Artigo Anais II CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

CAPACIDADE FUNCIONAL DOS IDOSOS EM UMA REGIÃO DE SAUDE DO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS - MINAS GERAIS

Palavra-chaves: FUNCIONALIDADE, QUALIDADE DE VIDA, IDOSO Comunicação Oral (CO) AT 05: Fisioterapia Gerontológica
"2018-11-22 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 50240
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 26
    "inscrito_id" => 415
    "titulo" => "CAPACIDADE FUNCIONAL DOS  IDOSOS EM UMA REGIÃO DE SAUDE DO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS - MINAS GERAIS"
    "resumo" => "O envelhecimento populacional é uma realidade no Brasil e no mundo, esse cenário contribui para mudanças no perfil de morbimortalidade, resultando no aumento da prevalência de doenças crônico-degenerativas e incapacidades. A Capacidade Funcional pode ser entendida como a manutenção das habilidades físicas e mentais necessárias para uma vida independente e autônoma. O objetivo desta pesquisa foi identificar a capacidade funcional de idosos da região Sudoeste do  município de Divinópolis-MG. Para a coleta e análise dos dados foram utilizados os seguintes instrumentos: questionário socioeconômico, World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS 2.0), World Health Organization Quality Of Life – Old (WHOQOL – OLD), e Craig Hospital Inventory Of Environmental Factors (CHIEF). A amostra foi composta por idosos comunitários de 65 anos ou mais, residentes nos 6 bairros da região Sudoeste no município de Divinópolis/MG. Foram entrevistados 90 idosos, sendo 57,8% do sexo feminino e 42,2% do sexo masculino, com predominância de idade entre 65 e 70 anos (56,7%). A percepção da saúde dos entrevistados foi de 53,3% para Boa, 25,5% para Regular e 21,2% para Ruim. Na análise da capacidade funcional com o uso do WHODAS 2.0, foi identificado que os domínios mais comprometidos foram a Mobilidade (3,7), Participação (3,6) e Cognição (3,4). A utilização da escala WHODAS 2.0 evidenciou que seu uso pode ser indicado para analisar e guiar a promoção de saúde da população, como também embasar o desenvolvimento de políticas públicas direcionadas para população idosa."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 05: Fisioterapia Gerontológica"
    "palavra_chave" => "FUNCIONALIDADE, QUALIDADE DE VIDA, IDOSO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD1_SA5_ID415_13092018085728.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FERNANDA MARIA FRANCISCHETTO ROCHA "
    "autor_nome_curto" => "FERNANDA MARIA FRANCISCHETTO R"
    "autor_email" => "rocha.fernanda@uol.com.br"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 50240
    "edicao_id" => 102
    "trabalho_id" => 26
    "inscrito_id" => 415
    "titulo" => "CAPACIDADE FUNCIONAL DOS  IDOSOS EM UMA REGIÃO DE SAUDE DO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS - MINAS GERAIS"
    "resumo" => "O envelhecimento populacional é uma realidade no Brasil e no mundo, esse cenário contribui para mudanças no perfil de morbimortalidade, resultando no aumento da prevalência de doenças crônico-degenerativas e incapacidades. A Capacidade Funcional pode ser entendida como a manutenção das habilidades físicas e mentais necessárias para uma vida independente e autônoma. O objetivo desta pesquisa foi identificar a capacidade funcional de idosos da região Sudoeste do  município de Divinópolis-MG. Para a coleta e análise dos dados foram utilizados os seguintes instrumentos: questionário socioeconômico, World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS 2.0), World Health Organization Quality Of Life – Old (WHOQOL – OLD), e Craig Hospital Inventory Of Environmental Factors (CHIEF). A amostra foi composta por idosos comunitários de 65 anos ou mais, residentes nos 6 bairros da região Sudoeste no município de Divinópolis/MG. Foram entrevistados 90 idosos, sendo 57,8% do sexo feminino e 42,2% do sexo masculino, com predominância de idade entre 65 e 70 anos (56,7%). A percepção da saúde dos entrevistados foi de 53,3% para Boa, 25,5% para Regular e 21,2% para Ruim. Na análise da capacidade funcional com o uso do WHODAS 2.0, foi identificado que os domínios mais comprometidos foram a Mobilidade (3,7), Participação (3,6) e Cognição (3,4). A utilização da escala WHODAS 2.0 evidenciou que seu uso pode ser indicado para analisar e guiar a promoção de saúde da população, como também embasar o desenvolvimento de políticas públicas direcionadas para população idosa."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 05: Fisioterapia Gerontológica"
    "palavra_chave" => "FUNCIONALIDADE, QUALIDADE DE VIDA, IDOSO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV114_MD1_SA5_ID415_13092018085728.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:37"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:07:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FERNANDA MARIA FRANCISCHETTO ROCHA "
    "autor_nome_curto" => "FERNANDA MARIA FRANCISCHETTO R"
    "autor_email" => "rocha.fernanda@uol.com.br"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais II CNEH"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2018"
    "edicao_logo" => "5e49f6503c6b5_16022020231128.png"
    "edicao_capa" => "5f183e545df20_22072020102540.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 22 de novembro de 2018

Resumo

O envelhecimento populacional é uma realidade no Brasil e no mundo, esse cenário contribui para mudanças no perfil de morbimortalidade, resultando no aumento da prevalência de doenças crônico-degenerativas e incapacidades. A Capacidade Funcional pode ser entendida como a manutenção das habilidades físicas e mentais necessárias para uma vida independente e autônoma. O objetivo desta pesquisa foi identificar a capacidade funcional de idosos da região Sudoeste do município de Divinópolis-MG. Para a coleta e análise dos dados foram utilizados os seguintes instrumentos: questionário socioeconômico, World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS 2.0), World Health Organization Quality Of Life – Old (WHOQOL – OLD), e Craig Hospital Inventory Of Environmental Factors (CHIEF). A amostra foi composta por idosos comunitários de 65 anos ou mais, residentes nos 6 bairros da região Sudoeste no município de Divinópolis/MG. Foram entrevistados 90 idosos, sendo 57,8% do sexo feminino e 42,2% do sexo masculino, com predominância de idade entre 65 e 70 anos (56,7%). A percepção da saúde dos entrevistados foi de 53,3% para Boa, 25,5% para Regular e 21,2% para Ruim. Na análise da capacidade funcional com o uso do WHODAS 2.0, foi identificado que os domínios mais comprometidos foram a Mobilidade (3,7), Participação (3,6) e Cognição (3,4). A utilização da escala WHODAS 2.0 evidenciou que seu uso pode ser indicado para analisar e guiar a promoção de saúde da população, como também embasar o desenvolvimento de políticas públicas direcionadas para população idosa.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.