário adaptado de Morais (2007). Para análise dos dados utilizou-se da estatística descritiva, média, desvio padrão e distribuição de frequência. Para análise dos medicamentos potencialmente inapropriados para idosos, utilizou-se os critérios de Beers e PRISCUS. Dentre os participantes do estudo, 35,4% residiam no ambiente urbano e 64,6% no ambiente rural. Em relação ao uso de medicamentos 87,8% dos idosos rurais e 86,2% dos urbanos utilizavam algum tipo de medicamento. No ambiente urbano houve diferença significativa entre os sexos (96,0% entre as mulheres e 75,0% entre os homens fazem uso de pelo menos um fármaco). A polimedicação esteve presente em 38,8% dos idosos e o uso de psicofármacos em 21,1%, com maior prevalência no sexo feminino. Entre os psicofármacos utilizados pelos idosos deste estudo, 4 fazem parte da lista de Beers e 7 dos critérios de PRISCUS. Diante destes resultados é relevante a inserção de critérios seguros para definição dos medicamentos a serem prescritos para idosos, o que poderia ser realizado através de ações de educação permanente."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 03: Práticas Clínicas e Terapêuticas direcionadas a Pessoa Idosa"
    "palavra_chave" => "IDOSOS, MEDICAMENTOS, PSICOTRÓPICOS, POLIMEDICAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD4_SA3_ID757_01102018201432.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CLENISE LILIANE SCHMIDT"
    "autor_nome_curto" => "CLENISE"
    "autor_email" => "clenise.schmidt@ifpr.edu."
    "autor_ies" => "INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 21 de novembro de 2018

Resumo

objetivou-se a partir deste estudo avaliar a prevalência do uso de psicofármacos em idosos residentes no meio rural e urbano de um município do extremo oeste de Santa Catarina. Trata-se de um estudo descritivo, de corte transversal e abordagem quantitativa. A amostra constitui-se de 242 idosos, estratificados por sexo e local de residência (rural e urbano). A coleta de dados foi realizada a partir da aplicação do Questionário adaptado de Morais (2007). Para análise dos dados utilizou-se da estatística descritiva, média, desvio padrão e distribuição de frequência. Para análise dos medicamentos potencialmente inapropriados para idosos, utilizou-se os critérios de Beers e PRISCUS. Dentre os participantes do estudo, 35,4% residiam no ambiente urbano e 64,6% no ambiente rural. Em relação ao uso de medicamentos 87,8% dos idosos rurais e 86,2% dos urbanos utilizavam algum tipo de medicamento. No ambiente urbano houve diferença significativa entre os sexos (96,0% entre as mulheres e 75,0% entre os homens fazem uso de pelo menos um fármaco). A polimedicação esteve presente em 38,8% dos idosos e o uso de psicofármacos em 21,1%, com maior prevalência no sexo feminino. Entre os psicofármacos utilizados pelos idosos deste estudo, 4 fazem parte da lista de Beers e 7 dos critérios de PRISCUS. Diante destes resultados é relevante a inserção de critérios seguros para definição dos medicamentos a serem prescritos para idosos, o que poderia ser realizado através de ações de educação permanente.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.