Artigo Anais III CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 286
ESTUDOS DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DO MUNICÍPIO DE NOVA PALMEIRA

Palavra-chaves: ADSORVENTES NATURAIS, ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, TRATAMENTO DE ÁGUA Comunicação Oral (CO) AT 07 - Biodiversidade Publicado em 17 de julho de 2018

Resumo

Introdução: O Brasil possui uma das maiores reservas de água doce do mundo, no entanto a escassez hídrica é uma realidade no país, um exemplo bem claro é a região semiárida do nordeste brasileiro que apresenta baixa disponibilidade hídrica. Diante disso, o presente estudo visa analisar as características físico-químicas da água do município de Nova Palmeira já que a mesma é utilizada para fins domésticos. Materiais e Métodos: Para o desenvolvimento da pesquisa foram selecionados 3 poços de pontos distintos do município de Nova Palmeira- PB, onde foram coletadas 3 amostras de cada poço. As análises das amostras foram realizadas em triplicata no laboratório de Biocombustíveis e Química Ambiental da Unidade Acadêmica de Biologia e Química (UABQ) do Centro de Educação e Saúde (CES) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). As determinações das variáveis estudadas ocorreram pelo manual prático de análise de água da Fundação Nacional da Saúde (FUNASA) e do Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater (APHA). Resultados e discussão: Foram realizados pH, condutividade elétrica, turbidez e dureza das amostras coletadas no município de Nova Palmeira-PB, onde os resultados foram tabelados, levando em consideração a faixa aceitável do Ministério da Saúde. Conclusão: A maioria dos dados obtidos está dentro dos padrões aceitáveis, apresentando uma exceção para as medidas de dureza obtidas para um dos poços.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.