Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 107
O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) E A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE SOCIOLOGIA

Palavra-chaves: PIBID, FORMAÇÃO, SOCIOLOGIA Pôster (PO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Resumo

O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) E A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE SOCIOLOGIA O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência (PIBID) apresenta-se como um elemento de inovação junto à carreira acadêmica e psicopedagógica do graduando e futuro professor de Ciências Sociais. Apesar de recente no meio acadêmico, o mesmo vem se destacando como um suporte complementar e essencial na formação do aluno bolsista. OBJETIVOS: O presente artigo tem como objetivo principal diagnosticar o papel de construção que o programa proporciona para as novas gerações de professores e alunos das Ciências Sociais; saber como o mesmo contribuiu durante a fase de discente e posteriormente na condição de docente; saber qual a maneira adequada de utilizar esse programa educacional, para um aprimoramento e desenvolvimento dos métodos educacionais com vistas ao aperfeiçoamento do ensino de Sociologia, uma vez que estes não podem ser aprendidos somente no teórico curso da graduação. METODOLOGIA: Através de entrevistas e relatos orais coletados por ex-bolsistas do PIBID Ciências Sociais e atuais professores, supervisores do PIBID Ciências Sociais e discentes iniciantes na graduação e no PIBID Ciências Sociais, fizemos uma comparação dos aprendizados e expectativas dos alunos e professores que mantiveram um elo participativo no programa durante a sua graduação ou depois da mesma, a fim de compreendermos o papel do programa na construção e fortalecimento do ser professor. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Por meio dos relatos orais, pudemos perceber que o programa faz parte de um processo prático educacional antes/pós carreira docente e apresenta uma grande importância para uma maior identificação com a profissão da docência relacionada à área da Sociologia. O desempenho profissional de quem passou pelo PIBID foi mais estimulado, de forma que as experiências trocadas e absorvidas dispõem de uma grande carga de conhecimento contextualizado, oferecendo um aprofundamento prático na docência. Foi relatado que o programa de iniciação à docência (PIBID) contribui, de maneira eficaz, na elevação da qualidade da prática docente já durante a graduação, bem como na formação continuada do professor de Sociologia que já atuava nas escolas. Em suma, é notável a relevância intelectual que o programa traz para a vida acadêmica e profissional de seus respectivos participantes. CONCLUSÃO: Ao passarem pelo programa, o educador e o estudante (futuro profissional) procuram desenvolver de maneira eficaz novas metodologias de ensino. O educador torna-se uma ligação entre o aluno e o conhecimento prático. A partir dos resultados, consideramos que ser um agente mediador de novas práticas e conhecimentos na vida do profissional das Ciências Sociais deverá ser, portanto, estratégia principal do PIBID Ciências Sociais/UERN.Palavras-Chaves: Pibid. Formação. Sociologia

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.