Artigo Anais XII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

VOZ HOMOEROTICA MASCULINA PRESENTE EM RATO, DE LUIS CAPUCHO

Palavra-chaves: RATO, HOMOEROTISMO, LITERATURA GAY, LUIS CAPUCHO, LUIS CAPUCHO Comunicação Oral (CO) Estudos literários, Gênero e Sexualidades Publicado em 08 de junho de 2016

Resumo

Resumo: O presente artigo tem como principal propósito levar à reflexão sobre o homoerostimo enrustido existente na obra Rato (2007), do escritor capixaba Luís Capucho, e a sua contribuição para a literatura gay brasileira. Ainda na análise desse título, tenciona-se observar as particularidades do Naturalismo que a mesma traz em si, visando à discussão da efemeridade da relação homoafetiva do narrador-personagem com a personagem Plínio pelo decorrer desta trama, assim como os pontos de encontros sexuais dos mesmos. Almeja-se nesse raciocínio, considerar algumas das características que moldam o narrador pertencente à contemporaneidade e os elementos descritivos que ele faz uso para solidificar um enredo narrativo; por essas concepções, busca-se discutir aqui esse posicionamento narrativo em obras desse tipo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.