Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 81
A CARACTERIZAÇÃO DOS ESPAÇOS NÃO FORMAIS PARA A PROMOÇÃO DA CULTURA CIENTÍFICA NO ENSINO DE CIÊNCIAS

Palavra-chaves: ESPAÇOS NÃO FORMAIS, EDUCAÇÃO CIENTÍFICA, ENSINO DE CIÊNCIAS, , Comunicação Oral (Artigo Completo) AT 02: Pesquisa em Educação

Resumo

ESTE TRABALHO INCLUI UMA REVISÃO DE IDEIAS RELACIONADAS AO ENSINO DE CIÊNCIAS E A IMPORTÂNCIA DE SE CONHECER AS CARACTERÍSTICAS DOS ESPAÇOS NÃO FORMAIS DE ENSINO, COMO PRÉ-REQUISITO PARA SE ALCANÇAR UMA EDUCAÇÃO CIENTÍFICA. O OBJETIVO DESTA PESQUISA FOI ANALISAR DE ACORDO COM ALGUNS AUTORES A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL PARA A FORMAÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO. O ESTUDO É DE NATUREZA BIBLIOGRÁFICA. SENDO ASSIM, A REALIZAÇÃO DE PRÁTICAS FORA DO AMBIENTE ESCOLAR CARACTERIZA MUITAS DAS VEZES UM APRENDIZADO COM UM MAIOR SENSO CRITICO POR PARTE DOS ALUNOS, POIS ESSES AMBIENTES TEM A CAPACIDADE DE ESTIMULAR A CONSTRUÇÃO DA CULTURA CIENTÍFICA. NO ENTANTO, ESSAS PRÁTICAS AUXILIAM OS ALUNOS NA CONSTRUÇÃO DE CONHECIMENTOS, HABILIDADES E VALORES NECESSÁRIOS ÀS TOMADAS DE DECISÕES RESPONSÁVEIS SOBRE QUESTÕES DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA E ATUAR NA SOLUÇÃO DE TAIS QUESTÕES QUE SÃO MUITO IMPORTANTES NA FORMAÇÃO DO EDUCANDO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.