Artigo Anais II CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

FATORES ASSOCIADOS AO RISCO DE QUEDAS EM PESSOAS IDOSAS HOSPITALIZADAS

Palavra-chaves: SEGURANÇA DO PACIENTE, IDOSO, ACIDENTE POR QUEDAS, HOSPITALIZAÇÃO Comunicação Oral (CO) AT 15: Envelhecimento e Interdisciplinaridade
"2018-11-22 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 50345
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 260
    "inscrito_id" => 982
    "titulo" => "FATORES ASSOCIADOS AO RISCO DE QUEDAS EM PESSOAS IDOSAS HOSPITALIZADAS"
    "resumo" => "Resumo: O objetivo do estudo foi verificar a associação entre o risco de quedas e as características sóciodemográficas de pessoas idosas hospitalizadas. Pesquisa descritiva, de corte transversal e abordagem quantitativa, realizado no período de abril a outubro de 2017 com 284 idosos hospitalizados, em um hospital localizado no município de João Pessoa-PB. Aplicou-se a técnica Multivariada Análise de Correspondência para avaliar a associação entre fatores e a classificação do risco e o teste Qui-Quadrado para determinar a categorização do risco avaliado pela Escala de Morse. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa sob o parecer 2.193.755 e CAAE: n. 62128816.0.0000.5183. Os resultados apontaram que 45% das pessoas idosas hospitalizadas obtiveram risco elevado para quedas. Em associação das variáveis sociodemográficas com as classificações do risco de quedas da escala de Morse, verificou-se que o sexo, a idade, o fato de ter frequentado a escola e a classificação do Mini Exame do Estado Mental apresentaram significância estatística. Espera-se que os resultados aprimorem o conhecimento acerca das questões relacionadas à queda no ambiente hospitalar, bem como para a prática clínica dos profissionais envolvidos no processo do cuidar, o que permitirá enriquecer a formação dos profissionais de saúde, bem como no nível de evidência para a assistência prestada a esses pacientes, para que possam implementar estratégias de prevenção eficaz."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 15: Envelhecimento e Interdisciplinaridade"
    "palavra_chave" => "SEGURANÇA DO PACIENTE, IDOSO, ACIDENTE POR QUEDAS, HOSPITALIZAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD1_SA15_ID982_01112018000723.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RENATA MAIA DE MEDEIROS FALCAO"
    "autor_nome_curto" => "RENATA"
    "autor_email" => "renata__maia@hotmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 50345
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 260
    "inscrito_id" => 982
    "titulo" => "FATORES ASSOCIADOS AO RISCO DE QUEDAS EM PESSOAS IDOSAS HOSPITALIZADAS"
    "resumo" => "Resumo: O objetivo do estudo foi verificar a associação entre o risco de quedas e as características sóciodemográficas de pessoas idosas hospitalizadas. Pesquisa descritiva, de corte transversal e abordagem quantitativa, realizado no período de abril a outubro de 2017 com 284 idosos hospitalizados, em um hospital localizado no município de João Pessoa-PB. Aplicou-se a técnica Multivariada Análise de Correspondência para avaliar a associação entre fatores e a classificação do risco e o teste Qui-Quadrado para determinar a categorização do risco avaliado pela Escala de Morse. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa sob o parecer 2.193.755 e CAAE: n. 62128816.0.0000.5183. Os resultados apontaram que 45% das pessoas idosas hospitalizadas obtiveram risco elevado para quedas. Em associação das variáveis sociodemográficas com as classificações do risco de quedas da escala de Morse, verificou-se que o sexo, a idade, o fato de ter frequentado a escola e a classificação do Mini Exame do Estado Mental apresentaram significância estatística. Espera-se que os resultados aprimorem o conhecimento acerca das questões relacionadas à queda no ambiente hospitalar, bem como para a prática clínica dos profissionais envolvidos no processo do cuidar, o que permitirá enriquecer a formação dos profissionais de saúde, bem como no nível de evidência para a assistência prestada a esses pacientes, para que possam implementar estratégias de prevenção eficaz."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 15: Envelhecimento e Interdisciplinaridade"
    "palavra_chave" => "SEGURANÇA DO PACIENTE, IDOSO, ACIDENTE POR QUEDAS, HOSPITALIZAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD1_SA15_ID982_01112018000723.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RENATA MAIA DE MEDEIROS FALCAO"
    "autor_nome_curto" => "RENATA"
    "autor_email" => "renata__maia@hotmail.com"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 22 de novembro de 2018

Resumo

Resumo: O objetivo do estudo foi verificar a associação entre o risco de quedas e as características sóciodemográficas de pessoas idosas hospitalizadas. Pesquisa descritiva, de corte transversal e abordagem quantitativa, realizado no período de abril a outubro de 2017 com 284 idosos hospitalizados, em um hospital localizado no município de João Pessoa-PB. Aplicou-se a técnica Multivariada Análise de Correspondência para avaliar a associação entre fatores e a classificação do risco e o teste Qui-Quadrado para determinar a categorização do risco avaliado pela Escala de Morse. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa sob o parecer 2.193.755 e CAAE: n. 62128816.0.0000.5183. Os resultados apontaram que 45% das pessoas idosas hospitalizadas obtiveram risco elevado para quedas. Em associação das variáveis sociodemográficas com as classificações do risco de quedas da escala de Morse, verificou-se que o sexo, a idade, o fato de ter frequentado a escola e a classificação do Mini Exame do Estado Mental apresentaram significância estatística. Espera-se que os resultados aprimorem o conhecimento acerca das questões relacionadas à queda no ambiente hospitalar, bem como para a prática clínica dos profissionais envolvidos no processo do cuidar, o que permitirá enriquecer a formação dos profissionais de saúde, bem como no nível de evidência para a assistência prestada a esses pacientes, para que possam implementar estratégias de prevenção eficaz.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.