Artigo Anais I CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ENSINO DE CIÊNCIAS ATRAVÉS DE GINCANAS EDUCATIVAS: UMA PROPOSTA DE LUDICIDADE

Palavra-chaves: LUDICIDADE NO ENSINO DE CIÊNCIAS, GINCANAS EDUCATIVAS, APRENDIZAGEM Pôster (PO) Licenciatura em Biologia
"2016-06-01 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 17979
    "edicao_id" => 41
    "trabalho_id" => 651
    "inscrito_id" => 2239
    "titulo" => "ENSINO DE CIÊNCIAS ATRAVÉS DE GINCANAS EDUCATIVAS: UMA PROPOSTA DE LUDICIDADE"
    "resumo" => "Ensinar ciências não se restringe a transmitir informações ou apresentar apenas um caminho, mas é ajudar o aluno a tomar consciência de sim mesmo, dos outros e da sociedade. (OLIVEIRA, 1999). Apesar de a ludicidade ser debatida constantemente nas escolas, no ensino de ciências tem sido uma atividade pouco praticada. A ludicidade é uma necessidade do ser humano em qualquer idade e não pode ser vista apenas como diversão (ANDRADE, 2011). A Gincana Educativa tem como objetivo principal revisar os conteúdos de Ciências ministrados pelos professores no primeiro semestre do ano letivo através de brincadeiras, atividades lúdicas e jogos esportivos educativos. E com isso, incentivar a compreensão de tais conceitos de forma a permitir uma melhor qualidade no ensino de Ciências em escolas da Educação Básica.  Essa ferramenta induz aluno assimile de forma fácil e sem muitas complicações, aprimorando sua cognição, e desenvolvendo o interesse e a criatividade, além de proporcionar afinidade com o ensino de ciências. O trabalho foi realizado em uma turma de ensino fundamental localizada na zona rural do município de Limoeiro, agreste de Pernambuco. A Gincana ocorreu integralmente com os dois turnos da escola, e pôde contar com a participação das turmas do Ensino Fundamental I e II que compreendeu uma faixa etária de alunos entre 8 a 12 anos de idade. Um circuito foi devidamente planejado para atender todos os temas, os quais tornavam-se mais difíceis a medida que os passos aumentavam. Os materiais utilizados na realização de tais jogos populares estão disponíveis em vários manuais de atividades lúdicas em sites da internet, além de fazer parte do imaginário cultural do Estado de Pernambuco, por sua cultura local. A área do ensino de ciências é absolutamente pouco explorada e a abordagem do assunto acaba tornando-se pouco atrativa. O professor deve utilizar os jogos passando a adotá‐los em sua prática, pois atuam como componentes fundamentais para a aprendizagem, favorecendo a construção do conhecimento.  Os resultados comprovaram a eficácia da exposição teórico-prática, no processo ensino-aprendizagem em Ciências, pode-se perceber também que os alunos apreciaram os jogos, pois, através deles, os conteúdos foram revisados e a assimilação de novos assuntos foi favorecida"
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Licenciatura em Biologia"
    "palavra_chave" => "LUDICIDADE NO ENSINO DE CIÊNCIAS, GINCANAS EDUCATIVAS, APRENDIZAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV058_MD4_SA93_ID2239_17052016235447.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:03"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:20:00"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "THAYNAN LARISSA RODRIGUES DE MELO"
    "autor_nome_curto" => "THAYNAN LARISSA"
    "autor_email" => "thaynan.rodrigues@hotmail"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais I CONAPESC"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2016"
    "edicao_logo" => "5e49fdc4b2730_16022020234316.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1841adc3860_22072020103957.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-01 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 17979
    "edicao_id" => 41
    "trabalho_id" => 651
    "inscrito_id" => 2239
    "titulo" => "ENSINO DE CIÊNCIAS ATRAVÉS DE GINCANAS EDUCATIVAS: UMA PROPOSTA DE LUDICIDADE"
    "resumo" => "Ensinar ciências não se restringe a transmitir informações ou apresentar apenas um caminho, mas é ajudar o aluno a tomar consciência de sim mesmo, dos outros e da sociedade. (OLIVEIRA, 1999). Apesar de a ludicidade ser debatida constantemente nas escolas, no ensino de ciências tem sido uma atividade pouco praticada. A ludicidade é uma necessidade do ser humano em qualquer idade e não pode ser vista apenas como diversão (ANDRADE, 2011). A Gincana Educativa tem como objetivo principal revisar os conteúdos de Ciências ministrados pelos professores no primeiro semestre do ano letivo através de brincadeiras, atividades lúdicas e jogos esportivos educativos. E com isso, incentivar a compreensão de tais conceitos de forma a permitir uma melhor qualidade no ensino de Ciências em escolas da Educação Básica.  Essa ferramenta induz aluno assimile de forma fácil e sem muitas complicações, aprimorando sua cognição, e desenvolvendo o interesse e a criatividade, além de proporcionar afinidade com o ensino de ciências. O trabalho foi realizado em uma turma de ensino fundamental localizada na zona rural do município de Limoeiro, agreste de Pernambuco. A Gincana ocorreu integralmente com os dois turnos da escola, e pôde contar com a participação das turmas do Ensino Fundamental I e II que compreendeu uma faixa etária de alunos entre 8 a 12 anos de idade. Um circuito foi devidamente planejado para atender todos os temas, os quais tornavam-se mais difíceis a medida que os passos aumentavam. Os materiais utilizados na realização de tais jogos populares estão disponíveis em vários manuais de atividades lúdicas em sites da internet, além de fazer parte do imaginário cultural do Estado de Pernambuco, por sua cultura local. A área do ensino de ciências é absolutamente pouco explorada e a abordagem do assunto acaba tornando-se pouco atrativa. O professor deve utilizar os jogos passando a adotá‐los em sua prática, pois atuam como componentes fundamentais para a aprendizagem, favorecendo a construção do conhecimento.  Os resultados comprovaram a eficácia da exposição teórico-prática, no processo ensino-aprendizagem em Ciências, pode-se perceber também que os alunos apreciaram os jogos, pois, através deles, os conteúdos foram revisados e a assimilação de novos assuntos foi favorecida"
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Licenciatura em Biologia"
    "palavra_chave" => "LUDICIDADE NO ENSINO DE CIÊNCIAS, GINCANAS EDUCATIVAS, APRENDIZAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV058_MD4_SA93_ID2239_17052016235447.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:03"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:20:00"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "THAYNAN LARISSA RODRIGUES DE MELO"
    "autor_nome_curto" => "THAYNAN LARISSA"
    "autor_email" => "thaynan.rodrigues@hotmail"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais I CONAPESC"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2016"
    "edicao_logo" => "5e49fdc4b2730_16022020234316.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1841adc3860_22072020103957.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-06-01 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 01 de junho de 2016

Resumo

Ensinar ciências não se restringe a transmitir informações ou apresentar apenas um caminho, mas é ajudar o aluno a tomar consciência de sim mesmo, dos outros e da sociedade. (OLIVEIRA, 1999). Apesar de a ludicidade ser debatida constantemente nas escolas, no ensino de ciências tem sido uma atividade pouco praticada. A ludicidade é uma necessidade do ser humano em qualquer idade e não pode ser vista apenas como diversão (ANDRADE, 2011). A Gincana Educativa tem como objetivo principal revisar os conteúdos de Ciências ministrados pelos professores no primeiro semestre do ano letivo através de brincadeiras, atividades lúdicas e jogos esportivos educativos. E com isso, incentivar a compreensão de tais conceitos de forma a permitir uma melhor qualidade no ensino de Ciências em escolas da Educação Básica. Essa ferramenta induz aluno assimile de forma fácil e sem muitas complicações, aprimorando sua cognição, e desenvolvendo o interesse e a criatividade, além de proporcionar afinidade com o ensino de ciências. O trabalho foi realizado em uma turma de ensino fundamental localizada na zona rural do município de Limoeiro, agreste de Pernambuco. A Gincana ocorreu integralmente com os dois turnos da escola, e pôde contar com a participação das turmas do Ensino Fundamental I e II que compreendeu uma faixa etária de alunos entre 8 a 12 anos de idade. Um circuito foi devidamente planejado para atender todos os temas, os quais tornavam-se mais difíceis a medida que os passos aumentavam. Os materiais utilizados na realização de tais jogos populares estão disponíveis em vários manuais de atividades lúdicas em sites da internet, além de fazer parte do imaginário cultural do Estado de Pernambuco, por sua cultura local. A área do ensino de ciências é absolutamente pouco explorada e a abordagem do assunto acaba tornando-se pouco atrativa. O professor deve utilizar os jogos passando a adotá‐los em sua prática, pois atuam como componentes fundamentais para a aprendizagem, favorecendo a construção do conhecimento. Os resultados comprovaram a eficácia da exposição teórico-prática, no processo ensino-aprendizagem em Ciências, pode-se perceber também que os alunos apreciaram os jogos, pois, através deles, os conteúdos foram revisados e a assimilação de novos assuntos foi favorecida

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.