Artigo Anais XII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 242
RESSIGNIFICANDO A MULHER NA LITERATURA ATWOODIANA: O CONTO DA AIA

Palavra-chaves: MULHER, CORPO, BIOPODER, LITERATURA, LITERATURA Comunicação Oral (CO) Estudos literários, Gênero e Sexualidades Publicado em 08 de junho de 2016

Resumo

O presente artigo tem como objetivo destacar questões sobre a figura feminina que circulam atualmente nos debates da nossa sociedade. Para tanto, será realiza uma análise crítico-interpretativa da obra O Conto da Aia, publicado em 1985, de Margaret Atwood, com a finalidade de estabelecer uma crítica à sociedade patriarcal do romance. Ressaltaremos alguns pontos relevantes encontrados no livro como corpo, memória, reprodução, estupro, tempo, comunicação e direito ao nome, com o propósito de mostrar como a figura da mulher é retratada no romance. Para tanto, teremos como arcabouço teórico Eagleton (1998), Gárcia (2011), Reguant (1996), Rabinow et al. (2006) trazendo relevantes contribuições para o estudo sobre a discussão que abrange a essência do trabalho fomentando a reflexão.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.