Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A PRIMAVERA SILENCIOSA DE RACHEL CARSON NO ENSINO DE QUÍMICA: UM RELEVANTE INSTRUMENTO PARA PROMOÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Palavra-chaves: ENSINO DE QUÍMICA, EDUCAÇÃO AMBIENTAL, RACHEL CARSON Comunicação Oral (CO) GT 14. Educação Ambiental Publicado em 17 de outubro de 2018

Resumo

O objetivo deste artigo foi “analisar como o livro ‘Primavera Silenciosa’ de Rachel Carson pode ser utilizado como um instrumento relevante para a inclusão da Educação Ambiental no Ensino de Química”. Por isso, pesquisou-se sobre a gênese, desenvolvimento histórico, conceito e o marco legislativo sobre a Educação Ambiental e o Ensino de Química, de maneira a investigar as relevantes contribuições da obra. Para tal, adotou-se o método exploratório, que recorreu à revisão bibliográfica e à análise documental. Concluiu-se que a Educação Ambiental é exigível em todos os níveis de ensino, sendo ela de caráter interdisciplinar. Desse modo, como foi constatada, a citada obra pode ser relevante para viabilizar a inclusão da Educação Ambiental no Ensino de Química, uma vez que aborda temáticas ambientais e temáticas relacionadas ao curso de Química. Da mesma maneira, reconheceu-se que o Ensino de Química e a Educação Ambiental trazem conteúdos complementares e desta forma, a Educação Ambiental pode favorecer o Ensino de Química, assim como o Ensino de Química pode favorecer a Educação Ambiental. Por outro lado, reconheceu-se que a Educação Ambiental pode favorecer a formação do cidadão, já que o mesmo é responsável por suas atitudes praticadas no meio ambiente, até mesmo porque, muitas das transformações químicas ocorridas na natureza, são geradas pela interferência humana. Diante disso, constatou-se que o livro “Primavera Silenciosa”, por abordar conhecimentos comuns ao campo do Ensino de Química e Educação Ambiental, pode ser um relevante instrumento para a formação ambiental dos estudantes de Química.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.