Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ESTUDO DE ESTRESSE SOB CONDIÇÕES DE OXIDAÇÃO DO ANTI-HIPERTENSIVO CAPTOPRIL

Palavra-chaves: ESTABILIDADE, DEGRADAÇÃO FORÇADA, CAPTOPRIL Pôster (PO) AT-03: FARMÁCIA Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

A hipertensão arterial é uma doença que acomete um número significativo de pessoas em todo o mundo, sendo a enfermidade mais frequente das doenças cardiovasculares, considerado um grave problema de saúde pública no Brasil. O captopril é um fármaco inibidor da enzima conversora da angiotensina (IECA) usado para o tratamento da hipertensão arterial. Com o surgimento dos medicamentos similares e genéricos no mercado, levantou-se o questionamento se esses teriam a mesma qualidade, apresentando os resultados equivalentes aos medicamentos de referência. Para verificar a qualidade de produtos medicamentosos, e com a finalidade de garantir a integridade destes, são preconizados estudos de estabilidade. Portanto, esse trabalho tem por objetivo realizar um estudo comparativo do perfil do Rf (Fator de retenção), por cromatografia em camada delgada (CCD), entre comprimidos de medicamentos genérico e similar do captopril antes e após serem submetidos a condições oxidativa para estudo de degradação forçada. Para realização do estudo de degradação forçada sob condições de oxidação, utilizou-se uma solução de peróxido de hidrogênio a 3% a temperatura ambiente e a 60ºC por 24 horas. Através dos dados obtidos, foi possível observar que a solução da amostra de captopril apresentou degradação em condições oxidativa. Logo, a CCD mostrou ser um método adequado para determinação do perfil de degradação do captopril, sendo um método símples, rápido e de baixo custo, podendo ser aplicado para análise qualitativa de captopril forma farmacêutica de comprimido em ensaios de rotina do Controle de Qualidade deste fármaco para garantir a segurança e eficácia do fármaco.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.