Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

UTILIZAÇÃO DE PORCELANA FRIA NA CONFECÇÃO DE MODELO DIDÁTICO PARA O ENSINO DE MICROBIOLOGIA

Palavra-chaves: ENSINO DE BIOLOGIA, ESTRATÉGIAS METODOLÓGICAS, MODELO DIDÁTICO, LÚDICO Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais, a formação de indivíduos críticos capazes de possuir convivência com a sociedade são os passos iniciais da educação. O ensino e desenvolvimento do saber são necessários e almejam alcançar proporções maiores através das estratégias de ensino metodológicos, que são primordiais para simplificação de conteúdos extensos e considerados difíceis. No ensino de biologia e em específico de microbiologia, que em seu conteúdo aborda estruturas que só podem ser vistas com auxílio do microscópio, é possível trazer estratégias que facilitem a compreensão do que está sendo abordado. Tendo como objetivo facilitar o ensino através de modelos didáticos de representação de dez gêneros de fungos, sendo eles Penicillium, Cladosporium, Alternaria, Aspergillus, Curvularia, Fusarium, Epicoccum, Rhizopus, Candida e Saccharomyces, o trabalho mostra que as peças feitas podem ser utilizadas a critério do professor ou aluno, já que a montagem pode ser realizada com a ajuda de ambos. A confecção do material tem como base a porcelana fria, semelhante à massa modelar, com coloração de tintas diversificadas e montagem; o auxílio das informações do conteúdo e representação foi feita através de figuras e artigos sobre o tema, sendo necessária a espera de pelo menos 24h para que o modelo alcance rigidez e esteja pronto para manipulação. Com as peças em mãos os resultados obtidos são positivos, pois uma vez que a maioria das escolas não possui laboratório com microscópios é curioso ter o conteúdo numa dimensão 3D, despertando o interesse dos alunos sobre o tema abordado e uma associação da teoria com a prática. A carência de condições de trabalho e atividades lúdicas em disciplinas que apresentam conteúdos visuais é presente na maioria das escolas, mas é possível reinventar aulas com planejamento, organização e com baixos custos, que proporcionem o desenvolvimento do interesse do discente, uma vez que a educação necessita de motivações que inspirem o crescimento do saber.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.