Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 202
HEMODIÁLISE: FATORES QUE INFLUENCIAM A ADESÃO DE IDOSOS

Palavra-chaves: IDOSO, DOENÇA RENAL CRÔNICA, DIÁLISE RENAL, ENFERMAGEM Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT-3: ENFERMAGEM E A SAÚDE DA PESSOA IDOSA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

Introdução: O envelhecimento populacional e as doenças crônicas não transmissíveis afetam milhares de pessoas com índices elevados de incidência em todo o mundo. Dentre as quais, destaca-se a Doença Renal Crônica (DRC), por sua elevada prevalência entre idosos. Objetivo: identificar entre idosos tratados com hemodiálise que fatores influenciam a adesão ao tratamento. Metodologia: pesquisa descritiva com abordagem quantitativa, com 81 idosos em hemodiálise em duas clínicas no Nordeste do Brasil. Os dados foram coletados de janeiro a março de 2014, por meio de um instrumento que contemplava aspectos sociodemográficos, clínicos e comportamentais. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva. Resultados: a maior parte dos idosos era do sexo feminino (50,6%), média de idade de 70,2 anos (± 7,4), compreendidos no intervalo de dois a três anos em hemodiálise (51,9%). O ganho de peso interdialítico variou de 1 a 6 quilos, e a maioria dos pesquisados (86,4) foi assíduo às sessões de hemodiálise nos últimos seis meses. Em relação aos aspectos que influenciam negativamente a adesão ao tratamento hemodialítico 34,5% referiu ser a dificuldade para viajar, seguido de 32,0% que afirmou ser a dor das punções e hematomas no membro da fístula arteriovenosa. Conclusão: a identificação de fatores que influenciam a adesão de idosos ao tratamento hemodialítico, devem subsidiar o desenvolvimento de ações educativas de enfermagem junto aos idosos e seus familiares, pois, a adesão ao tratamento hemodialítico é um importante indicador de qualidade assistencial.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.