Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 245
INTERTEXTUALIDADE PARÓDICA ENTRE O CONTO DAMA DA NOITE E A MÚSICA RODA VIVA

Palavra-chaves: INTERTEXTUALIDADE PARÓDICA, PERCEPÇÃO, RELAÇÕES SOCIAIS Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Estudos literários, Gênero e Sexualidades Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

O presente trabalho analisa a intertextualidade paródica presente no conto Dama da noite de Caio Fernando Abreu e a música Roda viva de Chico Buarque de Holanda. Nosso objetivo foi observar as semelhanças existentes entre o conto e a música, notando o conflito vivenciado pela personagem do conto a qual sente um extremo desconforto com as aparências da sociedade, a qual está inserida, e por não se inserir nesse meio fica à margem, excluída de muitas relações sociais. Semelhantemente, a música Roda viva apresenta o inconformismo de um ser que deseja ter liberdade de expressão, que por razões de cunho social torna-se infeliz e incapaz de viver da forma que deseja. A protagonista do conto através da percepção vai analisar o universo ao seu redor observando como são construídas as relações sociais, repressivas, que de certa forma contribuem para massificação do ser humano. Buscamos, então, relatar através de fragmentos do texto a degradação do ser. Para fundamentar nossa análise nos baseamos nos estudos de Linda Hutcheon (1991), para tratar especificamente da intertextualidade paródica.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.