Artigo E-book VII CIEH

E-books

ISBN: 978-65-86901-26-9

Visualizações: 134
AVALIAÇÃO DO DIABETES COMO CAUSA DE MORTES EM IDOSOS DO BRASIL

Palavra-chaves: DIABETES MELLITUS, DIABETES TIPO I, DIABETES TIPO II, MORTALIDADE, E-book E-book Publicado em 02 de fevereiro de 2021

Resumo

INTRODUÇÃO: O DIABETES MELLITUS (DM) É UMA DOENÇA DE MÚLTIPLAS ETIOLOGIAS QUE AFETA INDIVÍDUOS DE TODAS AS RAÇAS/COR, ESCOLARIDADE, SEXO, IDADE E/O CONDIÇÃO SOCIAL, CAPAZ DE REDUZIR A QUALIDADE DE VIDA E ELEVAR MORTALIDADE NA POPULAÇÃO. ESTIMA-SE QUE NO BRASIL, DOS 9,1 MILHÕES DE DIABÉTICOS, 40%, TÊM 60 ANOS OU MAIS. OBJETIVO: AVALIAR A OCORRÊNCIA DE ÓBITOS DE IDOSOS BRASILEIROS EM DECORRÊNCIA DO DIABETES TIPO 1 E TIPO 2 ENTRE OS ANOS DE 2014 A 2018. METODOLOGIA: É UM ESTUDO QUANTITATIVO DA MORTALIDADE DE IDOSOS (≥ 60ANOS) BRASILEIROS POR DIABETES TIPOS 1 E 2 EM HOSPITAIS, AVALIADOS POR REGIÃO E DE ACORDO COM SEXO, ESCOLARIDADE E RAÇA SEGUNDO OS DADOS DO SIM/DATASUS (2014-2018). RESULTADOS: NO BRASIL, 21.621 IDOSOS MORRERAM POR DIABETES TIPO 1= 6.479 E DIABETES TIPO 2= 15.142, COM UMA MÉDIA DE 4.324 MORTES/ANO. HOUVE MAIS ÓBITOS DE MULHERES (57,03%). ENTRE AS REGIÕES BRASILEIRAS, O SUDESTE (28,34%) E NORDESTE (26,18%) FORAM AS QUE APRESENTARAM MAIORES VALORES. A BAHIA (25,72%) FOI O ESTADO NORDESTINO COM MAIOR MORTALIDADE. A PARAÍBA OCUPOU A SEXTA POSIÇÃO EM NÚMERO DE ÓBITOS NESSA MESMA REGIÃO. INDIVÍDUOS COM BAIXA ESCOLARIDADE (1 A 7 ANOS) MORRERAM APROXIMADAMENTE 2X E 4X MAIS QUE ANALFABETOS E QUE OS IDOSOS COM ALTA ESCOLARIDADE, RESPECTIVAMENTE. NESSE ESTUDO, REGISTROU-SE MAIS ÓBITOS ENTRE IDOSOS BRANCOS (52,5%) E PARDOS (37,8%), CONTRASTANDO COM OUTROS TRABALHOS SOBRE DM QUE TAMBÉM AVALIARAM RAÇA/COR DOS INDIVÍDUOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.