Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 290
TECNOLOGIAS EDUCATIVAS NA PROMOÇÃO DA SAÚDE MENTAL DE JUVENTUDES: EXPERIMENTAÇÕES COM A WEB RÁDIO

Palavra-chaves: SAÚDE MENTAL, EDUCAÇÃO, JUVENTUDES Comunicação Oral (CO) GT 19 – Tecnologias e Educação Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

O TRABALHO TEVE COMO OBJETIVO DESCREVER A EXPERIÊNCIA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE MENTAL DE JOVENS ESCOLARES, ATRAVÉS DO USO DE UMA WEB RÁDIO, NO MUNICÍPIO DE FORTALEZA, CEARÁ. A EXPERIÊNCIA OCORREU POR INTERLOCUÇÃO DE UMA TIDC (TECNOLOGIA DIGITAL DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO), COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA CAPAZ DE PROMOVER EDUCAÇÃO EM SAÚDE, EM FACE À COMPLEXIDADE DO PROCESSO DE ADOECIMENTO PSÍQUICO NA CONTEMPORANEIDADE. DESTA FEITA, A ANÁLISE DO ESTUDO, BUSCOU CONTRIBUIR PARA OS ESTUDOS DIRECIONADOS ÀS TEMÁTICAS QUE ANALISAM O PROCESSO DE SOFRIMENTO PSÍQUICO NA ADOLESCÊNCIA, SOBRETUDO CONSIDERANDO O AMBIENTE ESCOLAR, UM CENÁRIO POTENTE PARA FAVORECER RELAÇÕES CAPAZES DE INFLUENCIAR POSITIVAMENTE NÃO APENAS A SAÚDE MENTAL DOS JOVENS, MAS CONTRIBUIR PARA O PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM. O ESTUDO CONSTITUIU-SE DE UMA INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA, DO TIPO EXPLORATÓRIO-DESCRITIVA. FOI REALIZADO TENDO COMO ESPAÇO O PROGRAMA “EM SINTONIA COM A SAÚDE”, ATRAVÉS DA WEB RÁDIO AJIR, CANAL DE COMUNICAÇÃO DIGITAL DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ. TAL PROGRAMA ABRANGE ESCOLAS DOS MUNICÍPIOS DE: FORTALEZA, JUAZEIRO DO NORTE, UBAJARA, SÃO BENEDITO E SOBRAL. OS DADOS FORAM COLETADOS DURANTE O PROGRAMA REFERIDO, UTILIZANDO-SE DAS PERGUNTAS-DISCURSOS DOS JOVENS, DEPOSITADAS NO MURAL DO SITE, ATRAVÉS DAS MÍDIAS SOCIAIS: FACEBOOK, TWITTER, SKYPE E WHATSAPP. CONCLUI-SE, QUE A WEB RÁDIO É UMA ESTRATÉGIA EDUCATIVA CAPAZ DE FAVORECER O DIÁLOGO ENTRE OS JOVENS, DE TEMAS QUE SÃO CONSIDERADOS TABUS E POUCO ABORDADOS EM SALA DE AULA FORMAL. DESTA FORMA, ESTA EXPERIÊNCIA POSSIBILITOU AO JOVEM UMA VISÃO CRÍTICO-REFLEXIVA DE SI E DO OUTRO, CONTRIBUINDO PARA VIVÊNCIAS MAIS PLENAS E SAUDÁVEIS NO PROCESSO DA ADOLESCÊNCIA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.