Artigo E-book VII CONEDU (Conedu em Casa) - Vol 02

E-books

ISBN: 978-65-86901-28-3

ANÁLISE DO ENSINO DE QUÍMICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA

Palavra-chaves: ENSINO DE QUÍMICA, INCLUSÃO, EDUCAÇÃO ESPECIAL, , E-book E-book
"2021-02-09 09:36:46"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 74227
    "edicao_id" => 155
    "trabalho_id" => 1907
    "inscrito_id" => 6356
    "titulo" => "ANÁLISE DO ENSINO DE QUÍMICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA"
    "resumo" => "MUITO SE TEM FALADO, REFLETIDO E DISCUTIDO SOBRE INCLUSÃO ESCOLAR. MESMO COM A FALTA DE UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA EFETIVAMENTE VOLTADA A ESSA INCLUSÃO, NOTA-SE, HOJE EM DIA, QUE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS NÃO FICAM RESTRITAS AS ESCOLAS ESPECIAIS OU FORA DELAS, MAS QUE TAMBÉM FREQUENTAM AS ESCOLAS DE ENSINO REGULAR, MESMO QUE EM PEQUENA PROPORÇÃO. O PARADIGMA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA E A CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES SÃO ASSUNTOS QUE, CONCILIADOS, GERAM QUESTIONAMENTOS, REFLEXÕES E POLÊMICAS.  DE ACORDO COM O DOCUMENTO PRODUZIDO PELA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, HÁ A SUGESTÃO DE INCLUIR UMA DISCIPLINA SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL NOS CURSOS DE MAGISTÉRIO, PEDAGOGIA E LICENCIATURAS. MAS, NA GRANDE MAIORIA, OS CURSOS DE FORMAÇÃO NÃO TRATAM DESTA TEMÁTICA E, QUANDO O FAZEM PREDOMINA A SUPERFICIALIDADE NAS DISCUSSÕES, MUITAS VEZES, CENTRADAS APENAS NA DEFICIÊNCIA PARA JUSTIFICAR A SEGREGAÇÃO. DE ACORDO COM ESTA PROBLEMÁTICA DE REFLEXÃO E DEVIDO À NECESSIDADE DE BUSCAR RESPOSTAS PARA QUESTÕES ACERCA DA CAPACITAÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO, PRETENDE-SE INVESTIGAR, ATRAVÉS DA PESQUISA EM DOCUMENTOS E NA LITERATURA CENTRALIZADA NESSE TEMA, COMO LICENCIADOS EM QUÍMICA PODEM SE ADEQUAR AO ENSINO DA MESMA A FIM DE CONTRIBUIR PARA A EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA. NOTOU-SE QUE ESTA ADEQUAÇÃO, APESAR DE LENTA, PODE SER AMENIZADA ATRAVÉS DA CONFECÇÃO DE MATERIAIS QUE AUXILIEM NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM DA SALA DE AULA E QUE REALMENTE CUMPRA SEU PAPEL DE INSERÇÃO DE CIDADÃOS CRÍTICOS E CONSCIENTES DE SEU PAPEL NA SOCIEDADE."
    "modalidade" => "E-book"
    "area_tematica" => "E-book"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE QUÍMICA, INCLUSÃO, EDUCAÇÃO ESPECIAL, , "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV140_MD7_SA100_ID6356_17092020212831.pdf"
    "created_at" => "2021-02-11 09:40:52"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JULIANA DE FIGUEIREDO LIMA"
    "autor_nome_curto" => "JULIANA DE FIGUEIREDO"
    "autor_email" => "flimajuliana@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE (UFCG)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "e-book-vii-conedu--conedu-em-casa----vol-02"
    "edicao_nome" => "E-book VII CONEDU (Conedu em Casa) - Vol 02"
    "edicao_evento" => "VII CONGRESSO NACIONAL DA EDUCAÇÃO"
    "edicao_ano" => 2021
    "edicao_pasta" => "ebooks/conedu/2020/ebook2"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "6023ea9d81da2_10022021111557.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2021-02-09 09:36:46"
    "publicacao_id" => 26
    "publicacao_nome" => "E-book CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "978-85-61702-35-9"
    "tipo_codigo_id" => 2
    "tipo_codigo_nome" => "ISBN"
    "tipo_publicacao_id" => 2
    "tipo_publicacao_nome" => "E-books"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 74227
    "edicao_id" => 155
    "trabalho_id" => 1907
    "inscrito_id" => 6356
    "titulo" => "ANÁLISE DO ENSINO DE QUÍMICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA"
    "resumo" => "MUITO SE TEM FALADO, REFLETIDO E DISCUTIDO SOBRE INCLUSÃO ESCOLAR. MESMO COM A FALTA DE UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA EFETIVAMENTE VOLTADA A ESSA INCLUSÃO, NOTA-SE, HOJE EM DIA, QUE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS NÃO FICAM RESTRITAS AS ESCOLAS ESPECIAIS OU FORA DELAS, MAS QUE TAMBÉM FREQUENTAM AS ESCOLAS DE ENSINO REGULAR, MESMO QUE EM PEQUENA PROPORÇÃO. O PARADIGMA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA E A CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES SÃO ASSUNTOS QUE, CONCILIADOS, GERAM QUESTIONAMENTOS, REFLEXÕES E POLÊMICAS.  DE ACORDO COM O DOCUMENTO PRODUZIDO PELA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, HÁ A SUGESTÃO DE INCLUIR UMA DISCIPLINA SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL NOS CURSOS DE MAGISTÉRIO, PEDAGOGIA E LICENCIATURAS. MAS, NA GRANDE MAIORIA, OS CURSOS DE FORMAÇÃO NÃO TRATAM DESTA TEMÁTICA E, QUANDO O FAZEM PREDOMINA A SUPERFICIALIDADE NAS DISCUSSÕES, MUITAS VEZES, CENTRADAS APENAS NA DEFICIÊNCIA PARA JUSTIFICAR A SEGREGAÇÃO. DE ACORDO COM ESTA PROBLEMÁTICA DE REFLEXÃO E DEVIDO À NECESSIDADE DE BUSCAR RESPOSTAS PARA QUESTÕES ACERCA DA CAPACITAÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO, PRETENDE-SE INVESTIGAR, ATRAVÉS DA PESQUISA EM DOCUMENTOS E NA LITERATURA CENTRALIZADA NESSE TEMA, COMO LICENCIADOS EM QUÍMICA PODEM SE ADEQUAR AO ENSINO DA MESMA A FIM DE CONTRIBUIR PARA A EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA. NOTOU-SE QUE ESTA ADEQUAÇÃO, APESAR DE LENTA, PODE SER AMENIZADA ATRAVÉS DA CONFECÇÃO DE MATERIAIS QUE AUXILIEM NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM DA SALA DE AULA E QUE REALMENTE CUMPRA SEU PAPEL DE INSERÇÃO DE CIDADÃOS CRÍTICOS E CONSCIENTES DE SEU PAPEL NA SOCIEDADE."
    "modalidade" => "E-book"
    "area_tematica" => "E-book"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE QUÍMICA, INCLUSÃO, EDUCAÇÃO ESPECIAL, , "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV140_MD7_SA100_ID6356_17092020212831.pdf"
    "created_at" => "2021-02-11 09:40:52"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JULIANA DE FIGUEIREDO LIMA"
    "autor_nome_curto" => "JULIANA DE FIGUEIREDO"
    "autor_email" => "flimajuliana@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE (UFCG)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "e-book-vii-conedu--conedu-em-casa----vol-02"
    "edicao_nome" => "E-book VII CONEDU (Conedu em Casa) - Vol 02"
    "edicao_evento" => "VII CONGRESSO NACIONAL DA EDUCAÇÃO"
    "edicao_ano" => 2021
    "edicao_pasta" => "ebooks/conedu/2020/ebook2"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "6023ea9d81da2_10022021111557.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2021-02-09 09:36:46"
    "publicacao_id" => 26
    "publicacao_nome" => "E-book CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "978-85-61702-35-9"
    "tipo_codigo_id" => 2
    "tipo_codigo_nome" => "ISBN"
    "tipo_publicacao_id" => 2
    "tipo_publicacao_nome" => "E-books"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: array:1 [
    "fkEdicao" => App\Base\Administrativo\Model\Edicao {#1644
      +table: "edicao"
      +timestamps: false
      -periocidade: array:10 [
        0 => "Diária"
        1 => "Semanal"
        2 => "Quinzenal"
        3 => "Mensal"
        4 => "Bimestral"
        5 => "Trimestral"
        6 => "Semestral"
        7 => "Anual"
        8 => "Bienal"
        9 => "Trienal"
      ]
      -idioma: array:3 [
        0 => "Português"
        1 => "Inglês"
        2 => "Espanhol"
      ]
      +fillable: array:23 [
        0 => "publicacao_id"
        1 => "volume"
        2 => "numero"
        3 => "url"
        4 => "nome"
        5 => "nome_evento"
        6 => "descricao"
        7 => "pasta"
        8 => "logo"
        9 => "capa"
        10 => "timbrado"
        11 => "periodicidade"
        12 => "idiomas"
        13 => "pais"
        14 => "inicio_evento"
        15 => "final_evento"
        16 => "ano_publicacao"
        17 => "data_publicacao"
        18 => "autor_corporativo"
        19 => "visualizar_artigo"
        20 => "created_at"
        21 => "updated_at"
        22 => "ativo"
      ]
      #casts: array:24 [
        "id" => "integer"
        "publicacao_id" => "integer"
        "volume" => "integer"
        "numero" => "integer"
        "url" => "string"
        "nome" => "string"
        "nome_evento" => "string"
        "descricao" => "string"
        "pasta" => "string"
        "logo" => "string"
        "capa" => "string"
        "timbrado" => "string"
        "periodicidade" => "string"
        "idiomas" => "string"
        "pais" => "string"
        "inicio_evento" => "date"
        "final_evento" => "date"
        "ano_publicacao" => "integer"
        "data_publicacao" => "date"
        "autor_corporativo" => "string"
        "visualizar_artigo" => "boolean"
        "created_at" => "datetime"
        "updated_at" => "datetime"
        "ativo" => "boolean"
      ]
      #connection: "mysql"
      #primaryKey: "id"
      #keyType: "int"
      +incrementing: true
      #with: []
      #withCount: []
      #perPage: 15
      +exists: true
      +wasRecentlyCreated: false
      #attributes: array:24 [
        "id" => 155
        "publicacao_id" => 26
        "volume" => 1
        "numero" => 1
        "url" => "e-book-vii-conedu--conedu-em-casa----vol-02"
        "nome" => "E-book VII CONEDU (Conedu em Casa) - Vol 02"
        "nome_evento" => "VII CONGRESSO NACIONAL DA EDUCAÇÃO"
        "descricao" => "Em 2020, o Congresso Nacional de Educação se reinventa com você! Pensando no bem-estar e segurança dos participantes e mantendo o compromisso com a disseminação de conhecimento, a sétima edição tendo como temática “Educação como (re)Existência: mudanças, conscientização e conhecimentos” traz um novo modelo de vivenciar a experiência do Maior Congresso de Educação do país: na sua casa. O delineamento da temática se pauta na ideia de pensar a educação como espaço-tempo de mudança, de (re)existir pela possibilidade de estabelecer diálogos e lugares de escuta, conscientização de direitos, deveres, saberes, práticas, conhecimentos científicos, culturais e sociais. Nos diferentes espaços de educar é importante que a colaboração, entre os pares e interinstitucional, seja a base para promover as mudanças que alavanquem os processos educacionais, a inclusão e a formação crítico-reflexiva dos sujeitos. O CONEDU em Casa é uma das formas de utilizar esses múltiplos espaços de educação e promover a sua participação em palestras, mesas-redondas, grupos de discussão e muitas outras atividades que farão parte da programação."
        "pasta" => "ebooks/conedu/2020/ebook2"
        "logo" => null
        "capa" => "6023ea9d81da2_10022021111557.jpg"
        "timbrado" => null
        "periodicidade" => "Anual"
        "idiomas" => "Português"
        "pais" => "Brasil"
        "inicio_evento" => "2020-10-15"
        "final_evento" => "2020-10-17"
        "ano_publicacao" => 2021
        "data_publicacao" => null
        "autor_corporativo" => "Realize Eventos Científicos & Editora"
        "visualizar_artigo" => 1
        "created_at" => "2021-02-09 09:36:46"
        "updated_at" => "2022-02-23 10:54:57"
        "ativo" => 1
      ]
      #original: array:24 [
        "id" => 155
        "publicacao_id" => 26
        "volume" => 1
        "numero" => 1
        "url" => "e-book-vii-conedu--conedu-em-casa----vol-02"
        "nome" => "E-book VII CONEDU (Conedu em Casa) - Vol 02"
        "nome_evento" => "VII CONGRESSO NACIONAL DA EDUCAÇÃO"
        "descricao" => "Em 2020, o Congresso Nacional de Educação se reinventa com você! Pensando no bem-estar e segurança dos participantes e mantendo o compromisso com a disseminação de conhecimento, a sétima edição tendo como temática “Educação como (re)Existência: mudanças, conscientização e conhecimentos” traz um novo modelo de vivenciar a experiência do Maior Congresso de Educação do país: na sua casa. O delineamento da temática se pauta na ideia de pensar a educação como espaço-tempo de mudança, de (re)existir pela possibilidade de estabelecer diálogos e lugares de escuta, conscientização de direitos, deveres, saberes, práticas, conhecimentos científicos, culturais e sociais. Nos diferentes espaços de educar é importante que a colaboração, entre os pares e interinstitucional, seja a base para promover as mudanças que alavanquem os processos educacionais, a inclusão e a formação crítico-reflexiva dos sujeitos. O CONEDU em Casa é uma das formas de utilizar esses múltiplos espaços de educação e promover a sua participação em palestras, mesas-redondas, grupos de discussão e muitas outras atividades que farão parte da programação."
        "pasta" => "ebooks/conedu/2020/ebook2"
        "logo" => null
        "capa" => "6023ea9d81da2_10022021111557.jpg"
        "timbrado" => null
        "periodicidade" => "Anual"
        "idiomas" => "Português"
        "pais" => "Brasil"
        "inicio_evento" => "2020-10-15"
        "final_evento" => "2020-10-17"
        "ano_publicacao" => 2021
        "data_publicacao" => null
        "autor_corporativo" => "Realize Eventos Científicos & Editora"
        "visualizar_artigo" => 1
        "created_at" => "2021-02-09 09:36:46"
        "updated_at" => "2022-02-23 10:54:57"
        "ativo" => 1
      ]
      #changes: []
      #classCastCache: []
      #dates: []
      #dateFormat: null
      #appends: []
      #dispatchesEvents: []
      #observables: []
      #relations: array:1 [
        "fkEdicaoEbook" => Illuminate\Database\Eloquent\Collection {#1642
          #items: array:1 [
            0 => App\Base\Administrativo\Model\EdicaoEbook {#1641
              +table: "edicao_ebook"
              +timestamps: false
              +fillable: array:16 [
                0 => "edicao_id"
                1 => "codigo"
                2 => "capa"
                3 => "titulo"
                4 => "descricao"
                5 => "prefacio"
                6 => "apresentacao"
                7 => "organizadores"
                8 => "conselho_editorial"
                9 => "ficha_catalografica"
                10 => "arquivo"
                11 => "arquivo_alterado"
                12 => "ano_publicacao"
                13 => "created_at"
                14 => "updated_at"
                15 => "ativo"
              ]
              #casts: array:16 [
                "id" => "integer"
                "edicao_id" => "integer"
                "codigo" => "string"
                "capa" => "string"
                "titulo" => "string"
                "prefacio" => "string"
                "apresentacao" => "string"
                "organizadores" => "string"
                "conselho_editorial" => "string"
                "ficha_catalografica" => "string"
                "arquivo" => "string"
                "arquivo_alterado" => "boolean"
                "ano_publicacao" => "integer"
                "created_at" => "datetime"
                "updated_at" => "datetime"
                "ativo" => "boolean"
              ]
              #connection: "mysql"
              #primaryKey: "id"
              #keyType: "int"
              +incrementing: true
              #with: []
              #withCount: []
              #perPage: 15
              +exists: true
              +wasRecentlyCreated: false
              #attributes: array:16 [
                "id" => 71
                "edicao_id" => 155
                "codigo" => "978-65-86901-28-3"
                "capa" => "6023eaac38684_10022021111612.jpg"
                "titulo" => "E-book VII CONEDU (Conedu em Casa) - Vol 02"
                "prefacio" => """
                  <strong>Educa&ccedil;&atilde;o como (re)Exist&ecirc;ncia: mudan&ccedil;as, conscientiza&ccedil;&atilde;o e conhecimentos</strong><br />\r\n
                  <br />\r\n
                  A compila&ccedil;&atilde;o de textos, neste e-book, apresenta o delineamento relacionado &agrave; tem&aacute;tica Educa&ccedil;&atilde;o como (re)exist&ecirc;ncia: mudan&ccedil;as, conscientiza&ccedil;&atilde;o e conhecimentos. A discuss&atilde;o envolve reavaliar formas de pensar a educa&ccedil;&atilde;o como um espa&ccedil;o-tempo de mudan&ccedil;as, de (re)existir pela possibilidade de estabelecer di&aacute;logos e lugares de escuta, conscientiza&ccedil;&atilde;o de direitos, deveres, saberes, pr&aacute;ticas, conhecimentos cient&iacute;ficos, culturais e sociais. Seria ousado pensar a educa&ccedil;&atilde;o por esse vi&eacute;s? Como postulou Paulo Freire &ldquo;a educa&ccedil;&atilde;o &eacute; um ato de ousadia&rdquo; e, tomando essa proposi&ccedil;&atilde;o &eacute; que ousamos nos reinventar a cada dia para continuarmos promovendo uma forma&ccedil;&atilde;o que amplie os horizontes dos sujeitos que comp&otilde;em essa engrenagem.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  No ano de 2020, especificamente, toda uma estrutura de sociedade precisou de novas formas de agir e pensar para manter-se em funcionamento, incluindo as escolas e universidades. Os/as professores/as, por sua vez, foram chamados/as a dar sentido aos processos educacionais atendendo &agrave; demanda apresentada pela pandemia causada por um v&iacute;rus (COVID-19). O distanciamento social imposto &agrave; popula&ccedil;&atilde;o mundial evidenciou quest&otilde;es ambientais, sociais, culturais e econ&ocirc;micas pungentes nos fazendo relacionar ontem e hoje. Salientando que a humanidade j&aacute; passou por outras crises sanit&aacute;rias, por exemplo, a gripe espanhola. O que podemos aprender com essa experi&ecirc;ncia?&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  O contexto pand&ecirc;mico tornou a conectividade pauta urgente de maneira geral e, especificamente, tamb&eacute;m no &acirc;mbito educacional. O vocabul&aacute;rio docente foi permeado de palavras como s&iacute;ncrono, ass&iacute;ncrono, on-line etc. A escola foi posta em xeque e o papel social docente ficou mais em evid&ecirc;ncia. Conceitos, j&aacute; cristalizados no campo educacional tamb&eacute;m foram disputados em um modelo que polarizou presencial versus virtual. &nbsp;Nesse sentido, educa&ccedil;&atilde;o, ensino, aprendizagem, media&ccedil;&atilde;o, aula e avalia&ccedil;&atilde;o, por exemplo, tornaram-se conceitos-chave de debates em v&aacute;rios momentos na pandemia. Concomitantemente a desigualdade mostrou sua face brutal demonstrando a dureza da realidade de um sem n&uacute;mero de estudantes brasileiros e reafirmando que n&atilde;o estamos todo/as em um mesmo lugar, a condi&ccedil;&atilde;o social &eacute; uma chave de an&aacute;lise importante para pensarmos e problematizarmos esse contexto. Assim sendo, pobreza, processos de inclus&atilde;o e exclus&atilde;o, bem como, dimens&otilde;es humanit&aacute;rias foram pautas de debates sobre esse processo de (re)existir.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  A an&aacute;lise do impacto desse momento, ainda ser&aacute; sentida por n&oacute;s e pelas futuras gera&ccedil;&otilde;es que precisar&atilde;o reencontrar na educa&ccedil;&atilde;o o caminho para a mudan&ccedil;a. Esse caminho envolve sujeitos, intera&ccedil;&otilde;es, desenvolvimento emocional, cognitivo e social. N&atilde;o se trata apenas de acessar o conhecimento contido em livros e aulas, mas de compreender o mundo pela leitura de seus pr&oacute;prios sujeitos em que a experi&ecirc;ncia, em sua dimens&atilde;o singular e coletiva, encontra novos contornos. O axioma proposto por Paulo Freire, que em 2021 celebramos seu centen&aacute;rio, ainda se faz necess&aacute;rio por reafirmarmos que &ldquo;a leitura do mundo precede a leitura da palavra.&rdquo; O mundo que vivemos hoje prescinde de mudan&ccedil;as, transforma&ccedil;&otilde;es e (re)exist&ecirc;ncias com novas leituras.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  Precisamos pensar, tamb&eacute;m, com Ailton Krenak (2019), a necessidade das ideias para adiar o fim do mundo, de maneira que mobilizados e sensibilizados por tudo que vivemos em tempos pand&ecirc;micos a educa&ccedil;&atilde;o possa nos trazer uma dimens&atilde;o consciente de saberes, ora silenciados, ora marginalizados. O que queremos aprender para o futuro? &Eacute; preciso pensar, a partir de agora, que novos horizontes borram os sentidos de educa&ccedil;&atilde;o necessitando de ressignifica&ccedil;&otilde;es mais humanas e poss&iacute;veis. Os textos que voc&ecirc;s ler&atilde;o nesse e-book s&atilde;o frutos de uma socializa&ccedil;&atilde;o que se fez emergente e necess&aacute;ria nesse momento de crise.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  Por fim, nos diferentes espa&ccedil;os de educar &eacute; importante que a colabora&ccedil;&atilde;o, entre os pares e interinstitucional, ou seja, a coletividade seja a base para a promo&ccedil;&atilde;o das mudan&ccedil;as que alavanquem processos educacionais, as diversas formas de inclus&atilde;o e a forma&ccedil;&atilde;o cr&iacute;tico-reflexiva dos sujeitos. Que possamos adiar o fim do mundo &nbsp;(Krenak, 2019) tendo a esperan&ccedil;a que nos engajaremos na constru&ccedil;&atilde;o de novas narrativas, conhecimentos e possibilidades.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  Refer&ecirc;ncias<br />\r\n
                  FREIRE, P. A import&acirc;ncia do ato de ler. 23 ed. S&atilde;o Paulo: Autores Associados: Cortez, 1989.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  KRENAK, Ailton. Ideias para adiar o fim do mundo. S&atilde;o Paulo: Companhia das Letras, 2019.
                  """
                "apresentacao" => null
                "organizadores" => """
                  Paula Almeida de Castro (UEPB)<br />\r\n
                  Luiz Paulo Cruz Borges (UERJ)
                  """
                "conselho_editorial" => """
                  Abigail Fregni Lins - UEPB<br />\r\n
                  Eduardo Gomes Onofre - UEPB<br />\r\n
                  Francisca Geny Lustosa - UFCE<br />\r\n
                  Juarez Nogueira Lins - UEPB<br />\r\n
                  Luis Paulo Cruz Borges - UERJ<br />\r\n
                  Marcelo Gomes Germano - UEPB<br />\r\n
                  Margareth Maria de Melo - UEPB<br />\r\n
                  Paula Almeida de Castro - UEPB<br />\r\n
                  Roberto Kennedy Gomes Franco - UNILAB<br />\r\n
                  Sandra Maciel de Almeida - UFF<br />\r\n
                  T&acirc;nia Serra Azul Machado Bezerra - UECE<br />\r\n
                  Thiago Luiz Alves dos Santos - UERJ<br />\r\n
                  Walc&eacute;a Barreto Alves - UFF
                  """
                "ficha_catalografica" => "602fe260cf3c0_19022021130800.pdf"
                "arquivo" => "190220211340_E-BOOK--EDUCACAO-COMO--RE-EXISTENCIA--MUDANCAS--CONSCIENTIZACAO-E-CONHECIMENTOS---VOLUME-02.pdf"
                "arquivo_alterado" => 1
                "ano_publicacao" => 2021
                "created_at" => "2021-02-09 09:36:46"
                "updated_at" => "2022-02-23 10:54:57"
                "ativo" => 1
              ]
              #original: array:16 [
                "id" => 71
                "edicao_id" => 155
                "codigo" => "978-65-86901-28-3"
                "capa" => "6023eaac38684_10022021111612.jpg"
                "titulo" => "E-book VII CONEDU (Conedu em Casa) - Vol 02"
                "prefacio" => """
                  <strong>Educa&ccedil;&atilde;o como (re)Exist&ecirc;ncia: mudan&ccedil;as, conscientiza&ccedil;&atilde;o e conhecimentos</strong><br />\r\n
                  <br />\r\n
                  A compila&ccedil;&atilde;o de textos, neste e-book, apresenta o delineamento relacionado &agrave; tem&aacute;tica Educa&ccedil;&atilde;o como (re)exist&ecirc;ncia: mudan&ccedil;as, conscientiza&ccedil;&atilde;o e conhecimentos. A discuss&atilde;o envolve reavaliar formas de pensar a educa&ccedil;&atilde;o como um espa&ccedil;o-tempo de mudan&ccedil;as, de (re)existir pela possibilidade de estabelecer di&aacute;logos e lugares de escuta, conscientiza&ccedil;&atilde;o de direitos, deveres, saberes, pr&aacute;ticas, conhecimentos cient&iacute;ficos, culturais e sociais. Seria ousado pensar a educa&ccedil;&atilde;o por esse vi&eacute;s? Como postulou Paulo Freire &ldquo;a educa&ccedil;&atilde;o &eacute; um ato de ousadia&rdquo; e, tomando essa proposi&ccedil;&atilde;o &eacute; que ousamos nos reinventar a cada dia para continuarmos promovendo uma forma&ccedil;&atilde;o que amplie os horizontes dos sujeitos que comp&otilde;em essa engrenagem.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  No ano de 2020, especificamente, toda uma estrutura de sociedade precisou de novas formas de agir e pensar para manter-se em funcionamento, incluindo as escolas e universidades. Os/as professores/as, por sua vez, foram chamados/as a dar sentido aos processos educacionais atendendo &agrave; demanda apresentada pela pandemia causada por um v&iacute;rus (COVID-19). O distanciamento social imposto &agrave; popula&ccedil;&atilde;o mundial evidenciou quest&otilde;es ambientais, sociais, culturais e econ&ocirc;micas pungentes nos fazendo relacionar ontem e hoje. Salientando que a humanidade j&aacute; passou por outras crises sanit&aacute;rias, por exemplo, a gripe espanhola. O que podemos aprender com essa experi&ecirc;ncia?&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  O contexto pand&ecirc;mico tornou a conectividade pauta urgente de maneira geral e, especificamente, tamb&eacute;m no &acirc;mbito educacional. O vocabul&aacute;rio docente foi permeado de palavras como s&iacute;ncrono, ass&iacute;ncrono, on-line etc. A escola foi posta em xeque e o papel social docente ficou mais em evid&ecirc;ncia. Conceitos, j&aacute; cristalizados no campo educacional tamb&eacute;m foram disputados em um modelo que polarizou presencial versus virtual. &nbsp;Nesse sentido, educa&ccedil;&atilde;o, ensino, aprendizagem, media&ccedil;&atilde;o, aula e avalia&ccedil;&atilde;o, por exemplo, tornaram-se conceitos-chave de debates em v&aacute;rios momentos na pandemia. Concomitantemente a desigualdade mostrou sua face brutal demonstrando a dureza da realidade de um sem n&uacute;mero de estudantes brasileiros e reafirmando que n&atilde;o estamos todo/as em um mesmo lugar, a condi&ccedil;&atilde;o social &eacute; uma chave de an&aacute;lise importante para pensarmos e problematizarmos esse contexto. Assim sendo, pobreza, processos de inclus&atilde;o e exclus&atilde;o, bem como, dimens&otilde;es humanit&aacute;rias foram pautas de debates sobre esse processo de (re)existir.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  A an&aacute;lise do impacto desse momento, ainda ser&aacute; sentida por n&oacute;s e pelas futuras gera&ccedil;&otilde;es que precisar&atilde;o reencontrar na educa&ccedil;&atilde;o o caminho para a mudan&ccedil;a. Esse caminho envolve sujeitos, intera&ccedil;&otilde;es, desenvolvimento emocional, cognitivo e social. N&atilde;o se trata apenas de acessar o conhecimento contido em livros e aulas, mas de compreender o mundo pela leitura de seus pr&oacute;prios sujeitos em que a experi&ecirc;ncia, em sua dimens&atilde;o singular e coletiva, encontra novos contornos. O axioma proposto por Paulo Freire, que em 2021 celebramos seu centen&aacute;rio, ainda se faz necess&aacute;rio por reafirmarmos que &ldquo;a leitura do mundo precede a leitura da palavra.&rdquo; O mundo que vivemos hoje prescinde de mudan&ccedil;as, transforma&ccedil;&otilde;es e (re)exist&ecirc;ncias com novas leituras.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  Precisamos pensar, tamb&eacute;m, com Ailton Krenak (2019), a necessidade das ideias para adiar o fim do mundo, de maneira que mobilizados e sensibilizados por tudo que vivemos em tempos pand&ecirc;micos a educa&ccedil;&atilde;o possa nos trazer uma dimens&atilde;o consciente de saberes, ora silenciados, ora marginalizados. O que queremos aprender para o futuro? &Eacute; preciso pensar, a partir de agora, que novos horizontes borram os sentidos de educa&ccedil;&atilde;o necessitando de ressignifica&ccedil;&otilde;es mais humanas e poss&iacute;veis. Os textos que voc&ecirc;s ler&atilde;o nesse e-book s&atilde;o frutos de uma socializa&ccedil;&atilde;o que se fez emergente e necess&aacute;ria nesse momento de crise.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  Por fim, nos diferentes espa&ccedil;os de educar &eacute; importante que a colabora&ccedil;&atilde;o, entre os pares e interinstitucional, ou seja, a coletividade seja a base para a promo&ccedil;&atilde;o das mudan&ccedil;as que alavanquem processos educacionais, as diversas formas de inclus&atilde;o e a forma&ccedil;&atilde;o cr&iacute;tico-reflexiva dos sujeitos. Que possamos adiar o fim do mundo &nbsp;(Krenak, 2019) tendo a esperan&ccedil;a que nos engajaremos na constru&ccedil;&atilde;o de novas narrativas, conhecimentos e possibilidades.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  Refer&ecirc;ncias<br />\r\n
                  FREIRE, P. A import&acirc;ncia do ato de ler. 23 ed. S&atilde;o Paulo: Autores Associados: Cortez, 1989.&nbsp;<br />\r\n
                  <br />\r\n
                  KRENAK, Ailton. Ideias para adiar o fim do mundo. S&atilde;o Paulo: Companhia das Letras, 2019.
                  """
                "apresentacao" => null
                "organizadores" => """
                  Paula Almeida de Castro (UEPB)<br />\r\n
                  Luiz Paulo Cruz Borges (UERJ)
                  """
                "conselho_editorial" => """
                  Abigail Fregni Lins - UEPB<br />\r\n
                  Eduardo Gomes Onofre - UEPB<br />\r\n
                  Francisca Geny Lustosa - UFCE<br />\r\n
                  Juarez Nogueira Lins - UEPB<br />\r\n
                  Luis Paulo Cruz Borges - UERJ<br />\r\n
                  Marcelo Gomes Germano - UEPB<br />\r\n
                  Margareth Maria de Melo - UEPB<br />\r\n
                  Paula Almeida de Castro - UEPB<br />\r\n
                  Roberto Kennedy Gomes Franco - UNILAB<br />\r\n
                  Sandra Maciel de Almeida - UFF<br />\r\n
                  T&acirc;nia Serra Azul Machado Bezerra - UECE<br />\r\n
                  Thiago Luiz Alves dos Santos - UERJ<br />\r\n
                  Walc&eacute;a Barreto Alves - UFF
                  """
                "ficha_catalografica" => "602fe260cf3c0_19022021130800.pdf"
                "arquivo" => "190220211340_E-BOOK--EDUCACAO-COMO--RE-EXISTENCIA--MUDANCAS--CONSCIENTIZACAO-E-CONHECIMENTOS---VOLUME-02.pdf"
                "arquivo_alterado" => 1
                "ano_publicacao" => 2021
                "created_at" => "2021-02-09 09:36:46"
                "updated_at" => "2022-02-23 10:54:57"
                "ativo" => 1
              ]
              #changes: []
              #classCastCache: []
              #dates: []
              #dateFormat: null
              #appends: []
              #dispatchesEvents: []
              #observables: []
              #relations: []
              #touches: []
              #hidden: []
              #visible: []
              #guarded: array:1 [
                0 => "*"
              ]
            }
          ]
        }
      ]
      #touches: []
      #hidden: []
      #visible: []
      #guarded: array:1 [
        0 => "*"
      ]
    }
  ]
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de fevereiro de 2021

Resumo

MUITO SE TEM FALADO, REFLETIDO E DISCUTIDO SOBRE INCLUSÃO ESCOLAR. MESMO COM A FALTA DE UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA EFETIVAMENTE VOLTADA A ESSA INCLUSÃO, NOTA-SE, HOJE EM DIA, QUE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS NÃO FICAM RESTRITAS AS ESCOLAS ESPECIAIS OU FORA DELAS, MAS QUE TAMBÉM FREQUENTAM AS ESCOLAS DE ENSINO REGULAR, MESMO QUE EM PEQUENA PROPORÇÃO. O PARADIGMA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA E A CAPACITAÇÃO DE PROFESSORES SÃO ASSUNTOS QUE, CONCILIADOS, GERAM QUESTIONAMENTOS, REFLEXÕES E POLÊMICAS. DE ACORDO COM O DOCUMENTO PRODUZIDO PELA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, HÁ A SUGESTÃO DE INCLUIR UMA DISCIPLINA SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL NOS CURSOS DE MAGISTÉRIO, PEDAGOGIA E LICENCIATURAS. MAS, NA GRANDE MAIORIA, OS CURSOS DE FORMAÇÃO NÃO TRATAM DESTA TEMÁTICA E, QUANDO O FAZEM PREDOMINA A SUPERFICIALIDADE NAS DISCUSSÕES, MUITAS VEZES, CENTRADAS APENAS NA DEFICIÊNCIA PARA JUSTIFICAR A SEGREGAÇÃO. DE ACORDO COM ESTA PROBLEMÁTICA DE REFLEXÃO E DEVIDO À NECESSIDADE DE BUSCAR RESPOSTAS PARA QUESTÕES ACERCA DA CAPACITAÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO, PRETENDE-SE INVESTIGAR, ATRAVÉS DA PESQUISA EM DOCUMENTOS E NA LITERATURA CENTRALIZADA NESSE TEMA, COMO LICENCIADOS EM QUÍMICA PODEM SE ADEQUAR AO ENSINO DA MESMA A FIM DE CONTRIBUIR PARA A EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA. NOTOU-SE QUE ESTA ADEQUAÇÃO, APESAR DE LENTA, PODE SER AMENIZADA ATRAVÉS DA CONFECÇÃO DE MATERIAIS QUE AUXILIEM NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM DA SALA DE AULA E QUE REALMENTE CUMPRA SEU PAPEL DE INSERÇÃO DE CIDADÃOS CRÍTICOS E CONSCIENTES DE SEU PAPEL NA SOCIEDADE.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.