Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

PSICOLOGIA E MULHERES EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL: A NECESSIDADE DE PRODUZIR CONHECIMENTO CIENTÍFICO

Palavra-chaves: PSICOLOGIA, DIREITOS HUMANOS, GÊNERO, EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL, EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Direitos Humanos, Feminismo e Políticas Públicas de Gênero
"2015-06-03 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 10820
    "edicao_id" => 31
    "trabalho_id" => 277
    "inscrito_id" => 1285
    "titulo" => "PSICOLOGIA E MULHERES EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL: A NECESSIDADE DE PRODUZIR CONHECIMENTO CIENTÍFICO"
    "resumo" => "O presente estudo faz parte de uma pesquisa maior e visa realizar um levantamento quanti e qualitativo dos estudos sobre mulheres egressas do sistema prisional, considerando a perspectiva de gênero, na área da Psicologia. O levantamento deu-se por meio da biblioteca eletrônica Scientific Electronic Library Online (SCIELO) e do banco de teses e dissertações (BDTD) do portal da USP, do período de 1994 a 2014, obtendo vinte (20) artigos, dos quais utilizamos sete (07). Dos documentos selecionados, 60,86% das(os) pesquisadoras(res) eram mulheres. As publicações visam retratar a realidade da mulher encarcerada, porém poucas se propõem a dar “voz” a esta mulher, e as publicações que se propõe, o faz com a mulher encarcerada e não com a mulher egressa (pós-cárcere), como pretendíamos encontrar. Foram analisados, ao todo, dez (10) estudos do portal SCIELO e dez (10) trabalhos no BDTD/USP, sendo que nesses utilizamos os resumos para a análise. Nos resumos dos estudos encontrados, identificamos que não existe clareza e objetivos no enunciado do objeto, método e referencial teórico, dificultando a análise. É expressiva a quantidade de artigos encontrados na área da Educação, Saúde e Sociologia, o que alerta a Psicologia a refletir sobre sua responsabilidade social e inserção nos estudos desta área tão crescente e real, mas infelizmente tão negligenciada."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Direitos Humanos, Feminismo e Políticas Públicas de Gênero"
    "palavra_chave" => "PSICOLOGIA, DIREITOS HUMANOS, GÊNERO, EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL, EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV046_MD1_SA8_ID1285_24042015235701.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:14:41"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MÔNICA RENATA DANTAS MENDONÇA"
    "autor_nome_curto" => "MÔNICA DANTAS"
    "autor_email" => "psimonicadantas@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO DO SUL"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xi-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XI CONAGES"
    "edicao_evento" => "XI Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d926732858_19022020165415.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1840e819853_22072020103640.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-03 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 10820
    "edicao_id" => 31
    "trabalho_id" => 277
    "inscrito_id" => 1285
    "titulo" => "PSICOLOGIA E MULHERES EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL: A NECESSIDADE DE PRODUZIR CONHECIMENTO CIENTÍFICO"
    "resumo" => "O presente estudo faz parte de uma pesquisa maior e visa realizar um levantamento quanti e qualitativo dos estudos sobre mulheres egressas do sistema prisional, considerando a perspectiva de gênero, na área da Psicologia. O levantamento deu-se por meio da biblioteca eletrônica Scientific Electronic Library Online (SCIELO) e do banco de teses e dissertações (BDTD) do portal da USP, do período de 1994 a 2014, obtendo vinte (20) artigos, dos quais utilizamos sete (07). Dos documentos selecionados, 60,86% das(os) pesquisadoras(res) eram mulheres. As publicações visam retratar a realidade da mulher encarcerada, porém poucas se propõem a dar “voz” a esta mulher, e as publicações que se propõe, o faz com a mulher encarcerada e não com a mulher egressa (pós-cárcere), como pretendíamos encontrar. Foram analisados, ao todo, dez (10) estudos do portal SCIELO e dez (10) trabalhos no BDTD/USP, sendo que nesses utilizamos os resumos para a análise. Nos resumos dos estudos encontrados, identificamos que não existe clareza e objetivos no enunciado do objeto, método e referencial teórico, dificultando a análise. É expressiva a quantidade de artigos encontrados na área da Educação, Saúde e Sociologia, o que alerta a Psicologia a refletir sobre sua responsabilidade social e inserção nos estudos desta área tão crescente e real, mas infelizmente tão negligenciada."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Direitos Humanos, Feminismo e Políticas Públicas de Gênero"
    "palavra_chave" => "PSICOLOGIA, DIREITOS HUMANOS, GÊNERO, EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL, EGRESSAS DO SISTEMA PRISIONAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV046_MD1_SA8_ID1285_24042015235701.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:14:41"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MÔNICA RENATA DANTAS MENDONÇA"
    "autor_nome_curto" => "MÔNICA DANTAS"
    "autor_email" => "psimonicadantas@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO DO SUL"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xi-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XI CONAGES"
    "edicao_evento" => "XI Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d926732858_19022020165415.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1840e819853_22072020103640.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-03 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

O presente estudo faz parte de uma pesquisa maior e visa realizar um levantamento quanti e qualitativo dos estudos sobre mulheres egressas do sistema prisional, considerando a perspectiva de gênero, na área da Psicologia. O levantamento deu-se por meio da biblioteca eletrônica Scientific Electronic Library Online (SCIELO) e do banco de teses e dissertações (BDTD) do portal da USP, do período de 1994 a 2014, obtendo vinte (20) artigos, dos quais utilizamos sete (07). Dos documentos selecionados, 60,86% das(os) pesquisadoras(res) eram mulheres. As publicações visam retratar a realidade da mulher encarcerada, porém poucas se propõem a dar “voz” a esta mulher, e as publicações que se propõe, o faz com a mulher encarcerada e não com a mulher egressa (pós-cárcere), como pretendíamos encontrar. Foram analisados, ao todo, dez (10) estudos do portal SCIELO e dez (10) trabalhos no BDTD/USP, sendo que nesses utilizamos os resumos para a análise. Nos resumos dos estudos encontrados, identificamos que não existe clareza e objetivos no enunciado do objeto, método e referencial teórico, dificultando a análise. É expressiva a quantidade de artigos encontrados na área da Educação, Saúde e Sociologia, o que alerta a Psicologia a refletir sobre sua responsabilidade social e inserção nos estudos desta área tão crescente e real, mas infelizmente tão negligenciada.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.