Artigo Anais SEMLICA

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-9333

Visualizações: 46
AVALIAÇÃO QUANTITATIVA, QUALITATIVA E FITOSSANITÁRIA DA CATINGUEIRA DO SERTÃO NO CAMPUS IV DA UEPB

Resumo

A distribuição geográfica da catingueira, que é uma das espécies de mais ampla área da caatinga, predomina tanto nas várzeas úmidas como no Seridó semiárido. Vegeta também no litoral, sertão e pés de serra. Ocorre nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e também Mato Grosso. Objetivou-se com este trabalho fazer um estudo da situação quantiqualitativa e fitossanitária da espécie vegetal catingueira no campus IV da UEPB em Catolé do Rocha – PB. No campus IV da UEPB em Catolé do Rocha, no estado da Paraíba, é onde a pesquisa está sendo efetivada e teve início no período de agosto de 2010 e se estenderá até maio de 2013. A pesquisa foi dividida por setores, sendo eles: Agroecologia, Olericultura, Fruticultura, Projeto de Palmas, Oleaginosas, Bovinocultura, Avicultura, Suinocultura, Apicultura e Caprinocultura, dando ênfase nesse trabalho as árvores do setor de Apicultura, onde foram encontradas 20869 árvores, na qual 3641 apresentavam cortes agressivos, lixo (plástico), pouca folha, sem folhas, periderme desidratada e deficiência nutricional. Com esse estudo realizado no campus IV da UEPB, pudemos notar que a Catingueira é uma espécie nativa, onde pode garantir a sustentabilidade da exploração dessa essência nativa do semiárido.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.