Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

A POLÍTICA DE ATENÇÃO À SAÚDE DO IDOSO EM MOSSORÓ-RN: LIMITES E POSSIBILIDADES

Palavra-chaves: IDOSO, ATENÇÃO, SAÚDE, POLÍTICA Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT-9: POLÍTICAS PÚBLICAS E DIREITO DA PESSOA IDOSA
"2016-11-22 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 24293
    "edicao_id" => 51
    "trabalho_id" => 355
    "inscrito_id" => 1819
    "titulo" => "A POLÍTICA DE ATENÇÃO À SAÚDE DO IDOSO EM MOSSORÓ-RN: LIMITES E POSSIBILIDADES"
    "resumo" => "Este artigo, que tem como título “A Política de Atenção à Saúde do Idoso no município de Mossoró-RN: limites e possibilidades”, se propõe a identificar os limites e as possibilidades na efetivação da referida política, buscando compreender a sua aplicabilidade sob a análise do serviço social e da população idosa usuária dos serviços, como parte fundamental na efetivação das ações de saúde básica. O interesse pela temática foi despertado na experiência vivenciada durante o estágio supervisionado, este realizado num hospital de urgência e emergência, uma instituição de média complexidade e que também dispõe de alguns serviços da alta complexidade. No estágio supervisionado observou-se uma grande procura de atendimento, por parte dos idosos, em sua maioria acometidos de doenças clínicas que possivelmente seriam prevenidas na atenção básica, despertando assim a necessidade de um olhar voltado para a implementação dos serviços de baixa complexidade, com foco na assistência à pessoa idosa. Nesse contexto, a pesquisa teve como fundamentação teórica autores, leis e portarias que defendem a importância da temática, bem como a própria Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa - PNSPI, contando ainda com a realização de pesquisa de campo, direcionada a idosos assistidos pelas Unidades Básicas de Saúde – UBS‟s dos bairros Abolição IV, Belo Horizonte, Dom Jaime e Santo Antônio, localizados nas regiões Norte, Sul, Leste e Oeste no município de Mossoró- RN. As entrevistas foram realizadas através de encontros nos equipamentos sociais como também em suas residências. Para identificar a percepção das profissionais do serviço social das UBS‟s citadas, foi aplicado um questionário com questões que abordam a realidade do assistente social nas unidades frente à implementação da PNSPI, e como resultado, foi identificado que a implementação da referida política é vista de forma positiva por grande parte dos idosos entrevistados, porém faz-se uma observância quanto aos serviços não atender as demandas, fazendo com o que o usuário seja inserido em longas filas de espera. O serviço social aponta como limites especialmente a precariedade dos recursos físicos e da capacitação profissional, e como possibilidade a ampliação das redes de serviços como forma de diminuir as filas de espera, melhoria na estrutura e recursos com foco na oferta de transportes para a realização de visitas domiciliares."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "AT-9: POLÍTICAS PÚBLICAS E DIREITO DA PESSOA IDOSA"
    "palavra_chave" => "IDOSO, ATENÇÃO, SAÚDE, POLÍTICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV054_MD2_SA10_ID1819_09102016200322.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:10"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:04:55"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARCIA CELIANY RODRIGUES MEDEIROS"
    "autor_nome_curto" => "MARCIA MEDEIROS"
    "autor_email" => "marciapeixotodemedeiros@h"
    "autor_ies" => "INSTITUTO DE FORMAÇÃO SUPERIOR DO CEARÀ - IFESC"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais I CNEH"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2016"
    "edicao_logo" => "5e49f6afa2a77_16022020231303.png"
    "edicao_capa" => "5f183e7033782_22072020102608.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-11-22 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 24293
    "edicao_id" => 51
    "trabalho_id" => 355
    "inscrito_id" => 1819
    "titulo" => "A POLÍTICA DE ATENÇÃO À SAÚDE DO IDOSO EM MOSSORÓ-RN: LIMITES E POSSIBILIDADES"
    "resumo" => "Este artigo, que tem como título “A Política de Atenção à Saúde do Idoso no município de Mossoró-RN: limites e possibilidades”, se propõe a identificar os limites e as possibilidades na efetivação da referida política, buscando compreender a sua aplicabilidade sob a análise do serviço social e da população idosa usuária dos serviços, como parte fundamental na efetivação das ações de saúde básica. O interesse pela temática foi despertado na experiência vivenciada durante o estágio supervisionado, este realizado num hospital de urgência e emergência, uma instituição de média complexidade e que também dispõe de alguns serviços da alta complexidade. No estágio supervisionado observou-se uma grande procura de atendimento, por parte dos idosos, em sua maioria acometidos de doenças clínicas que possivelmente seriam prevenidas na atenção básica, despertando assim a necessidade de um olhar voltado para a implementação dos serviços de baixa complexidade, com foco na assistência à pessoa idosa. Nesse contexto, a pesquisa teve como fundamentação teórica autores, leis e portarias que defendem a importância da temática, bem como a própria Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa - PNSPI, contando ainda com a realização de pesquisa de campo, direcionada a idosos assistidos pelas Unidades Básicas de Saúde – UBS‟s dos bairros Abolição IV, Belo Horizonte, Dom Jaime e Santo Antônio, localizados nas regiões Norte, Sul, Leste e Oeste no município de Mossoró- RN. As entrevistas foram realizadas através de encontros nos equipamentos sociais como também em suas residências. Para identificar a percepção das profissionais do serviço social das UBS‟s citadas, foi aplicado um questionário com questões que abordam a realidade do assistente social nas unidades frente à implementação da PNSPI, e como resultado, foi identificado que a implementação da referida política é vista de forma positiva por grande parte dos idosos entrevistados, porém faz-se uma observância quanto aos serviços não atender as demandas, fazendo com o que o usuário seja inserido em longas filas de espera. O serviço social aponta como limites especialmente a precariedade dos recursos físicos e da capacitação profissional, e como possibilidade a ampliação das redes de serviços como forma de diminuir as filas de espera, melhoria na estrutura e recursos com foco na oferta de transportes para a realização de visitas domiciliares."
    "modalidade" => "Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "AT-9: POLÍTICAS PÚBLICAS E DIREITO DA PESSOA IDOSA"
    "palavra_chave" => "IDOSO, ATENÇÃO, SAÚDE, POLÍTICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV054_MD2_SA10_ID1819_09102016200322.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:10"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:04:55"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARCIA CELIANY RODRIGUES MEDEIROS"
    "autor_nome_curto" => "MARCIA MEDEIROS"
    "autor_email" => "marciapeixotodemedeiros@h"
    "autor_ies" => "INSTITUTO DE FORMAÇÃO SUPERIOR DO CEARÀ - IFESC"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-cneh"
    "edicao_nome" => "Anais I CNEH"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/cneh/2016"
    "edicao_logo" => "5e49f6afa2a77_16022020231303.png"
    "edicao_capa" => "5f183e7033782_22072020102608.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-11-22 23:00:00"
    "publicacao_id" => 34
    "publicacao_nome" => "Anais CNEH"
    "publicacao_codigo" => "2526-1908"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 22 de novembro de 2016

Resumo

Este artigo, que tem como título “A Política de Atenção à Saúde do Idoso no município de Mossoró-RN: limites e possibilidades”, se propõe a identificar os limites e as possibilidades na efetivação da referida política, buscando compreender a sua aplicabilidade sob a análise do serviço social e da população idosa usuária dos serviços, como parte fundamental na efetivação das ações de saúde básica. O interesse pela temática foi despertado na experiência vivenciada durante o estágio supervisionado, este realizado num hospital de urgência e emergência, uma instituição de média complexidade e que também dispõe de alguns serviços da alta complexidade. No estágio supervisionado observou-se uma grande procura de atendimento, por parte dos idosos, em sua maioria acometidos de doenças clínicas que possivelmente seriam prevenidas na atenção básica, despertando assim a necessidade de um olhar voltado para a implementação dos serviços de baixa complexidade, com foco na assistência à pessoa idosa. Nesse contexto, a pesquisa teve como fundamentação teórica autores, leis e portarias que defendem a importância da temática, bem como a própria Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa - PNSPI, contando ainda com a realização de pesquisa de campo, direcionada a idosos assistidos pelas Unidades Básicas de Saúde – UBS‟s dos bairros Abolição IV, Belo Horizonte, Dom Jaime e Santo Antônio, localizados nas regiões Norte, Sul, Leste e Oeste no município de Mossoró- RN. As entrevistas foram realizadas através de encontros nos equipamentos sociais como também em suas residências. Para identificar a percepção das profissionais do serviço social das UBS‟s citadas, foi aplicado um questionário com questões que abordam a realidade do assistente social nas unidades frente à implementação da PNSPI, e como resultado, foi identificado que a implementação da referida política é vista de forma positiva por grande parte dos idosos entrevistados, porém faz-se uma observância quanto aos serviços não atender as demandas, fazendo com o que o usuário seja inserido em longas filas de espera. O serviço social aponta como limites especialmente a precariedade dos recursos físicos e da capacitação profissional, e como possibilidade a ampliação das redes de serviços como forma de diminuir as filas de espera, melhoria na estrutura e recursos com foco na oferta de transportes para a realização de visitas domiciliares.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.