Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 245
PARA ALÉM DOS LIMITES DA SALA DE AULA: NOVAS PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA ATRAVÉS DO USO DO WHATSAPP NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA

Palavra-chaves: ENSINO-APRENDIZAGEM DE LE, GÊNEROS DIGITAIS, WHATSAPP, LÍNGUA INGLESA Comunicação Oral (CO) GT10-HIPERTEXTO E MULTIMODALIDADE: NOVAS PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

Com o avanço das novas tecnologias da informação e comunicação (TICs) e seu impacto no modo como interagimos, verificamos a emergência de novos gêneros textuais, resultantes de novas demandas comunicativas que o universo digital tem criado (MARCUSCHI, 2004), potencializadas pelos multimodos de produção de sentido articulados no ciberespaço (LEVY, 1999). Neste contexto, em que tempo e espaço são ressignificados, assim como as concepções de produção e expressão oral e escrita, cuja natureza é cada vez mais fluida e multisemiótica, o processo de ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras passa a compreender a sala de aula para além de seus limites físicos. Os limites físicos da sala passam a ser ampliados pelas multi possibilidades do contexto em que vivemos, na busca por integrar as novas demandas e práticas de letramento do mundo atual, digital, multimodal e globalizado (VAN LEEUWEN, 2011), fundamentais ao processo de comunicação. Desse modo, partindo da experiência de duas professoras quanto à utilização de tecnologias móveis, aqui, em específico, do aplicativo WhatsApp, em salas de aula de Língua Inglesa do curso de Letras/Inglês da UFPB, o presente trabalho tem como objetivo refletir sobre as potencialidades de uma das atividades propostas - My Room Project - integrando a sala de aula presencial e o espaço virtual. Para tanto, é importante considerar estudos que abordam o ensino de LE a partir de uma perspectiva híbrida - blended learning (WHITTAKER E TOMLINSON, 2011), bem como sobre o impacto das TICs e das tecnologias móveis no ensino-aprendizagem de LE (ALMARWANI, 2011; TALEB, SOHRABI, 2012; LAURICELLA, KAY, 2013; PILAR, JORGE, CRISTINA, 2013; HUANG, YANG, CHIANG, SU, 2016). A partir da análise da atividade selecionada, buscaremos verificar como a leitura e troca de textos, aqui, não só verbais e escritos, mas tomando como base uma perspectiva multimodal, foi possível promover novas oportunidades para que os alunos experienciem, de forma autêntica e crítica, a língua estrangeira, proporcionando, portanto, um ensino-aprendizagem significativo. Ademais, refletiremos sobre os desafios colocados pelo atual contexto de ensino-aprendizagem de línguas ao professor(a) de Língua Estrangeira (LE) que demandam uma reflexão, (re)construção e (res)significação constante de sua prática. Consideramos que o uso do WhatsApp para realização de atividades como a analisada neste trabalho, na medida em que propicia a criação de uma comunidade de aprendizagem que não se restringe à sala de aula física, também possibilita aos alunos novas práticas de leitura e escrita, bem como desenvolvimento de suas competências linguística e intercultural.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.