Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 245
O SILÊNCIO DO INOCENTE: A MARCA NO CORPO VIOLENTADO E A VIDA PARADA NO TEMPO

Palavra-chaves: LITERATURA, CORPO FEMININO, VIOLÊNCIA, LOUCURA, LOUCURA Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Estudos literários, Gênero e Sexualidades Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

Sob uma perspectiva de estudo e mediante a uma literatura contemporânea que apresenta uma linguagem entrelaçada aos novelos da memória, Maria Thereza Leite vai tecendo e reconstruindo em seus contos os acontecimentos vividos em um presente e passado cheios de expectativas mediante a um mar de lembranças confeccionadas no interior de si. O presente artigo tem como objetivo analisar o conto “A Mala”, da escritora cearense Maria Thereza Leite, a partir de um acontecimento de infância com a personagem Rosália e suas devidas consequências. Situado no livro de contos Passagem Secreta para a Rua (2007), a narrativa retrata a história de uma menina que foi violentada sexualmente e que a partir desse ato sofrido adquiriu uma loucura mansa para se auto proteger do convívio social. Em primeiro momento discutiremos sobre as imagens criadas do corpo e da loucura da mulher associadas à dominação e à opressão sobre a mulher; no segundo momento partiremos para a análise do conto escolhido abordando a violência sexual sofrida pela protagonista, além da loucura adquirida pela mesma.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.