Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A LEITURA NO CIBERESPAÇO: UMA ANÁLISE SOB A ÓTICA DO HIPERTEXTO

Palavra-chaves: HIPERTEXTO, LEITURA, LETRAMENTO Comunicação Oral (CO) LINGUAGENS, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 6798
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 362
    "inscrito_id" => 3270
    "titulo" => "A LEITURA NO CIBERESPAÇO: UMA ANÁLISE SOB A ÓTICA DO HIPERTEXTO"
    "resumo" => "O avanço das tecnologias de informação  e comunicação tem provocado novas relações na sociedade contemporânea decorrentes da multiplicação dos suportes tecnológicos possibilitados pelo ciberespaço. Entre essas, notabiliza-se o letramento digital, que tem trazido transformações nas práticas de leitura, fato que instiga reflexões tanto no campo comunicacional como no  âmbito pedagógico. Nesse sentido, a pesquisa, realizada em 2013, resultado de um trabalho de conclusão do curso de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba, buscou responder à seguinte questão problematizadora: “Como os jovens do Ensino Médio em Campina Grande concebem a leitura na Internet?”. Como objetivos buscamos, entre outros, investigar as estratégias de leitura desses jovens na Internet Komesu (2005), a fim de verificar se contribuem para a sua aprendizagem, analisar as diferentes concepções de leitura que os entrevistados possuem Leffa (1996) e Kleiman (1999), e verificar a eficácia da interatividade do hipertexto na leitura desses jovens e na construção do conhecimento que elaboram a partir desses mecanismos Lévy (1993). Para a análise desse contexto, abordamos as concepções e estratégias de leitura utilizadas pelos participantes do estudo no ato de leitura na web, bem como a funcionalidade do hipertexto na construção da percepção cognitiva desses sujeitos. Como estratégia metodológica,  a pesquisa, de cunho qualitativo e características interdisciplinares, adota uma observação sistemática, desenvolvida em duas escolas: uma  particular e uma pública, ambientes nos quais foi aplicado um questionário para a coleta de dados. Os resultados apontam para um cenário de transição entre a leitura  tradicional  e a virtual, no qual os sujeitos ainda não (re)conhecem a funcionalidade e as significativas possibilidades do hipertexto para a construção do conhecimento. Nas escolas pesquisadas, os estudantes limitam-se à leitura numa perspectiva utilitária para obtenção de significados imediatos sugeridos no processo pedagógico em que se inserem, embora a maioria dos alunos da escola privada afirme utilizar os hiperlinks para aprofundamento da leitura."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "LINGUAGENS, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO"
    "palavra_chave" => "HIPERTEXTO, LEITURA, LETRAMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_05_08_2014_08_31_18_idinscrito_3270_645eae506a66c5821b7cb4727faddfad.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:24"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIANA RAMOS PIMENTEL"
    "autor_nome_curto" => "MARIANA PIMENTEL"
    "autor_email" => "ramospimentel@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 6798
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 362
    "inscrito_id" => 3270
    "titulo" => "A LEITURA NO CIBERESPAÇO: UMA ANÁLISE SOB A ÓTICA DO HIPERTEXTO"
    "resumo" => "O avanço das tecnologias de informação  e comunicação tem provocado novas relações na sociedade contemporânea decorrentes da multiplicação dos suportes tecnológicos possibilitados pelo ciberespaço. Entre essas, notabiliza-se o letramento digital, que tem trazido transformações nas práticas de leitura, fato que instiga reflexões tanto no campo comunicacional como no  âmbito pedagógico. Nesse sentido, a pesquisa, realizada em 2013, resultado de um trabalho de conclusão do curso de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba, buscou responder à seguinte questão problematizadora: “Como os jovens do Ensino Médio em Campina Grande concebem a leitura na Internet?”. Como objetivos buscamos, entre outros, investigar as estratégias de leitura desses jovens na Internet Komesu (2005), a fim de verificar se contribuem para a sua aprendizagem, analisar as diferentes concepções de leitura que os entrevistados possuem Leffa (1996) e Kleiman (1999), e verificar a eficácia da interatividade do hipertexto na leitura desses jovens e na construção do conhecimento que elaboram a partir desses mecanismos Lévy (1993). Para a análise desse contexto, abordamos as concepções e estratégias de leitura utilizadas pelos participantes do estudo no ato de leitura na web, bem como a funcionalidade do hipertexto na construção da percepção cognitiva desses sujeitos. Como estratégia metodológica,  a pesquisa, de cunho qualitativo e características interdisciplinares, adota uma observação sistemática, desenvolvida em duas escolas: uma  particular e uma pública, ambientes nos quais foi aplicado um questionário para a coleta de dados. Os resultados apontam para um cenário de transição entre a leitura  tradicional  e a virtual, no qual os sujeitos ainda não (re)conhecem a funcionalidade e as significativas possibilidades do hipertexto para a construção do conhecimento. Nas escolas pesquisadas, os estudantes limitam-se à leitura numa perspectiva utilitária para obtenção de significados imediatos sugeridos no processo pedagógico em que se inserem, embora a maioria dos alunos da escola privada afirme utilizar os hiperlinks para aprofundamento da leitura."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "LINGUAGENS, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO"
    "palavra_chave" => "HIPERTEXTO, LEITURA, LETRAMENTO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_05_08_2014_08_31_18_idinscrito_3270_645eae506a66c5821b7cb4727faddfad.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:24"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIANA RAMOS PIMENTEL"
    "autor_nome_curto" => "MARIANA PIMENTEL"
    "autor_email" => "ramospimentel@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O avanço das tecnologias de informação e comunicação tem provocado novas relações na sociedade contemporânea decorrentes da multiplicação dos suportes tecnológicos possibilitados pelo ciberespaço. Entre essas, notabiliza-se o letramento digital, que tem trazido transformações nas práticas de leitura, fato que instiga reflexões tanto no campo comunicacional como no âmbito pedagógico. Nesse sentido, a pesquisa, realizada em 2013, resultado de um trabalho de conclusão do curso de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba, buscou responder à seguinte questão problematizadora: “Como os jovens do Ensino Médio em Campina Grande concebem a leitura na Internet?”. Como objetivos buscamos, entre outros, investigar as estratégias de leitura desses jovens na Internet Komesu (2005), a fim de verificar se contribuem para a sua aprendizagem, analisar as diferentes concepções de leitura que os entrevistados possuem Leffa (1996) e Kleiman (1999), e verificar a eficácia da interatividade do hipertexto na leitura desses jovens e na construção do conhecimento que elaboram a partir desses mecanismos Lévy (1993). Para a análise desse contexto, abordamos as concepções e estratégias de leitura utilizadas pelos participantes do estudo no ato de leitura na web, bem como a funcionalidade do hipertexto na construção da percepção cognitiva desses sujeitos. Como estratégia metodológica, a pesquisa, de cunho qualitativo e características interdisciplinares, adota uma observação sistemática, desenvolvida em duas escolas: uma particular e uma pública, ambientes nos quais foi aplicado um questionário para a coleta de dados. Os resultados apontam para um cenário de transição entre a leitura tradicional e a virtual, no qual os sujeitos ainda não (re)conhecem a funcionalidade e as significativas possibilidades do hipertexto para a construção do conhecimento. Nas escolas pesquisadas, os estudantes limitam-se à leitura numa perspectiva utilitária para obtenção de significados imediatos sugeridos no processo pedagógico em que se inserem, embora a maioria dos alunos da escola privada afirme utilizar os hiperlinks para aprofundamento da leitura.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.