Artigo Anais I CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 232
GERMINAÇÃO IN VITRO E DESENVOLVIMENTO INICIAL DE COROA-DE-FRADE (MELOCACTUS ZEHNTNERI)

Palavra-chaves: CULTURA DE TECIDOS, SACAROSE, MEIO DE CULTURA Pôster (PO) Engenharia em Biotecnologia e Bioquímica Publicado em 01 de junho de 2016

Resumo

O cultivo in vitro constitui uma alternativa à conservação e à propagação convencional de espécies ameaçadas pela ação antrópica e que apresentem relevante potencial de uso, como a coroa-de-frade. Assim, objetivou-se estudar a germinação in vitro e o desenvolvimento inicial de plântulas de Melocactus zehntneri sob diferentes meios de cultura. Para tanto, as sementes foram desinfestadas e inoculadas in vitro em quatro tratamentos que apresentavam concentrações variadas de sais e de sacarose, e mantidas em sala de crescimento por 60 dias. Após este período, verificou-se que o maior percentual de germinação ocorreu no meio com menor quantidade de sais e sacarose (½ MS + 1,5%). Tal tratamento também propiciou um bom desenvolvimento das plântulas, sendo recomendado para a germinação da referida espécie, com fins de conservação e/ou de obtenção de material propagativo para o cultivo in vitro.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.