Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 244
CARACTERIZAÇÃO DEMOGRÁFICA DE IDOSOS SEGUNDO STATUS COGNITIVO

Palavra-chaves: ENVELHECIMENTO, DADOS DEMOGRÁFICOS, COGNIÇÃO Comunicação Oral (CO) AT-05: SAÚDE MENTAL Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

O estudo objetiva analisar as características sociodemográficas de idosos segundo status cognitivo de acordo com uma escala de rastreio. Trata-se de um estudo transversal, com abordagem quantitativa, participaram do estudo, 76 idosos com idades a partir de 70 anos residentes em Campina Grande-PB. Foram utilizados os seguintes instrumentos: questionário sociodemográfico, para caracterização da amostra, a partir das variáveis sociodemográficas (sexo, idade, estado civil, renda, aposentadoria, arranjo de moradia) e o Mini Exame do Estado Mental (MEEM), um teste de rastreio cognitivo. Foram realizadas análises descritivas dos dados com o auxílio do SPSS. Observou-se que os idosos apresentaram uma média de idade igual 76,91 anos (DP= 4,87), ocorrendo uma prevalência do sexo feminino (73,7%). A maioria dos idosos é casada ou vive com companheiro (44,7%), são os principais responsáveis pelo sustento da casa (76,3%) e aposentados (78,9%). Dos 76 participantes, 16 pontuaram abaixo dos pontos de corte estabelecidos para avaliação do MEEM, condição que pode caracterizar a presença de algum comprometimento cognitivo. A partir destes resultados, percebe-se a necessidade de elaborar políticas sociais voltadas às especificidades do público idoso, levando-se em consideração as formas de configuração deste grupo na sociedade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.