Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 165
O PAPEL POLITICO-PEDAGOGICO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FISICA NAS TENDENCIAS E MOVIMENTOS RENOVADORES

Palavra-chaves: PROFESSOR., EDUCAÇÃO FÍSICA., PAPEL POLITICO PEDAGÓGICO. Pôster (PO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Resumo

A Educação Física brasileira, como espaço de manipulação político-ideológica ao longo de sua história, tem sido utilizada para diferentes propósitos pelo poder dominante de cada época. Esse domínio parece ter dificultado a compreensão e o desenvolvimento de seu verdadeiro papel social e educacional. Essa questão nos permite desencadear uma série de estudos que nos ajuda compreender melhor qual é (ou deveria ser) o papel dessa área do conhecimento na escola e na sociedade. As razões pelas quais nos levaram a desenvolver este estudo ocorreram, pontualmente, com a preocupação de percebermos, mais detidamente, o papel-político pedagógico do professor de Educação Física ao longo da história, que orientou/orienta a prática da Educação Física na escola. Nossa motivação foi reafirmada a partir da seguinte questão central: Qual o papel político-pedagógico do professor de Educação Física ao longo da história, tomando como referência as tendências e movimentos renovadores desse campo de estudo? Esta pesquisa teve como objetivo fazer um recorte do processo histórico do papel do professor de Educação Física no Brasil, possibilitando-nos realizar uma série de interpretações que aponta para um entendimento das tendências pedagógicas e movimentos renovadores de nossa área do conhecimento. Realizamos também um estudo detalhado sobre as Tendências Pedagógicas da Educação Física: Higienista, Militarista, Competitivista e Pedagogista; e Movimentos Renovadores: Humanista, Psicomotricista e Esporte para Todos e, com isso, passamos a verificar o papel assumido pelo professor de educação física em cada uma dessas tendências e movimentos. A investigação, de abordagem qualitativa, caracterizou-se do tipo pesquisa bibliográfica, realizada a partir dos registros disponíveis sobre o tema, decorrente de pesquisas anteriores. Nesse sentido, fizemos leituras de documentos, artigos, teses e trabalhos variados, os quais serviram como material para a obtenção de informações destinada à pesquisa. Os resultados obtidos na investigação em destaque mostraram que o Papel Político-Pedagógico do Professor de Educação Física ao longo dos tempos foi influenciado por diferentes filiações epistemológicas, atendendo, sobretudo, aos interesses políticos-ideológicos da classe dominante. Constamos que o papel do professor de Educação Física, na maior parte do período histórico, foi o de reprodução e manutenção do sistema, impossibilitando a edificação de uma Educação Física ampla e transformadora da realidade social concreta vivenciada pela população brasileira.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.