Artigo Anais XII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 172
OS FEMINISMOS DE MARCELA TEMER E BENEDITA DA SILVA

Palavra-chaves: FEMINISMO NEGRO, MULATA, MÃE PRETA, EMPREGADA, EMPREGADA Comunicação Oral (CO) Gênero, Sexualidades e Modos de Subjetivação

Resumo

O feminismo negro e branco se unem contra o machismo mas possuem uma construção e estereótipos diferentes na sociedade. Fato que torna elementos dessa luta diferentes, cujas individualidades não podem ser negadas. Portanto o objetivo neste trabalho é compreender estas diferenças e trazer visibilidade a elas, a partir das alegorias de Marcela Temer e Benedita da Silva, representantes aqui de outras mulheres brancas e negras que tem sua realidade distorcida e por vezes invisibilizada. Através de bell hooks (2005,2006), Angela Davis (1997) e Lelia Gonzales (1984); nesta pesquisa bibliográfica podemos perceber as pluralidades dentro do movimento feminista ao enxergar a subjetividade das mulheres quanto a construção social e histórica do fenótipo cor.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.