Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

COMPARAÇÃO ENTRE OS NÍVEIS DE ANSIEDADE DE MULHERES COM IMC ACIMA DE 30 KGM² ANTES E APÓS INTERVENÇÕES REALIZADAS PELO NÚCLEO DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA

Palavra-chaves: ANSIEDADE, EDUCAÇÃO, SAÚDE Comunicação Oral (CO) AT-04: ENFERMAGEM
"2016-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 19046
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 537
    "inscrito_id" => 1924
    "titulo" => "COMPARAÇÃO ENTRE OS NÍVEIS DE ANSIEDADE DE MULHERES COM IMC ACIMA DE 30 KGM² ANTES E APÓS INTERVENÇÕES REALIZADAS PELO NÚCLEO DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA"
    "resumo" => "Objetivou-se neste estudo comparar a relação entres os níveis de ansiedade em pacientes com IMC acima de 30kg/m² antes e após a realização de intervenções em grupo de reeducação alimentar, controle de peso e ansiedade. A coleta de dados foi realizada no primeiro e último encontro do grupo, utilizando a Escala de Ansiedade e Depressão para Hospital Geral - HAD, onde foram exploradas apenas as questões relacionadas à ansiedade. O estudo foi realizado com 15 mulheres com índice de massa corporal (IMC) acima de 30kg/m2 e com relato de ansiedade assistidas pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) no município de Santa Luzia- PB. Antes das intervenções a porcentagem de pessoas classificadas como improvável para o nível de ansiedade foi de 20% (n=3), enquanto que o percentual de provável foi de 33,33% (n =5). Após a participação no grupo e a realização das intervenções se houve uma redução expressiva do percentual de pacientes classificadas como provável, passando para 6,67% (n=1), e um aumento para improvável, passando para 46,7%(n=7).  Por meio das intervenções realizadas neste estudo, pôde-se comprovar a importância de praticar intervenções na atenção básica, pois através do compartilhamento de conhecimentos e vivências acerca do tema, proporciona estimulo a mudanças no estilo de vida. Destaca-se ainda a necessidade de criar mais Núcleos de Apoio á Saúde da Família, pois com uma equipe multiprofissional e interdisciplinar é possível elaborar uma logística de trabalho que atenda uma população maior e com qualidade."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-04: ENFERMAGEM"
    "palavra_chave" => "ANSIEDADE, EDUCAÇÃO, SAÚDE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA4_ID1924_27052016205851.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:04"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "GLEICY KARINE NASCIMENTO DE ARAÚJO"
    "autor_nome_curto" => "GLEICY ARAÚJO"
    "autor_email" => "gleicy.kna@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UFPE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 19046
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 537
    "inscrito_id" => 1924
    "titulo" => "COMPARAÇÃO ENTRE OS NÍVEIS DE ANSIEDADE DE MULHERES COM IMC ACIMA DE 30 KGM² ANTES E APÓS INTERVENÇÕES REALIZADAS PELO NÚCLEO DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA"
    "resumo" => "Objetivou-se neste estudo comparar a relação entres os níveis de ansiedade em pacientes com IMC acima de 30kg/m² antes e após a realização de intervenções em grupo de reeducação alimentar, controle de peso e ansiedade. A coleta de dados foi realizada no primeiro e último encontro do grupo, utilizando a Escala de Ansiedade e Depressão para Hospital Geral - HAD, onde foram exploradas apenas as questões relacionadas à ansiedade. O estudo foi realizado com 15 mulheres com índice de massa corporal (IMC) acima de 30kg/m2 e com relato de ansiedade assistidas pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) no município de Santa Luzia- PB. Antes das intervenções a porcentagem de pessoas classificadas como improvável para o nível de ansiedade foi de 20% (n=3), enquanto que o percentual de provável foi de 33,33% (n =5). Após a participação no grupo e a realização das intervenções se houve uma redução expressiva do percentual de pacientes classificadas como provável, passando para 6,67% (n=1), e um aumento para improvável, passando para 46,7%(n=7).  Por meio das intervenções realizadas neste estudo, pôde-se comprovar a importância de praticar intervenções na atenção básica, pois através do compartilhamento de conhecimentos e vivências acerca do tema, proporciona estimulo a mudanças no estilo de vida. Destaca-se ainda a necessidade de criar mais Núcleos de Apoio á Saúde da Família, pois com uma equipe multiprofissional e interdisciplinar é possível elaborar uma logística de trabalho que atenda uma população maior e com qualidade."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-04: ENFERMAGEM"
    "palavra_chave" => "ANSIEDADE, EDUCAÇÃO, SAÚDE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA4_ID1924_27052016205851.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:04"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "GLEICY KARINE NASCIMENTO DE ARAÚJO"
    "autor_nome_curto" => "GLEICY ARAÚJO"
    "autor_email" => "gleicy.kna@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UFPE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Objetivou-se neste estudo comparar a relação entres os níveis de ansiedade em pacientes com IMC acima de 30kg/m² antes e após a realização de intervenções em grupo de reeducação alimentar, controle de peso e ansiedade. A coleta de dados foi realizada no primeiro e último encontro do grupo, utilizando a Escala de Ansiedade e Depressão para Hospital Geral - HAD, onde foram exploradas apenas as questões relacionadas à ansiedade. O estudo foi realizado com 15 mulheres com índice de massa corporal (IMC) acima de 30kg/m2 e com relato de ansiedade assistidas pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) no município de Santa Luzia- PB. Antes das intervenções a porcentagem de pessoas classificadas como improvável para o nível de ansiedade foi de 20% (n=3), enquanto que o percentual de provável foi de 33,33% (n =5). Após a participação no grupo e a realização das intervenções se houve uma redução expressiva do percentual de pacientes classificadas como provável, passando para 6,67% (n=1), e um aumento para improvável, passando para 46,7%(n=7). Por meio das intervenções realizadas neste estudo, pôde-se comprovar a importância de praticar intervenções na atenção básica, pois através do compartilhamento de conhecimentos e vivências acerca do tema, proporciona estimulo a mudanças no estilo de vida. Destaca-se ainda a necessidade de criar mais Núcleos de Apoio á Saúde da Família, pois com uma equipe multiprofissional e interdisciplinar é possível elaborar uma logística de trabalho que atenda uma população maior e com qualidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.