Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

RECURSOS DIDÁTICOS UTILIZADOS NO PROJETO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS COM ALUNOS SURDOS

Palavra-chaves: BILINGUISMO, SURDEZ, PROFISSIONAIS DO AEE Pôster (PO) GT 10 - Educação Especial Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Pensar em um sistema inclusivo, capaz de promover o desenvolvimento pleno das pessoas com necessidades educativas especiais, é uma realidade presente e não pode mais ser negada no sistema educacional. Nesta perspectiva, o objetivo desse trabalho é analisar a importância dos recursos didáticos para o profissional do atendimento educacional especializado-AEE e como eles auxiliam o trabalho dos professores da sala de aula comum com alunos surdos, além de observar quais são as metodologias mais adequadas para o desenvolvimento do atendimento, segundo as patologias existentes. O AEE, é um serviço ofertado pela educação nacional, com intensão de viabilizar práticas dinâmicas e diferenciadas, e seu atendimento são específicos as pessoas com deficiências, além de esclarecer que seu atendimento não deve ser confundido com um reforço escolar, pois as atividades de acompanhamento educacional é papel da família. Ratifico a importância de um sistema inclusivo educativo. Os dados foram coletados em uma escola de ensino do município de Parnaíba, onde funciona o projeto Atendimento Educacional Especializado- AEE. Nessa instituição foi aplicado um questionário subjetivo para os três profissionais do AEE e quatro professores de ciências de alunos surdos, contendo 4 questões cada. O tipo de pesquisa utilizada foi de cunho exploratória, com abordagem qualitativa. Foi nítido nas respostas de ambos os profissionais, o envolvimento quanto a educação do aluno surdo, na qual cada um desenvolve seu trabalho, mas que eles entre si buscam se auxiliar somente quando há necessidade, isso nos mostra um trabalho individual, sem a cooperação um do outro, prejudicando nesse processo a aprendizagem do aluno. Pois alunos instruídos terão condições de adquirir autonomía diante dos desafios pessoais e sociais, além de eleva-lo a fazer parte integrante de maneira crítica e participativa em todos espaços que se encontrar. Trabalhar uma aula atrativa que corrobore ao desenvolvimento do aluno, o professor necessitará se empenhar em tornar sua prática diferente com estratégias e materiais diversificados dos já existentes em sala de aula, para que possam incluí os alunos com deficiências. O atendimento educacional Especializado incentiva e auxilia os alunos em relação ao conteúdo. Porém através dos resultados obtidos por meio dos questionários, foi possível perceber que nem sempre, as escolas possuem todos os recursos didáticos que se fazem necessários durante o processo de aprendizagem e sua inclusão educacional e social, isso acaba atrapalhando o rendimento dos profissionais e consequentemente dos alunos com surdez. Além disso, foi possível perceber que a ausência de acessibilidade nos espaços internos da escola quanto a recursos pedagógicos e formação continuada dos professores, especificamente de ciências em utilizar materiais visuais, trarão diversas consequências de aprendizagem e diminuirá o índice de desenvolvimento dos alunos, pois não basta somente os profissionais e alunos que estão envolvidos nesse processo quererem, mas também é necessário mais recursos por parte de todos envolvidos neste ambiente.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.