Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 148
ENSINO MÉDIO INTEGRADO A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM PERNAMBUCO: UM OLHAR PARA AS PRÁTICAS DE GESTÃO LIGADAS A IMPLEMENTAÇÃO DO CURRÍCULO

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, ENSINO MÉDIO INTEGRADO, CURRÍCULO Pôster (PO) DIDÁTICA, CURRÍCULO E POLÍTICA EDUCACIONAL

Resumo

O presente trabalho buscou investigar como vem ocorrendo, nas escolas, o processo de implementação da Política Pública de Educação Profissional em Pernambuco e verificar como as práticas de gestão adotadas em três Escolas Técnicas Estaduais, localizadas na Zona da Mata Norte do estado, influenciam a implementação do currículo proposto para o ensino médio integrado a educação profissional. A justificativa para realização desse estudo está ancorada na experiência profissional da autora que durante os anos de 2011 e 2014 teve uma passagem pela Secretaria Executiva de Educação Profissional, atuando como gestora das Escolas Técnicas Estaduais no acompanhamento da implementação da política pública e no planejamento para expansão da Rede de Educação Profissional em Pernambuco. Utilizando a metodologia de estudo de caso foram realizadas visitas in loco para observação do cotidiano escolar e o levantamento de informações se deu a partir da aplicação de entrevistas semiestruturadas, aos gestores e coordenadores nas três ETEs escolhidas para análise. Este trabalho foi desenvolvido a luz das reflexões de teóricos como Condé (2012), Mainardes (2006), Perez (2010) e Silva e Silva (2005) que abordam a temática políticas públicas; Ramos (2011), Moll (2010) e Saviani (2008) que tratam do tema Educação Profissional e Tecnológica sob vários aspectos. Foi utilizada, também, como referencial teórico a Legislação Básica Nacional e Estadual que tratam da Educação Profissional. Os dados obtidos, no decorrer do estudo, versam sobre a percepção dos entrevistados acerca da Política de Educação Profissional no estado e o trabalho que vem sendo desenvolvido com as turmas do ensino médio integrado. As informações levantadas demonstram a necessidade de investimentos na formação continuada da equipe gestora, de formulação de uma proposta curricular para os cursos técnicos de nível médio do ensino médio integrado e do direcionamento de recursos financeiros específicos para dar continuidade à implementação da Política Pública de Educação Profissional no estado. Os resultados encontrados subsidiaram a construção de um Plano de Ação Educacional com vistas ao redirecionamento das ações que objetivam acelerar, com qualidade, a formação técnica de nível médio em Pernambuco e o consequente fortalecimento da Rede Estadual de Escolas Técnicas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.