Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 218
“O DIÁRIO DE BRIDGET JONES": GÊNERO E NORMATIZAÇÃO DO CORPO FEMININO EM UM ROMANCE "CHICK-LIT"

Palavra-chaves: LITERATURA, ROMANCES FEMININOS, CHICK-LIT, GÊNERO, GÊNERO Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Estudos literários, Gênero e Sexualidades

Resumo

Este artigo pretende analisar construções relacionadas a gênero e normatização do corpo feminino no livro “O Diário de Bridget Jones”, considerado o maior expoente de uma categoria de romances contemporâneos denominada “chick-lit”. Caracterizados como romances escritos por e para mulheres, estes livros abordam questões relativas a um dito “cotidiano feminino” marcado por dilemas profissionais, afetivos, familiares e sexuais. Considerando a relação entre o gênero feminino e a literatura, pretendo apontar ambiguidades, avanços e permanências na construção de representações de gênero em romances sentimentais e “chick-lit”. Além disso, à luz de uma reflexão acerca do indivíduo contemporâneo, buscaremos discutir a centralidade do corpo e dos cuidados estéticos nas páginas de um dos romances femininos mais populares do final do século XX.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.