Artigo Anais V FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 178
A CULTURA E A ORALIDADE COMO ESTRATÉGIA DE VALORIZAÇÃO DOS EDUCANDO DA EJA

Palavra-chaves: CULTURA; EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS; ORALIDADE., CULTURA; EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS; ORALIDADE., CULTURA; EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS; ORALIDADE. Comunicação Oral(CO) GT 10 - EXPERIENCIAS DE LEITURAS EM ESPAÇOS ESCOLARES E NÃO ESCOLARES

Resumo

Neste artigo discutiremos sobre a importância da oralidade nas turmas de EJA, observando suas peculiaridades e conceitos, como cultura, cultura popular, cultura de massa, além de contextualizar brevemente a EJA. A partir das leituras de alguns autores, refletimos sobre a importância da oralidade enquanto recurso para a construção de novas estratégias no processo de ensino aprendizagem, sob a perspectiva de inovação no ensino da EJA. Nesse sentido, o caminho metodológico foi desenvolvido mediante pesquisa bibliográfica, visando perceber o quanto se faz necessário buscar alternativas que propiciem a esse público um aprendizado mais dinâmico e significativo. Observamos que a valorização das experiências de vida desses sujeitos pode ser uma forma de dinamizar o ensino, proporcionando uma participação ativa, por parte dos educandos, no seu processo de aquisição e desenvolvimento da leitura e da escrita, reconhecendo e valorizando a existência língua falada e, compreendendo as necessidades existentes para que a aprendizagem aconteça.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.