Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

BENEFÍCIOS DAS TÉCNICAS FISIOTERAPÊUTICAS NO TRABALHO DE PARTO: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Palavra-chaves: TÉCNICAS FISIOTERAPÊUTICAS, FISIOTERAPIA, PARTO, DOR Comunicação Oral (CO) AT-09: FISIOTERAPIA Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Resumo: A Humanização no parto refere-se à participação da mulher como protagonista desse processo. O Brasil demonstra um percentual de cesarianas de 84% por meio da saúde suplementar e de 40% na rede pública. O parto cesariano expõe as mulheres e os bebês a mais riscos, já o parto normal oferece vários benefícios para a mulher. Um parto humanizado também incita a utilização de medidas não farmacológicas e não invasivas para redução da dor durante o trabalho de parto. Este trabalho teve como objetivo, revisar a literatura sobre os benefícios das técnicas fisioterapêuticas para o alívio da dor, auxílio, condução e diminuição do tempo de trabalho de parto. Realizada revisão narrativa da literatura, através de busca ativa nas bases de dados de língua inglesa e portuguesa: Scielo, Lilacs, PubMed, Bireme e Google Acadêmico. Descritores utilizados, segundo a BVS e palavras-chave: “physical therapy modalities”, “physiotherapy”, “labor pain”, “parturition”, técnicas fisioterapêuticas, fisioterapia, parto e dor. Foram selecionados 18 artigos, desses, 4 foram excluídos por estarem fora do período proposto (2010 - 2015). Dos artigos incluídos, 7 abordavam as técnicas: exercícios respiratórios, relaxamento, massagens, crioterapia, bola suíça, deambulação, posicionamentos e TENS durante o trabalho de parto; 3 abordavam o uso da bola suíça; 1 investigou a eficácia da massagem; 3 sobre eletroestimulação transcutânea. Há uma associação positiva entre os recursos não farmacológicos e o alívio da dor, portanto a abordagem fisioterapêutica interfere positivamente sobre a dor e o desconforto no trabalho de parto proporcionando a parturiente um parto mais ativo e menos doloroso.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.