Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

O PAPEL DA ESPOSA EM CONTOS DE KATE CHOPIN

Palavra-chaves: ESPOSA, EMANCIPAÇÃO FEMININA, KATE CHOPIN Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Direitos Humanos, Feminismo e Políticas Públicas de Gênero Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

No âmbito dos estudos concernentes à condição da mulher na sociedade e sua contribuição enquanto produtora dos saberes literários, sabe-se que os movimentos feministas foram de grande relevância para a visualização da mulher enquanto escritora e divulgadora do universo feminino. Se antes, tínhamos uma abordagem sobre a mulher a partir do ponto de vista do homem, a partir da propagação da escrita de autoria feminina, muitas questões como os dilemas e reinvindicações das mulheres descortinaram-se através das letras. No que se refere à literatura, esta entendida como um espaço onde as representações sociais são construídas, através de uma linguagem artisticamente elaborada, nota-se que a mulher ao longo de muitos séculos foi alvo de muitos discursos que intencionavam cercear a sua liberdade e intelectualidade no âmbito político, histórico-social e até mesmo estético, visto que, em linhas gerais, a mulher era considerada inferior ao homem. Muitas são as representações literárias de autoria feminina que delineiam a figura da mulher como eixo das narrativas. Para este trabalho, objetivamos ampliar uma discussão sobre a representação feminina nos contos “A história de uma hora” e “Athenaise” de Kate Chopin, enfocando a representação literária das esposas para desenvolver uma análise comparativa do perfil dessas mulheres delineadas nos contos supracitados. Para tanto, buscamos compreender como a mulher casada é representada nestes textos. Para situarmos nossas discussões nos apoiamos nos conceitos operatórios da crítica literária feminista.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.