Artigo Anais V CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

PERSPECTIVA DA ATUAÇÃO MULTIDISCIPLINAR NA REABILITAÇÃO DE PACIENTES IDOSOS COM CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

Palavra-chaves: CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO, EQUIPE MULTIDISCIPLINAR, REABILITAÇÃO, QUALIDADE DE VIDA Tema Livre (TL) AT-05: Fisioterapia Gerontológica
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 34708
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 568
    "inscrito_id" => 826
    "titulo" => "PERSPECTIVA DA ATUAÇÃO MULTIDISCIPLINAR NA REABILITAÇÃO DE PACIENTES IDOSOS COM CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO"
    "resumo" => "Introdução: O câncer de cabeça e pescoço  é a quinta neoplasia mais frequente no mundo, com incidência anual de 780 mil novos casos 1. É uma doença associada ao baixo nível socioeconômico, sendo mais incidente em homens que mulheres, por volta da quinta e sexta década de vida. Estão entre os seus maiores fatores de risco o consumo de tabaco e álcool, sobretudo a má higiene oral. Objetivo: verificar na literatura a atuação multidisciplinar na reabilitação de pacientes idosos com câncer de cabeça e pescoço.  Metodologia: Revisão da literatura realizada por consulta nas bases eletrônicas de dados: PUBMED, MEDLINE, SCIELO, LILACS e PEDro empregando os descritores câncer de cabeça e pescoço, equipe multidisciplinar, reabilitação e qualidade de vida, os artigos foram publicados entre 2010 a 2017. Resultados/Discussão: Foram selecionados 18 artigos científicos. O processo de adoecimento ocasionado pelo câncer de cabeça e pescoço gera repercussões em áreas fundamentais na vida do paciente no que tange às alterações físicas e funcionais, bem como na forma que ele se reconhece e percebe o mundo em sua volta Atualmente, as medidas mais eficazes para melhorar o prognóstico de tumores malignos são prevenção e diagnóstico precoce. A detecção precoce e o tratamento inicial podem levar à resolução bem-sucedida do tumor. Conclusões: A união de profissionais de maneira integrada visará a reabilitação do indivíduo em todos os aspectos de sua vida. Dando suporte para que haja reinserção social e melhora na qualidade de vida."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "AT-05: Fisioterapia Gerontológica"
    "palavra_chave" => "CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO, EQUIPE MULTIDISCIPLINAR, REABILITAÇÃO, QUALIDADE DE VIDA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD2_SA5_ID826_08102017214727.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:35"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOYCEANE ALVES DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "JOYCEANE OLIVEIRA"
    "autor_email" => "joyceane.ao@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS  UNCISAL (UNCISAL)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 34708
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 568
    "inscrito_id" => 826
    "titulo" => "PERSPECTIVA DA ATUAÇÃO MULTIDISCIPLINAR NA REABILITAÇÃO DE PACIENTES IDOSOS COM CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO"
    "resumo" => "Introdução: O câncer de cabeça e pescoço  é a quinta neoplasia mais frequente no mundo, com incidência anual de 780 mil novos casos 1. É uma doença associada ao baixo nível socioeconômico, sendo mais incidente em homens que mulheres, por volta da quinta e sexta década de vida. Estão entre os seus maiores fatores de risco o consumo de tabaco e álcool, sobretudo a má higiene oral. Objetivo: verificar na literatura a atuação multidisciplinar na reabilitação de pacientes idosos com câncer de cabeça e pescoço.  Metodologia: Revisão da literatura realizada por consulta nas bases eletrônicas de dados: PUBMED, MEDLINE, SCIELO, LILACS e PEDro empregando os descritores câncer de cabeça e pescoço, equipe multidisciplinar, reabilitação e qualidade de vida, os artigos foram publicados entre 2010 a 2017. Resultados/Discussão: Foram selecionados 18 artigos científicos. O processo de adoecimento ocasionado pelo câncer de cabeça e pescoço gera repercussões em áreas fundamentais na vida do paciente no que tange às alterações físicas e funcionais, bem como na forma que ele se reconhece e percebe o mundo em sua volta Atualmente, as medidas mais eficazes para melhorar o prognóstico de tumores malignos são prevenção e diagnóstico precoce. A detecção precoce e o tratamento inicial podem levar à resolução bem-sucedida do tumor. Conclusões: A união de profissionais de maneira integrada visará a reabilitação do indivíduo em todos os aspectos de sua vida. Dando suporte para que haja reinserção social e melhora na qualidade de vida."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL)"
    "area_tematica" => "AT-05: Fisioterapia Gerontológica"
    "palavra_chave" => "CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO, EQUIPE MULTIDISCIPLINAR, REABILITAÇÃO, QUALIDADE DE VIDA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD2_SA5_ID826_08102017214727.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:35"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOYCEANE ALVES DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "JOYCEANE OLIVEIRA"
    "autor_email" => "joyceane.ao@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS  UNCISAL (UNCISAL)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Introdução: O câncer de cabeça e pescoço é a quinta neoplasia mais frequente no mundo, com incidência anual de 780 mil novos casos 1. É uma doença associada ao baixo nível socioeconômico, sendo mais incidente em homens que mulheres, por volta da quinta e sexta década de vida. Estão entre os seus maiores fatores de risco o consumo de tabaco e álcool, sobretudo a má higiene oral. Objetivo: verificar na literatura a atuação multidisciplinar na reabilitação de pacientes idosos com câncer de cabeça e pescoço. Metodologia: Revisão da literatura realizada por consulta nas bases eletrônicas de dados: PUBMED, MEDLINE, SCIELO, LILACS e PEDro empregando os descritores câncer de cabeça e pescoço, equipe multidisciplinar, reabilitação e qualidade de vida, os artigos foram publicados entre 2010 a 2017. Resultados/Discussão: Foram selecionados 18 artigos científicos. O processo de adoecimento ocasionado pelo câncer de cabeça e pescoço gera repercussões em áreas fundamentais na vida do paciente no que tange às alterações físicas e funcionais, bem como na forma que ele se reconhece e percebe o mundo em sua volta Atualmente, as medidas mais eficazes para melhorar o prognóstico de tumores malignos são prevenção e diagnóstico precoce. A detecção precoce e o tratamento inicial podem levar à resolução bem-sucedida do tumor. Conclusões: A união de profissionais de maneira integrada visará a reabilitação do indivíduo em todos os aspectos de sua vida. Dando suporte para que haja reinserção social e melhora na qualidade de vida.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.