Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

BENEFÍCIOS DAS TÉCNICAS FISIOTERAPÊUTICAS NO TRABALHO DE PARTO: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Palavra-chaves: TÉCNICAS FISIOTERAPÊUTICAS, FISIOTERAPIA, PARTO, DOR Comunicação Oral (CO) AT-09: FISIOTERAPIA
"2016-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 19019
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 558
    "inscrito_id" => 46
    "titulo" => "BENEFÍCIOS DAS TÉCNICAS FISIOTERAPÊUTICAS NO TRABALHO DE PARTO: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA"
    "resumo" => "Resumo: A Humanização no parto refere-se à participação da mulher como protagonista desse processo. O Brasil demonstra um percentual de cesarianas de 84% por meio da saúde suplementar e de 40% na rede pública. O parto cesariano expõe as mulheres e os bebês a mais riscos, já o parto normal oferece vários benefícios para a mulher. Um parto humanizado também incita a utilização de medidas não farmacológicas e não invasivas para redução da dor durante o trabalho de parto. Este trabalho teve como objetivo, revisar a literatura sobre os benefícios das técnicas fisioterapêuticas para o alívio da dor, auxílio, condução e diminuição do tempo de trabalho de parto. Realizada revisão narrativa da literatura, através de busca ativa nas bases de dados de língua inglesa e portuguesa: Scielo, Lilacs, PubMed, Bireme e Google Acadêmico. Descritores utilizados, segundo a BVS e palavras-chave: “physical therapy modalities”, “physiotherapy”, “labor pain”, “parturition”, técnicas fisioterapêuticas, fisioterapia, parto e dor. Foram selecionados 18 artigos, desses, 4 foram excluídos por estarem fora do período proposto (2010 - 2015). Dos artigos incluídos, 7 abordavam as técnicas: exercícios respiratórios, relaxamento, massagens, crioterapia, bola suíça, deambulação, posicionamentos e TENS durante o trabalho de parto; 3 abordavam o uso da bola suíça; 1 investigou a eficácia da massagem; 3 sobre eletroestimulação transcutânea. Há uma associação positiva entre os recursos não farmacológicos e o alívio da dor, portanto a abordagem fisioterapêutica interfere positivamente sobre a dor e o desconforto no trabalho de parto proporcionando a parturiente um parto mais ativo e menos doloroso."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-09: FISIOTERAPIA"
    "palavra_chave" => "TÉCNICAS FISIOTERAPÊUTICAS, FISIOTERAPIA, PARTO, DOR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA9_ID46_29052016093852.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:04"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JULIANA SIMONELLY FELIX DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "JULIANA SIMONELLY"
    "autor_email" => "jsimonelly8@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFRN/ FACISA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 19019
    "edicao_id" => 43
    "trabalho_id" => 558
    "inscrito_id" => 46
    "titulo" => "BENEFÍCIOS DAS TÉCNICAS FISIOTERAPÊUTICAS NO TRABALHO DE PARTO: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA"
    "resumo" => "Resumo: A Humanização no parto refere-se à participação da mulher como protagonista desse processo. O Brasil demonstra um percentual de cesarianas de 84% por meio da saúde suplementar e de 40% na rede pública. O parto cesariano expõe as mulheres e os bebês a mais riscos, já o parto normal oferece vários benefícios para a mulher. Um parto humanizado também incita a utilização de medidas não farmacológicas e não invasivas para redução da dor durante o trabalho de parto. Este trabalho teve como objetivo, revisar a literatura sobre os benefícios das técnicas fisioterapêuticas para o alívio da dor, auxílio, condução e diminuição do tempo de trabalho de parto. Realizada revisão narrativa da literatura, através de busca ativa nas bases de dados de língua inglesa e portuguesa: Scielo, Lilacs, PubMed, Bireme e Google Acadêmico. Descritores utilizados, segundo a BVS e palavras-chave: “physical therapy modalities”, “physiotherapy”, “labor pain”, “parturition”, técnicas fisioterapêuticas, fisioterapia, parto e dor. Foram selecionados 18 artigos, desses, 4 foram excluídos por estarem fora do período proposto (2010 - 2015). Dos artigos incluídos, 7 abordavam as técnicas: exercícios respiratórios, relaxamento, massagens, crioterapia, bola suíça, deambulação, posicionamentos e TENS durante o trabalho de parto; 3 abordavam o uso da bola suíça; 1 investigou a eficácia da massagem; 3 sobre eletroestimulação transcutânea. Há uma associação positiva entre os recursos não farmacológicos e o alívio da dor, portanto a abordagem fisioterapêutica interfere positivamente sobre a dor e o desconforto no trabalho de parto proporcionando a parturiente um parto mais ativo e menos doloroso."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT-09: FISIOTERAPIA"
    "palavra_chave" => "TÉCNICAS FISIOTERAPÊUTICAS, FISIOTERAPIA, PARTO, DOR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV055_MD1_SA9_ID46_29052016093852.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:04"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:28:10"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JULIANA SIMONELLY FELIX DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "JULIANA SIMONELLY"
    "autor_email" => "jsimonelly8@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFRN/ FACISA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conbracis"
    "edicao_nome" => "Anais I CONBRACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conbracis/2016"
    "edicao_logo" => "5e4a005a0a41f_16022020235418.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1844e6a6a1a_22072020105342.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 29
    "publicacao_nome" => "Anais Conbracis"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Resumo: A Humanização no parto refere-se à participação da mulher como protagonista desse processo. O Brasil demonstra um percentual de cesarianas de 84% por meio da saúde suplementar e de 40% na rede pública. O parto cesariano expõe as mulheres e os bebês a mais riscos, já o parto normal oferece vários benefícios para a mulher. Um parto humanizado também incita a utilização de medidas não farmacológicas e não invasivas para redução da dor durante o trabalho de parto. Este trabalho teve como objetivo, revisar a literatura sobre os benefícios das técnicas fisioterapêuticas para o alívio da dor, auxílio, condução e diminuição do tempo de trabalho de parto. Realizada revisão narrativa da literatura, através de busca ativa nas bases de dados de língua inglesa e portuguesa: Scielo, Lilacs, PubMed, Bireme e Google Acadêmico. Descritores utilizados, segundo a BVS e palavras-chave: “physical therapy modalities”, “physiotherapy”, “labor pain”, “parturition”, técnicas fisioterapêuticas, fisioterapia, parto e dor. Foram selecionados 18 artigos, desses, 4 foram excluídos por estarem fora do período proposto (2010 - 2015). Dos artigos incluídos, 7 abordavam as técnicas: exercícios respiratórios, relaxamento, massagens, crioterapia, bola suíça, deambulação, posicionamentos e TENS durante o trabalho de parto; 3 abordavam o uso da bola suíça; 1 investigou a eficácia da massagem; 3 sobre eletroestimulação transcutânea. Há uma associação positiva entre os recursos não farmacológicos e o alívio da dor, portanto a abordagem fisioterapêutica interfere positivamente sobre a dor e o desconforto no trabalho de parto proporcionando a parturiente um parto mais ativo e menos doloroso.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.