Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 208
PERCEPÇÃO AMBIENTAL DOS PESCADORES EXTRATIVOS MARINHO DA REGIÃO BRAGANTINA (PARÁ-BRASIL)

Palavra-chaves: MEIO AMBIENTE, POLÍTICAS PÚBLICAS, EMBARCAÇÃO, RESÍDUOS Comunicação Oral (CO) GT 14 - Educação Ambiental Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

ESTE TRABALHO TEM COMO OBJETIVO INVESTIGAR AS PERCEPÇÕES AMBIENTAIS DOS PESCADORES EXTRATIVOS NA LOCALIDADE DE BRAGANÇA-PARÁ. O PERCURSO METODOLÓGICO INCIDIU ATRAVÉS DE UM QUESTIONÁRIO SEMIESTRUTURADO COM PERGUNTAS QUALITATIVAS E QUANTITATIVAS. PARTICIPARAM DESTE ESTUDO QUARENTA PESCADORES, COM IDADE ENTRE 16 A 68 ANOS. O CUIDADO COM O DEJETO PRODUZIDO PELAS AS EMBARCAÇÕES MOSTRARAM-SE PREOCUPANTE, 76% AFIRMARAM TER DESCARTADO LIXO NO MAR; OUTROS 24% DISSERAM QUE O ACÚMULO DE GARRAFAS, PLÁSTICOS E ÓLEO VEM AUMENTADO CONSIDERAVELMENTE AO LONGO DO TEMPO. QUESTIONAMOS SOBRE O DESTINO DOS REJEITOS PRODUZIDOS PELAS EMBARCAÇÕES, E CERCA DE 65% AFIRMAM ARMAZENAR EM SACOLAS PLÁSTICAS, E OS DEMAIS 35% AFIRMARAM ARMAZENAR OS LIXOS INORGÂNICOS EM RECIPIENTES PLÁSTICOS E OS RESTOS ORGÂNICOS SÃO JOGADOS NO MAR. QUANDO PERGUNTADOS “O PESCADOR TAMBÉM É RESPONSÁVEL PELA A PRESERVAÇÃO DA NATUREZA?”. EM TORNO DE 85% DOS PESCADORES RESPONDERAM QUE SIM, ENQUANTO 15% NÃO SOUBERAM RESPONDER. NESTE SENTIDO, MOSTRA-SE A NECESSIDADE DE IMPLEMENTAR NOVAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE CONSCIENTIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO EM RELAÇÃO AO AMBIENTE. A PERCEPÇÃO AMBIENTAL É O PRIMEIRO PASSO PARA MUDANÇA NOS PADRÕES DE COMPORTAMENTO VIGENTE NA SOCIEDADE MODERNA, OU SEJA, CONTRIBUINDO PARA PERPETUAÇÃO DAS PRESENTES E FUTURAS GERAÇÕES DAS ESPÉCIES.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.