Artigo Anais III CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

ACIDENTE BOTRÓPICO FATAL EM IDOSO ATENDIDO PELO CENTRO DE INFORMAÇÃO E ASSISTÊNCIA TOXICOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE (CEATOX-CG): UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavra-chaves: ACIDENTE BOTRÓPICO, IDOSO, ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL HEMORRÁGICO Relato de Experiência(RE) Atenção integral à saúde: promoção, prevenção, tratamento e reabilitação do idoso
"2013-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 2948
    "edicao_id" => 10
    "trabalho_id" => 484
    "inscrito_id" => 891
    "titulo" => "ACIDENTE BOTRÓPICO FATAL EM IDOSO ATENDIDO PELO CENTRO DE INFORMAÇÃO E ASSISTÊNCIA TOXICOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE (CEATOX-CG): UM RELATO DE EXPERIÊNCIA"
    "resumo" => "Paciente A.L.F., do gênero masculino, 67 anos de idade, deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luís Gonzaga Fernandes, situado na cidade de Campina Grande-PB, proveniente de Barra de Santana no mesmo estado, vítima de acidente botrópico. Apresentando episódios de vômitos, dispnéia, hipertensão, P.A. = 200 x120 mmHg, mal estar, cefaléia, dor no local da picada (dedo da mão) com edema (4+/ 4+) e equimose local. Foi avaliado pelo médico e pela equipe do Ceatox-CG, sendo medicado de acordo com o protocolo para acidentes botrópicos graves: 15 ampolas SABC (em razão do SAB está em falta na farmácia), 500 ml SF 0,9%, e pré-medicação a base de hidrocortisona e prometazina. Pelo quadro de hipertensão arterial e mal estar, foi prescrito captopril e ondansetrona. Foram solicitados e realizados os exames laboratoriais: hemograma, uréia, creatinina, TC, TS, TGO, TGP.\tO paciente foi transferido para uma unidade de terapia intensiva intermediária, onde foi monitorizado, sob oxigenoterapia. No final da tarde do mesmo dia, o paciente evoluiu para um acidente vascular cerebral hemorrágico (AVCH), sendo transferido para UTI. Após avaliação neurológica, foi recomendada uma intervenção cirúrgica, a qual foi realizada para correção do hematoma parenquimatoso e hidrocefalia causada pelo AVCH. Foi instalada no paciente uma derivação ventricular externa (DVE - sistema fechado de drenagem usado em procedimento neurocirúrgico), mas o quadro não foi revertido, levando o paciente ao óbito.\tO maior agravante foi o fato do paciente já ser hipertenso, fator de risco já comprovado na origem do acidente vascular cerebral, associado ao tempo decorrido da picada e início da soroterapia, que foi de aproximadamente 6 horas após o acidente. A hipertensão foi um fator determinante no AVCH, sendo a incoagulabilidade sanguínea causada pelo veneno botrópico o intensificador da manifestação hemorrágica não controlada, ocasionando a morte do paciente.Nessa perspectiva, em 2010, o Sistema Nacional de Informações Toxicológicas (Sinitox) notificou 283 acidentes ocasionados por serpentes em maiores de 60 anos. Considerando que o processo de envelhecimento - marcado por alterações fisiológicas básicas, tais como modificação da composição corporal e redução das funções renal e hepática – é fator de risco para complicações nesses eventos, verificar casos isolados pode auxiliar no combate de novos casos e propor ações que minimizem tais riscos."
    "modalidade" => "Relato de Experiência(RE)"
    "area_tematica" => "Atenção integral à saúde: promoção, prevenção, tratamento e reabilitação do idoso"
    "palavra_chave" => "ACIDENTE BOTRÓPICO, IDOSO, ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL HEMORRÁGICO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Comunicacao_oral_idinscrito_891_c18009df62527c4f704c83917f336366.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:49"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:02"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARCIA SANTOS SILVA"
    "autor_nome_curto" => "MARCIA SANTOS SILVA"
    "autor_email" => "marcia-marcyt@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais III CIEH"
    "edicao_evento" => "III Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e22597c9e_16022020214525.png"
    "edicao_capa" => "5f182b75a1cfe_22072020090509.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 2948
    "edicao_id" => 10
    "trabalho_id" => 484
    "inscrito_id" => 891
    "titulo" => "ACIDENTE BOTRÓPICO FATAL EM IDOSO ATENDIDO PELO CENTRO DE INFORMAÇÃO E ASSISTÊNCIA TOXICOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE (CEATOX-CG): UM RELATO DE EXPERIÊNCIA"
    "resumo" => "Paciente A.L.F., do gênero masculino, 67 anos de idade, deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luís Gonzaga Fernandes, situado na cidade de Campina Grande-PB, proveniente de Barra de Santana no mesmo estado, vítima de acidente botrópico. Apresentando episódios de vômitos, dispnéia, hipertensão, P.A. = 200 x120 mmHg, mal estar, cefaléia, dor no local da picada (dedo da mão) com edema (4+/ 4+) e equimose local. Foi avaliado pelo médico e pela equipe do Ceatox-CG, sendo medicado de acordo com o protocolo para acidentes botrópicos graves: 15 ampolas SABC (em razão do SAB está em falta na farmácia), 500 ml SF 0,9%, e pré-medicação a base de hidrocortisona e prometazina. Pelo quadro de hipertensão arterial e mal estar, foi prescrito captopril e ondansetrona. Foram solicitados e realizados os exames laboratoriais: hemograma, uréia, creatinina, TC, TS, TGO, TGP.\tO paciente foi transferido para uma unidade de terapia intensiva intermediária, onde foi monitorizado, sob oxigenoterapia. No final da tarde do mesmo dia, o paciente evoluiu para um acidente vascular cerebral hemorrágico (AVCH), sendo transferido para UTI. Após avaliação neurológica, foi recomendada uma intervenção cirúrgica, a qual foi realizada para correção do hematoma parenquimatoso e hidrocefalia causada pelo AVCH. Foi instalada no paciente uma derivação ventricular externa (DVE - sistema fechado de drenagem usado em procedimento neurocirúrgico), mas o quadro não foi revertido, levando o paciente ao óbito.\tO maior agravante foi o fato do paciente já ser hipertenso, fator de risco já comprovado na origem do acidente vascular cerebral, associado ao tempo decorrido da picada e início da soroterapia, que foi de aproximadamente 6 horas após o acidente. A hipertensão foi um fator determinante no AVCH, sendo a incoagulabilidade sanguínea causada pelo veneno botrópico o intensificador da manifestação hemorrágica não controlada, ocasionando a morte do paciente.Nessa perspectiva, em 2010, o Sistema Nacional de Informações Toxicológicas (Sinitox) notificou 283 acidentes ocasionados por serpentes em maiores de 60 anos. Considerando que o processo de envelhecimento - marcado por alterações fisiológicas básicas, tais como modificação da composição corporal e redução das funções renal e hepática – é fator de risco para complicações nesses eventos, verificar casos isolados pode auxiliar no combate de novos casos e propor ações que minimizem tais riscos."
    "modalidade" => "Relato de Experiência(RE)"
    "area_tematica" => "Atenção integral à saúde: promoção, prevenção, tratamento e reabilitação do idoso"
    "palavra_chave" => "ACIDENTE BOTRÓPICO, IDOSO, ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL HEMORRÁGICO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Comunicacao_oral_idinscrito_891_c18009df62527c4f704c83917f336366.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:49"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:02"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARCIA SANTOS SILVA"
    "autor_nome_curto" => "MARCIA SANTOS SILVA"
    "autor_email" => "marcia-marcyt@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais III CIEH"
    "edicao_evento" => "III Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e22597c9e_16022020214525.png"
    "edicao_capa" => "5f182b75a1cfe_22072020090509.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2013

Resumo

Paciente A.L.F., do gênero masculino, 67 anos de idade, deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luís Gonzaga Fernandes, situado na cidade de Campina Grande-PB, proveniente de Barra de Santana no mesmo estado, vítima de acidente botrópico. Apresentando episódios de vômitos, dispnéia, hipertensão, P.A. = 200 x120 mmHg, mal estar, cefaléia, dor no local da picada (dedo da mão) com edema (4+/ 4+) e equimose local. Foi avaliado pelo médico e pela equipe do Ceatox-CG, sendo medicado de acordo com o protocolo para acidentes botrópicos graves: 15 ampolas SABC (em razão do SAB está em falta na farmácia), 500 ml SF 0,9%, e pré-medicação a base de hidrocortisona e prometazina. Pelo quadro de hipertensão arterial e mal estar, foi prescrito captopril e ondansetrona. Foram solicitados e realizados os exames laboratoriais: hemograma, uréia, creatinina, TC, TS, TGO, TGP. O paciente foi transferido para uma unidade de terapia intensiva intermediária, onde foi monitorizado, sob oxigenoterapia. No final da tarde do mesmo dia, o paciente evoluiu para um acidente vascular cerebral hemorrágico (AVCH), sendo transferido para UTI. Após avaliação neurológica, foi recomendada uma intervenção cirúrgica, a qual foi realizada para correção do hematoma parenquimatoso e hidrocefalia causada pelo AVCH. Foi instalada no paciente uma derivação ventricular externa (DVE - sistema fechado de drenagem usado em procedimento neurocirúrgico), mas o quadro não foi revertido, levando o paciente ao óbito. O maior agravante foi o fato do paciente já ser hipertenso, fator de risco já comprovado na origem do acidente vascular cerebral, associado ao tempo decorrido da picada e início da soroterapia, que foi de aproximadamente 6 horas após o acidente. A hipertensão foi um fator determinante no AVCH, sendo a incoagulabilidade sanguínea causada pelo veneno botrópico o intensificador da manifestação hemorrágica não controlada, ocasionando a morte do paciente.Nessa perspectiva, em 2010, o Sistema Nacional de Informações Toxicológicas (Sinitox) notificou 283 acidentes ocasionados por serpentes em maiores de 60 anos. Considerando que o processo de envelhecimento - marcado por alterações fisiológicas básicas, tais como modificação da composição corporal e redução das funções renal e hepática – é fator de risco para complicações nesses eventos, verificar casos isolados pode auxiliar no combate de novos casos e propor ações que minimizem tais riscos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.