Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ERVA CIDREIRA COMO TERAPIA INTEGRATIVA E COMPLEMENTAR PARA IDOSOS PORTADORES DE CÂNCER ATENDIDOS EM HOSPITAL DE REFERÊNCIA

Palavra-chaves: ERVA CIDREIRA, IDOSO, CÂNCER Comunicação Oral (CO) AT-07: SAÚDE COLETIVA
"2016-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 19149
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 17
    "inscrito_id" => 354
    "titulo" => "ERVA CIDREIRA COMO TERAPIA INTEGRATIVA E COMPLEMENTAR PARA IDOSOS PORTADORES DE CÂNCER ATENDIDOS EM HOSPITAL DE REFERÊNCIA"
    "resumo" => "Atualmente, um grande número de pessoas portadoras de câncer recorre a diversas possibilidades para tentar buscar a cura, considerando assim a possibilidade de uso de terapias integrativas e complementares como alternativa ao tratamento convencional. O estudo realizado é um recorte de pesquisa sobre o uso de plantas medicinais por pacientes com câncer atendidos na Fundação Assistencial da Paraíba – FAP, hospital de referência em Campina Grande-PB. Teve como objetivo conhecer a prevalência do uso da erva-cidreira (Melissa officinalis) por pacientes idosos portadores de câncer, como terapia integrativa e complementar, o que pode trazer estudos mais focados sobre a comprovação da eficácia de tal planta que facilitem o tratamento para os mais variados tipos de câncer. A metodologia utilizada foi a de um estudo transversal, descritivo de abordagem quantitativa, delineando o cenário geral baseado nas respostas colhidas a partir da aplicação de um formulário, tendo como amostra 21 idosos entre 58 e 87 anos. A utilização de plantas medicinais, particularmente a Melissa officinalis, representa um saber comum às práticas da população, podendo-se observar um maior uso com o aumento da faixa etária, passado através de gerações, as quais a indicação de uso mais prevalente entre os entrevistados são por meio dos parentes. Grande parcela dos idosos entrevistados acreditam no poder que as plantas medicinais tem para benefício da saúde, mesmo relatando a falta de conhecimento, visto que não há orientação ou prescrições dos profissionais da saúde."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-07: SAÚDE COLETIVA"
    "palavra_chave" => "ERVA CIDREIRA, IDOSO, CÂNCER"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA7_ID354_05042016174441.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:05"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "KARYANNA ALVES DE ALENCAR ROCHA"
    "autor_nome_curto" => "KARYANNA"
    "autor_email" => "kary.aar@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 19149
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 17
    "inscrito_id" => 354
    "titulo" => "ERVA CIDREIRA COMO TERAPIA INTEGRATIVA E COMPLEMENTAR PARA IDOSOS PORTADORES DE CÂNCER ATENDIDOS EM HOSPITAL DE REFERÊNCIA"
    "resumo" => "Atualmente, um grande número de pessoas portadoras de câncer recorre a diversas possibilidades para tentar buscar a cura, considerando assim a possibilidade de uso de terapias integrativas e complementares como alternativa ao tratamento convencional. O estudo realizado é um recorte de pesquisa sobre o uso de plantas medicinais por pacientes com câncer atendidos na Fundação Assistencial da Paraíba – FAP, hospital de referência em Campina Grande-PB. Teve como objetivo conhecer a prevalência do uso da erva-cidreira (Melissa officinalis) por pacientes idosos portadores de câncer, como terapia integrativa e complementar, o que pode trazer estudos mais focados sobre a comprovação da eficácia de tal planta que facilitem o tratamento para os mais variados tipos de câncer. A metodologia utilizada foi a de um estudo transversal, descritivo de abordagem quantitativa, delineando o cenário geral baseado nas respostas colhidas a partir da aplicação de um formulário, tendo como amostra 21 idosos entre 58 e 87 anos. A utilização de plantas medicinais, particularmente a Melissa officinalis, representa um saber comum às práticas da população, podendo-se observar um maior uso com o aumento da faixa etária, passado através de gerações, as quais a indicação de uso mais prevalente entre os entrevistados são por meio dos parentes. Grande parcela dos idosos entrevistados acreditam no poder que as plantas medicinais tem para benefício da saúde, mesmo relatando a falta de conhecimento, visto que não há orientação ou prescrições dos profissionais da saúde."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-07: SAÚDE COLETIVA"
    "palavra_chave" => "ERVA CIDREIRA, IDOSO, CÂNCER"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA7_ID354_05042016174441.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:05"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "KARYANNA ALVES DE ALENCAR ROCHA"
    "autor_nome_curto" => "KARYANNA"
    "autor_email" => "kary.aar@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Atualmente, um grande número de pessoas portadoras de câncer recorre a diversas possibilidades para tentar buscar a cura, considerando assim a possibilidade de uso de terapias integrativas e complementares como alternativa ao tratamento convencional. O estudo realizado é um recorte de pesquisa sobre o uso de plantas medicinais por pacientes com câncer atendidos na Fundação Assistencial da Paraíba – FAP, hospital de referência em Campina Grande-PB. Teve como objetivo conhecer a prevalência do uso da erva-cidreira (Melissa officinalis) por pacientes idosos portadores de câncer, como terapia integrativa e complementar, o que pode trazer estudos mais focados sobre a comprovação da eficácia de tal planta que facilitem o tratamento para os mais variados tipos de câncer. A metodologia utilizada foi a de um estudo transversal, descritivo de abordagem quantitativa, delineando o cenário geral baseado nas respostas colhidas a partir da aplicação de um formulário, tendo como amostra 21 idosos entre 58 e 87 anos. A utilização de plantas medicinais, particularmente a Melissa officinalis, representa um saber comum às práticas da população, podendo-se observar um maior uso com o aumento da faixa etária, passado através de gerações, as quais a indicação de uso mais prevalente entre os entrevistados são por meio dos parentes. Grande parcela dos idosos entrevistados acreditam no poder que as plantas medicinais tem para benefício da saúde, mesmo relatando a falta de conhecimento, visto que não há orientação ou prescrições dos profissionais da saúde.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.