Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

BEM ESTAR SUBJETIVO E INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA: UM ESTUDO CORRELACIONAL COM MULHERES CASADAS

Palavra-chaves: MULHERES, BEM-ESTAR SUBJETIVO, INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Direitos Humanos, Feminismo e Políticas Públicas de Gênero
"2015-06-03 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 10542
    "edicao_id" => 31
    "trabalho_id" => 191
    "inscrito_id" => 1027
    "titulo" => "BEM ESTAR SUBJETIVO E INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA: UM ESTUDO CORRELACIONAL COM MULHERES CASADAS"
    "resumo" => "Os movimentos feministas no mundo inteiro, vem alcançando destaque na mídia internacional visando à igualdade de direitos da mulher. Este estudo tem sua importância legitimada à medida que se observa a evolução profissional da mulher que procura cada vez mais uma situação em que possa se considerar independente e segura financeiramente. Este estudo teve como objetivo investigar o contraste existente entre o nível de Bem-estar subjetivo de mulheres casadas que se consideram independentes e as que se consideram dependentes financeiramente do marido. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de campo, tipo descritiva e de natureza quantitativa, da qual participarão 120 mulheres, alunas do Centro Universitário de João Pessoa, que estivessem em uma relação estável há pelo menos 02 anos. Foi utilizado um questionário sóciodemográfico e uma escala de Bem estar subjetivo. A análise dos dados foi executada no pacote estatístico SPSS, em sua versão 19.0, fazendo uso da estatística descritiva correlacional. A coleta foi realizada na própria instituição. Os dados obtidos mostram que a dependência financeira afeta negativamente o índice de Bem-estar subjetivo dessas mulheres, enquanto que a independência financeira e o trabalho proporcionam-lhes maior índice de afetos positivos e satisfação com a vida. Observam-se ainda muitas barreiras a serem vencidas, como a luta por salários iguais e o aumento do número de mulheres em situação de independência total do marido e da família de origem, através da educação direcionada para a autonomia, em detrimento da educação doméstica, onde as mulheres eram criadas para serem boas esposas e mães."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Direitos Humanos, Feminismo e Políticas Públicas de Gênero"
    "palavra_chave" => "MULHERES, BEM-ESTAR SUBJETIVO, INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV046_MD1_SA8_ID1027_24042015023909.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:14:40"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOSEFA VALÉRIA ENEAS LEITE DE SOUSA"
    "autor_nome_curto" => "VALÉRIA DE SOUSA"
    "autor_email" => "psicvsousa@gmail.com"
    "autor_ies" => "CENTRO UNIVERSITARIO DE JOAO PESSOA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xi-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XI CONAGES"
    "edicao_evento" => "XI Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d926732858_19022020165415.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1840e819853_22072020103640.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-03 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 10542
    "edicao_id" => 31
    "trabalho_id" => 191
    "inscrito_id" => 1027
    "titulo" => "BEM ESTAR SUBJETIVO E INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA: UM ESTUDO CORRELACIONAL COM MULHERES CASADAS"
    "resumo" => "Os movimentos feministas no mundo inteiro, vem alcançando destaque na mídia internacional visando à igualdade de direitos da mulher. Este estudo tem sua importância legitimada à medida que se observa a evolução profissional da mulher que procura cada vez mais uma situação em que possa se considerar independente e segura financeiramente. Este estudo teve como objetivo investigar o contraste existente entre o nível de Bem-estar subjetivo de mulheres casadas que se consideram independentes e as que se consideram dependentes financeiramente do marido. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de campo, tipo descritiva e de natureza quantitativa, da qual participarão 120 mulheres, alunas do Centro Universitário de João Pessoa, que estivessem em uma relação estável há pelo menos 02 anos. Foi utilizado um questionário sóciodemográfico e uma escala de Bem estar subjetivo. A análise dos dados foi executada no pacote estatístico SPSS, em sua versão 19.0, fazendo uso da estatística descritiva correlacional. A coleta foi realizada na própria instituição. Os dados obtidos mostram que a dependência financeira afeta negativamente o índice de Bem-estar subjetivo dessas mulheres, enquanto que a independência financeira e o trabalho proporcionam-lhes maior índice de afetos positivos e satisfação com a vida. Observam-se ainda muitas barreiras a serem vencidas, como a luta por salários iguais e o aumento do número de mulheres em situação de independência total do marido e da família de origem, através da educação direcionada para a autonomia, em detrimento da educação doméstica, onde as mulheres eram criadas para serem boas esposas e mães."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Direitos Humanos, Feminismo e Políticas Públicas de Gênero"
    "palavra_chave" => "MULHERES, BEM-ESTAR SUBJETIVO, INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV046_MD1_SA8_ID1027_24042015023909.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:14:40"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOSEFA VALÉRIA ENEAS LEITE DE SOUSA"
    "autor_nome_curto" => "VALÉRIA DE SOUSA"
    "autor_email" => "psicvsousa@gmail.com"
    "autor_ies" => "CENTRO UNIVERSITARIO DE JOAO PESSOA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xi-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XI CONAGES"
    "edicao_evento" => "XI Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d926732858_19022020165415.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1840e819853_22072020103640.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-03 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

Os movimentos feministas no mundo inteiro, vem alcançando destaque na mídia internacional visando à igualdade de direitos da mulher. Este estudo tem sua importância legitimada à medida que se observa a evolução profissional da mulher que procura cada vez mais uma situação em que possa se considerar independente e segura financeiramente. Este estudo teve como objetivo investigar o contraste existente entre o nível de Bem-estar subjetivo de mulheres casadas que se consideram independentes e as que se consideram dependentes financeiramente do marido. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de campo, tipo descritiva e de natureza quantitativa, da qual participarão 120 mulheres, alunas do Centro Universitário de João Pessoa, que estivessem em uma relação estável há pelo menos 02 anos. Foi utilizado um questionário sóciodemográfico e uma escala de Bem estar subjetivo. A análise dos dados foi executada no pacote estatístico SPSS, em sua versão 19.0, fazendo uso da estatística descritiva correlacional. A coleta foi realizada na própria instituição. Os dados obtidos mostram que a dependência financeira afeta negativamente o índice de Bem-estar subjetivo dessas mulheres, enquanto que a independência financeira e o trabalho proporcionam-lhes maior índice de afetos positivos e satisfação com a vida. Observam-se ainda muitas barreiras a serem vencidas, como a luta por salários iguais e o aumento do número de mulheres em situação de independência total do marido e da família de origem, através da educação direcionada para a autonomia, em detrimento da educação doméstica, onde as mulheres eram criadas para serem boas esposas e mães.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.