Artigo Anais V CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

COMPARAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS PARTICIPANTES E NÃO PARTICIPANTES DE INTERVENÇÕES MULTIDIMENSIONAIS NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA.

Palavra-chaves: QUALIDADE DE VIDA, ENVELHECIMENTO, IDOSO COM DEFICIÊNCIA FUNCIONAL Pôster (PO) AT-08: Envelhecimento Ativo e Bem sucedido
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 34255
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 1243
    "inscrito_id" => 2905
    "titulo" => "COMPARAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS PARTICIPANTES E NÃO PARTICIPANTES DE INTERVENÇÕES MULTIDIMENSIONAIS NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA."
    "resumo" => "Sabendo-se que a capacidade funcional e o avançar da idade são inversamente proporcionais, quanto maior a idade, menor a funcionalidade, torna-se evidente a importância de estudos que visem manter ou melhorar esse aspecto, visto que o objetivo dos idosos é envelhecer de forma ativa, apresentando o máximo de independência possível. Objetivo: comparar a funcionalidade de idosos participantes de intervenções multidimensionais com os não participantes. Metodologia: estudo comparativo, transversal, de abordagem quantitativa, composto de 118 idosos, todos cadastrados na Estratégia Saúde da família (ESF) dos municípios de Natal e Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brasil, sendo 60 participantes das intervenções e 58 não participantes, realizado entre dezembro de 2016 e fevereiro de 2017. Resultados: Evidenciou-se uma maior dependência por parte dos idosos não participantes das intervenções, principalmente quando diz respeito a execução das Atividades Instrumentais de Vida Diária, pois essas são atividades sempre mais complexas e requerem maior esforço para serem executadas, diferente das Atividades Básicas de Vida Diária que facilmente podem ser realizadas e demoram mais a serem esquecidas pelos idosos. Conclusões: Constatou-se que a maioria dos idosos eram independentes para Atividades Básicas de Vida Diária, porém para as Atividades Instrumentais de Vida Diária esse número diminuiu e mais idosos apresentaram algum tipo de dependência, tendo o grupo de não participantes de intervenção maior número de dependentes."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-08: Envelhecimento Ativo e Bem sucedido"
    "palavra_chave" => "QUALIDADE DE VIDA, ENVELHECIMENTO, IDOSO COM DEFICIÊNCIA FUNCIONAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD4_SA8_ID2905_23102017235935.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELIONARA ALINE FERNANDES MOREIRA"
    "autor_nome_curto" => "ELIONARA ALINE"
    "autor_email" => "elionaraline@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE (UFRN)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 34255
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 1243
    "inscrito_id" => 2905
    "titulo" => "COMPARAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS PARTICIPANTES E NÃO PARTICIPANTES DE INTERVENÇÕES MULTIDIMENSIONAIS NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA."
    "resumo" => "Sabendo-se que a capacidade funcional e o avançar da idade são inversamente proporcionais, quanto maior a idade, menor a funcionalidade, torna-se evidente a importância de estudos que visem manter ou melhorar esse aspecto, visto que o objetivo dos idosos é envelhecer de forma ativa, apresentando o máximo de independência possível. Objetivo: comparar a funcionalidade de idosos participantes de intervenções multidimensionais com os não participantes. Metodologia: estudo comparativo, transversal, de abordagem quantitativa, composto de 118 idosos, todos cadastrados na Estratégia Saúde da família (ESF) dos municípios de Natal e Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brasil, sendo 60 participantes das intervenções e 58 não participantes, realizado entre dezembro de 2016 e fevereiro de 2017. Resultados: Evidenciou-se uma maior dependência por parte dos idosos não participantes das intervenções, principalmente quando diz respeito a execução das Atividades Instrumentais de Vida Diária, pois essas são atividades sempre mais complexas e requerem maior esforço para serem executadas, diferente das Atividades Básicas de Vida Diária que facilmente podem ser realizadas e demoram mais a serem esquecidas pelos idosos. Conclusões: Constatou-se que a maioria dos idosos eram independentes para Atividades Básicas de Vida Diária, porém para as Atividades Instrumentais de Vida Diária esse número diminuiu e mais idosos apresentaram algum tipo de dependência, tendo o grupo de não participantes de intervenção maior número de dependentes."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-08: Envelhecimento Ativo e Bem sucedido"
    "palavra_chave" => "QUALIDADE DE VIDA, ENVELHECIMENTO, IDOSO COM DEFICIÊNCIA FUNCIONAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD4_SA8_ID2905_23102017235935.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:33"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELIONARA ALINE FERNANDES MOREIRA"
    "autor_nome_curto" => "ELIONARA ALINE"
    "autor_email" => "elionaraline@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE (UFRN)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

Sabendo-se que a capacidade funcional e o avançar da idade são inversamente proporcionais, quanto maior a idade, menor a funcionalidade, torna-se evidente a importância de estudos que visem manter ou melhorar esse aspecto, visto que o objetivo dos idosos é envelhecer de forma ativa, apresentando o máximo de independência possível. Objetivo: comparar a funcionalidade de idosos participantes de intervenções multidimensionais com os não participantes. Metodologia: estudo comparativo, transversal, de abordagem quantitativa, composto de 118 idosos, todos cadastrados na Estratégia Saúde da família (ESF) dos municípios de Natal e Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brasil, sendo 60 participantes das intervenções e 58 não participantes, realizado entre dezembro de 2016 e fevereiro de 2017. Resultados: Evidenciou-se uma maior dependência por parte dos idosos não participantes das intervenções, principalmente quando diz respeito a execução das Atividades Instrumentais de Vida Diária, pois essas são atividades sempre mais complexas e requerem maior esforço para serem executadas, diferente das Atividades Básicas de Vida Diária que facilmente podem ser realizadas e demoram mais a serem esquecidas pelos idosos. Conclusões: Constatou-se que a maioria dos idosos eram independentes para Atividades Básicas de Vida Diária, porém para as Atividades Instrumentais de Vida Diária esse número diminuiu e mais idosos apresentaram algum tipo de dependência, tendo o grupo de não participantes de intervenção maior número de dependentes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.