Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

UM RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE AS INTERSEÇÕES ENTRE PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO NO BAIRRO DO MUTIRÃO EM CAMPINA GRANDE

Palavra-chaves: PSICOLOGIA, EDUCAÇÃO, INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL Comunicação Oral (CO) GT 17 – Ensino e suas interseções
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 38772
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 1026
    "inscrito_id" => 5123
    "titulo" => "UM RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE AS INTERSEÇÕES ENTRE PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO NO BAIRRO DO MUTIRÃO EM CAMPINA GRANDE"
    "resumo" => "O relato de experiência que aqui se expõe se deu sobre a relação psicologia e educação no bairro do Mutirão de Campina Grande propõe, ao se inserir no movimento social, através da aplicação de atividades psicossociais com crianças e pré-adolescentes no Clube de Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros. Ações educativas se dão na medida em que profissionais ou estudantes do ensino superior podem levar atividades que sejam complementares às da sala de aula. O conjunto de atividades foi realizado no período de abril de 2017 a maio de 2017. Os participantes das intervenções foram crianças, pré-adolescentes e adolescentes, na faixa etária de 08 anos de idade até os 14 anos, do bairro do Mutirão (N= 53) que se reuniam no Clube de Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros com a equipe de estudantes do curso de psicologia da Faculdade Maurício de Nassau (unidade Campina Grande). Os objetivos do trabalho foram: - que os usuários reflitam melhor sobre as diversas condições do seu contexto social; melhorem auto percepção de si mesmo; -estabeleçam boas relações consigo e com os outros pares não somente da escola, mas também do bairro; e desenvolvam um maior senso critico sobre seus comportamentos no meio social. No que diz respeito ao aspecto metodológico, foram realizados inicialmente 4 encontros onde em cada um deles, estavam pré-estabelecidas, 5 dinâmicas de grupo voltadas à consecução dos objetivos supracitados, embora se tenham realizado outras. Afora isto foi realizada a partir do estabelecimento de uma lista de necessidades psicossociais junto aos gestores das famílias dos usuários e dos gestores do Clube de Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros e uma investigação sobre processos históricos e pessoais vivenciados pelas crianças, pré-adolescentes e adolescentes a fim de dar maiores subsídios às intervenções. Por fim, como conclusão pode-se pensar que houve a reavaliação do contexto sociocultural pelos usuários e ressignificação dos processos históricos do Mutirão de Campina Grande. Assim, as intervenções psicossociais contribuíram com a possibilidade de mostrar melhorias para o desenvolvimento integral (biopsicossocial) deles em seus diversos processos de transformação, autoconhecimento e percepção mais aguçada, entendendo que o Ser é sujeito e agente do meio, sujeito as modificações que fazem parte da vida."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 17 – Ensino e suas interseções"
    "palavra_chave" => "PSICOLOGIA, EDUCAÇÃO, INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA17_ID5123_08092017143012.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:11"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA MARIA DE ARAUJO"
    "autor_nome_curto" => "ANA MARIA"
    "autor_email" => "anamayre21@gmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU DE CAMPINA GRANDE (FMN CG)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 38772
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 1026
    "inscrito_id" => 5123
    "titulo" => "UM RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE AS INTERSEÇÕES ENTRE PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO NO BAIRRO DO MUTIRÃO EM CAMPINA GRANDE"
    "resumo" => "O relato de experiência que aqui se expõe se deu sobre a relação psicologia e educação no bairro do Mutirão de Campina Grande propõe, ao se inserir no movimento social, através da aplicação de atividades psicossociais com crianças e pré-adolescentes no Clube de Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros. Ações educativas se dão na medida em que profissionais ou estudantes do ensino superior podem levar atividades que sejam complementares às da sala de aula. O conjunto de atividades foi realizado no período de abril de 2017 a maio de 2017. Os participantes das intervenções foram crianças, pré-adolescentes e adolescentes, na faixa etária de 08 anos de idade até os 14 anos, do bairro do Mutirão (N= 53) que se reuniam no Clube de Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros com a equipe de estudantes do curso de psicologia da Faculdade Maurício de Nassau (unidade Campina Grande). Os objetivos do trabalho foram: - que os usuários reflitam melhor sobre as diversas condições do seu contexto social; melhorem auto percepção de si mesmo; -estabeleçam boas relações consigo e com os outros pares não somente da escola, mas também do bairro; e desenvolvam um maior senso critico sobre seus comportamentos no meio social. No que diz respeito ao aspecto metodológico, foram realizados inicialmente 4 encontros onde em cada um deles, estavam pré-estabelecidas, 5 dinâmicas de grupo voltadas à consecução dos objetivos supracitados, embora se tenham realizado outras. Afora isto foi realizada a partir do estabelecimento de uma lista de necessidades psicossociais junto aos gestores das famílias dos usuários e dos gestores do Clube de Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros e uma investigação sobre processos históricos e pessoais vivenciados pelas crianças, pré-adolescentes e adolescentes a fim de dar maiores subsídios às intervenções. Por fim, como conclusão pode-se pensar que houve a reavaliação do contexto sociocultural pelos usuários e ressignificação dos processos históricos do Mutirão de Campina Grande. Assim, as intervenções psicossociais contribuíram com a possibilidade de mostrar melhorias para o desenvolvimento integral (biopsicossocial) deles em seus diversos processos de transformação, autoconhecimento e percepção mais aguçada, entendendo que o Ser é sujeito e agente do meio, sujeito as modificações que fazem parte da vida."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 17 – Ensino e suas interseções"
    "palavra_chave" => "PSICOLOGIA, EDUCAÇÃO, INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA17_ID5123_08092017143012.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:11"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA MARIA DE ARAUJO"
    "autor_nome_curto" => "ANA MARIA"
    "autor_email" => "anamayre21@gmail.com"
    "autor_ies" => "FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU DE CAMPINA GRANDE (FMN CG)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

O relato de experiência que aqui se expõe se deu sobre a relação psicologia e educação no bairro do Mutirão de Campina Grande propõe, ao se inserir no movimento social, através da aplicação de atividades psicossociais com crianças e pré-adolescentes no Clube de Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros. Ações educativas se dão na medida em que profissionais ou estudantes do ensino superior podem levar atividades que sejam complementares às da sala de aula. O conjunto de atividades foi realizado no período de abril de 2017 a maio de 2017. Os participantes das intervenções foram crianças, pré-adolescentes e adolescentes, na faixa etária de 08 anos de idade até os 14 anos, do bairro do Mutirão (N= 53) que se reuniam no Clube de Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros com a equipe de estudantes do curso de psicologia da Faculdade Maurício de Nassau (unidade Campina Grande). Os objetivos do trabalho foram: - que os usuários reflitam melhor sobre as diversas condições do seu contexto social; melhorem auto percepção de si mesmo; -estabeleçam boas relações consigo e com os outros pares não somente da escola, mas também do bairro; e desenvolvam um maior senso critico sobre seus comportamentos no meio social. No que diz respeito ao aspecto metodológico, foram realizados inicialmente 4 encontros onde em cada um deles, estavam pré-estabelecidas, 5 dinâmicas de grupo voltadas à consecução dos objetivos supracitados, embora se tenham realizado outras. Afora isto foi realizada a partir do estabelecimento de uma lista de necessidades psicossociais junto aos gestores das famílias dos usuários e dos gestores do Clube de Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros e uma investigação sobre processos históricos e pessoais vivenciados pelas crianças, pré-adolescentes e adolescentes a fim de dar maiores subsídios às intervenções. Por fim, como conclusão pode-se pensar que houve a reavaliação do contexto sociocultural pelos usuários e ressignificação dos processos históricos do Mutirão de Campina Grande. Assim, as intervenções psicossociais contribuíram com a possibilidade de mostrar melhorias para o desenvolvimento integral (biopsicossocial) deles em seus diversos processos de transformação, autoconhecimento e percepção mais aguçada, entendendo que o Ser é sujeito e agente do meio, sujeito as modificações que fazem parte da vida.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.